Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Quando deixa de ser corrida e vira boxe, parte II

28 de setembro de 2008 0

Boxe, parte II: Tracy e Bourdais

Hoje é dia de falar dos incidentes envolvendo o sempre polêmico piloto canadense Paul Tracy. A primeira briga foi no GP da Califórnia de 2006 pela Champ Car. Depois de rodar sozinho, Tracy simplesmente não viu Alex Tagliani e acertou o seu compatriota.

Ambos abandonaram a corrida, e Tagliani ficou possesso. Sem culpa alguma no acidente, ele reclamou muito de Paul Tracy, que tentava acalmá-lo. Mas Tagliani exagerou na dose, xingou e empurrou muito até perder o controle e começar a briga:

Ambos foram multados e Tracy ficou sob observação para as próximas 3 corridas. Amigos fora das pistas, no final do ano Tracy pediu desculpas para Tagliani sobre o acidente, e este aceitou. Suas esposas são muito próximas e tudo ficou em paz entre eles.

O mesmo não pode-se dizer do francês Sebastien Bourdais, desafeto confesso de Tracy. Depois da briga em San José, a prova seguinte da Champ Car era em Denver. Tagliani e Tracy se tocaram no início da prova.O primeiro abandonou, e Tracy caiu para último.

Em uma bela corrida de recuperação, o canadense chegou ao segundo lugar. Faltando poucas voltas, começou a ter problemas na bomba de combustível e passou a ser ameaçado por Bourdais, líder do campeonato.

Na última volta, Bourdais tentou passar Tracy por fora, que espalhou na freada e ambos bateram. Após a batida, o francês atravessou a pista e foi para cima de Tracy, só sendo contido pelos fiscais de pista, vejam a briga:

Como já estava sob observação, Tracy foi multado em 25 mil dólares e perdeu três pontos na classificação de pilotos.

Postado por Perin, que manda Tracy se aposentar urgente

Envie seu Comentário