Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Posts do dia 19 setembro 2008

Randy Mamola: o maluco genial das motos!

19 de setembro de 2008 4

Randy Mamola no meio da corrida, empinando!/Don Morley

Entre os malucos pilotos das corridas de moto (e todos são doidos, na minha opinião!), existia um mais surtado que todos juntos. Também um dos mais talentosos, daqueles que levavam milhares aos autódromos. Lendas como Gilles Villeneuve e sua mítica Ferrari 27 na Fórmula-1. E pilotos como RANDY MAMOLA.

Eu comecei a gostar de corridas ainda criança, e a motovelocidade me chamou atenção pela primeira vez quando tivemos o GP Brasil em 1987. Na época, os pilotos mais famosos eram Wayne Gardner, Eddie Lawson e Randy Mamola, todos disputando o título na última prova.

Pelo estilo corajoso, talentoso e agressivo, quase beirando o irresponsável, Mamola se tornou um ídolo entre os jovens, inclusive eu. O norte-americano se tornou uma lenda do motociclismo mundial, mesmo sem ter sido uma única vez campeão do mundo!

Ele foi quatro vezes vice-campeão (1980, 1981, 1984 e 1987) e venceu 13 corridas em sua carreira. Foi vendo Mamola que eu presenciei um dos instantes mais incríveis da história da MotoGP, categoria 500cc. Na pista italiana de Misano em 1985, Mamola perdeu o controle de sua moto e isto ocorreu:

Este momento é considerado a manobra mais espetacular da história deste esporte. Preciso dizer mais? Evidentemente que sim! Mamola não foi só isto!

Sabem aquelas comemorações teatrais de Valentino Rossi, a lenda do motociclismo da atualidade? Pois bem, foi Mamola que começou com isto, jogando luvas e capacete para a torcida após cada vitória!

No ano seguinte, Mamola era o segundo colocado no GP da França em Le Mans. Longe do líder Eddie Lawson e igualmente longe do terceiro colocado, Mamola simplesmente foi para fora da pista em uma sequência do asfalto e empinou a moto ao contrário! Reparem na foto que a pista está lá atrás e ele tá pertinho dos fiscais! DEMÊNCIA! Depois ele voltou para a corrida, como se nada tinha acontecido!

As câmeras de TV não registraram o momento, mas um fotógrafo sim, e entregou a imagem para Mamola na semana seguinte. Ele adorou a imagem, mas o dono de equipe, o legendário Kenny Roberts, não curtiu nenhum pouco. Mamola foi sumariamente dispensado, mas depois acabou sendo readmitido.

Por estas e outras, que só haverá um único: “Randy Mamola”.

Postado por Perin, que adorava este maluco!!!!

Inter chega aos 100 gols em 2008, Grêmio tem 96

19 de setembro de 2008 4

Alex marcando no Engenhão contra o Botafogo/Fernando Soutello, AE

INTERNACIONAL

O gol de Alex, o primeiro na vitória de 2×1 sobre o Botafogo no Rio de Janeiro, foi o centésimo gol colorado na temporada 2008. Em 56 jogos foram 101 gols, média de 1,80 gols por jogo.

O mais curioso é que Alex, o maior artilheiro do time na temporada com 23 gols, foi justamente o primeiro a marcar: ele marcou o gol da vitória de 1×0 sobre o Stuttgart lá em janeiro, pela Copa Dubai. O mais surpreendente ainda é que ambos os gols foram parecidos: um jogador cruzou da linha de fundo com o goleiro saindo do gol e Alex, sem marcação nenhuma, apenas escorou para o fundo das redes.

Depois de Alex, o segundo maior artilheiro colorado neste ano é Nilmar com 14 gols. Com algumas lesões na temporada, o “Garoto de Ouro” do Beira-Rio demorou para engrenar e só começou a marcar com regularidade depois das primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro, competição na qual já marcou 11 gols. Após o atacante, o terceiro maior goleador é o zagueiro Índio, que já fez 8 gols no ano.

Até o momento, 22 jogadores marcaram gols pelo Internacional (Fernandão, Iarley, Gil, Sidnei, Bustos e Wellington Monteiro já não estão mais no grupo principal). Até o veterano goleiro Clemer já marcou este ano, no massacre de 8×1 sobre o Juventude na conquista do Gauchão 2008.


GRÊMIO

Enquanto isto, o Grêmio tem 96 gols em 52 jogos na temporada 2008, média de 1,84 gols por partida (EDITADO: para quem vê pelo em ovo, apenas esqueci). O Tricolor gaúcho disputou quatro jogos a menos, e o artilheiro da temporada é o colombiano Perea com 16 gols. Em segundo lugar, o meia Roger, que já deixou o clube e marcou 11 vezes.

Mas esta posição rapidamente deve ser superada por Reinaldo, atacante reserva que tem mantido uma ótima média de gols na temporada e já marcou 10 vezes, mesmo tendo sido afastado por longos períodos com lesões sucessivas.

No Tricolor vale destacar ainda o volante William Magrão, que descobriu seu faro de goleador na temporada e já fez 9 gols. No time do Olímpico, 22 jogadores já marcaram nesta temporada (Jonas, Tadeu, Júlio dos Santos, Rodrigo Mendes e Peter já saíram do Olímpico).

A maior goleada gremista do ano foi emblemática: 7×1 sobre o Figueirense em pleno Orlando Scarpelli, jogo que colocou o Grêmio pela primeira vez na liderança do Brasileirão 2008, posição que ocupa há 12 rodadas.

Postado por Perin, especialista em números