Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 25 outubro 2008

Contra o Galo, Inter tem tabu desde 95 no Mineirão

25 de outubro de 2008 2

Aílton, em seu auge atuando pelo Werder Bremen

Neste sábado, o Internacional tenta superar um jejum que já dura mais de uma década. Há treze anos o Colorado não vence o Atlético-MG no Mineirão. Sua última vitória  sobre o Galo no principal estádio mineiro foi em 1995, quando o centroavante Aílton (então desconhecido e que depois marcaria época na Alemanha) fez um golaço com direito a drible no goleiro tetracampeão mundial Taffarel, 1×0 pelo primeiro turno do Brasileiro daquele ano. Confira:

Na ocasião, o time era treinado por Abel Braga e tinha como principais nomes o zagueiro paraguaio Gamarra, o goleiro argentino Goicoechea e o atacante Leandro Machado. Aílton, que tinha sido artilheiro do Gauchão daquele ano, alternou bons e maus momentos e foi negociado para o Guarani, aonde se destacou.

Vendido para o futebol mexicano em 1997 e depois para o Werder Bremen, ele foi campeão alemão, artilheiro e melhor jogador da competição em 2004, além de ter sido campeão da Copa da Alemanha em 1999 e 2004. Depois de passagens pelo Schalke 04, futebol ucraniano, sérvio e suíço, Aílton joga na segunda divisão austríaca, no Rheindorf Altach.

Desde então, o Internacional venceu uma vez em Belo Horizonte, empatou 4 e perdeu 3. Sua única vitória foi em 2003, com dois gols de Nilmar mas jogando no estádio Independência.

Ano passado, vencia por 2×0 com gols de Gil e Fernandão. Mas levou gols aos 41 e 45 minutos do segundo tempo, cedendo um empate de maneira ridícula e sepultando qualquer possibilidade de Libertadores.

Em compensação, o Atlético-MG não vence o Internacional há 9 jogos, com 6 empates e 3 derrotas. A última vez que o Galo superou o Colorado foi em 2002, quando venceu de virada por 3×2 no estádio Independência pelo Campeonato Brasileiro. O jogo ficou marcado pelo milésimo gol colorado em Campeonatos Brasileiros, assinalado pelo lateral-esquerdo Cássio.

Postado por Perin, que não gostava do Aílton