Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Juízes bizarros: "O gol que jamais foi"

22 de setembro de 2008 0

O lance mais incrível no futebol mundial deste final de semana aconteceu na Segunda Divisão Inglesa. No jogo Watford 2×2 Reading, o primeiro gol dos visitantes, quando o jogo estava 0×0, foi marcado em um erro inacreditável do bandeirinha Nigel Bannister, corroborado pelo árbitro Stuart Attwell.

Este lance lembrou uma partida citada aqui no Almanaque Esportivo em março. Jogo nos anos 80 do Campeonato Escocês, no qual o juiz deu gol em um lance igualmente ridículo e inaceitável.

A jogada: em um bate-rebate na área após cobrança de escanteio, Noel Hunt cruzou em cima da linha para colocar a bola em jogo, antes que finalmente a jogada terminasse em um tiro de meta. Porém o bandeirinha assinalou gol, corroborado pelo juiz instantes depois. Em desespero, os jogadores do Watford foram para cima do bandeirinha, enquanto os do Reading constrangidamente não comemoraram o gol.

Vejam o lance:



The Ghost Goal Watford Linesman RefereeEstes juízes…

O ex-árbitro Graham Poll (ele mesmo participante de uma polêmica em 2006 ao dar 3 amarelos para um mesmo jogador da Croácia na partida contra a Austrália), criticou também a atitude do time do Reading, que teve espírito esportivo e se beneficiou de um lance absurdo: “No Japão aconteceu algo semelhante, e como resultado o outro time levou um gol de propósito. Todos os jogadores em campo sabiam que não tinha sido gol, seria muito legal um pouco de espírito esportivo de assumir isto e o Reading ceder propositadamente um gol“.

O Watford virou a partida com gols de Tommy Smith e John-Joe O`Toole, mas Stephen Hunt empatou no final do jogo, fechando o placar em 2×2. 

A partida provavelmente será repetida pela Federação Inglesa.

Postado por Perin, que odeia juiz burro e arrogante

Envie seu Comentário