Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Especial Gre-Nal: os clássicos de 1996 a 2008

22 de setembro de 2008 5

Foto do último Gre-Nal pelo Brasileiro, 1x1 no Olímpico/Daniel Marenco, Zero Hora

Em semana de duelo entre os arquirrivais Grêmio e Internacional, nada melhor que relembrar a história do clássico mais acirrado do Brasil.

Confiram os principais textos publicados aqui no Almanaque Esportivo a respeito do maior clássico da Região Sul:

Especial Gre-Nal – Os clássicos de 1996 a 2008:

2007:
Paulo Nunes, Dinho e um tal Felipão? Deu a lógica! – Brasileirão 1996
Uh, Fabiano: O Gre-Nal do 5×2 – Brasileirão 1997
Ronaldinho e Dunga: Um pirralho e um veterano – Gauchão 1999
Daniel Carvalho e o fim do sofrimento – Gauchão 2003
Fernandão e o gol 1000 – Brasileirão 2004
Quem ri por último, ri melhor – Brasileirão 2007

2008:
Muitos erros do Alício Pena Júnior – Brasileirão 2008
Pênalti sobre Nilmar – Brasileirão 2008

Comentários (5)

  • Mauro diz: 24 de setembro de 2008

    Semana de Grenal é isto ai. Xandão se tu conseguir algun ingresso pra tua fã e a mãe dela te agradeço. Eu não vou. Mas elas são coloradas doentes. Só vou deichar elas irem se for em um lugar seguro no chi.. quero dizer no Beira Rio. Se conseguir me avisa ou pede pra Mariane avisar. Um Abraço Mauro Tchau

  • Mauro diz: 26 de setembro de 2008

    Bem o inter conseguiu um empate no Chile, não foi um resultado ruim.Só quero ver agora eles virem de salto alto contra o Grêmio e ai sim, a casa vai cair.HAHAHAHAHA

  • Mauro diz: 29 de setembro de 2008

    Putz levamos um chocolate,mas é como a torcida do inter cantou.Fica Roth.Com este no comando até que fomos longe demais.só espero não dar uma de Flamengo e despencar como uma pedra agora.Parabéns Xandão

  • Rafael diz: 30 de junho de 2008

    o 1º e o 2º links estão errados, naum abre o link pro grenal do felipão

    EDITADO: arrumei, isto que dá fazer as coisas com sono…

  • Gaudencio diz: 29 de junho de 2008

    E existem os marginais da palavra; os que criam danos com a palavra. Por ex.: um repórter ouve uma instrução no olímpico e sai correndo para o beira-rio contar o que ouviu, na intenção de criar uma POLÉMICA, de criar um fato, de CRIAR UM BATE-BOCA ENTRE OS TIMES, independente das consequências. Será que isso não afeta também o ânimo dos torcedores? Essa criação do BATE-BOCA, da POLÉMICA não acirra ânimos? Marginal é marginal, mas e esse tipo de conduta de alguns “profissionais” da imprensa?

Envie seu Comentário