Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Inter segue rotina de fiascos como visitante

26 de outubro de 2008 7

Campanha Geral como Visitante no Brasileiro 2008/Tabelasdefutebol.blogspot.com

O empate em 2×2 contra o Atlético-MG apenas confirmou uma triste sina para o Internacional. Nas últimas duas temporadas, o Colorado tem tido um péssimo aproveitamento como visitante.

Neste Brasileiro são 16 jogos com apenas duas vitórias e cinco empates, contra nove derrotas. A aproveitamento é de pífios 23%. O Inter está em 7º lugar na classificação geral, mas no aproveitamento como visitante está em 12º lugar com apenas 11 pontos.

O Flamengo, primeiro neste quesito, tem 23 pontos, mais que o dobro. O líder Grêmio possui 20 pontos e está empatado com o Cruzeiro, mas este jogou um jogo a mais como visitante (e perdeu). Os piores visitantes estão justamente na zona de rebaixamento: Vasco da Gama (9 pts), Portuguesa (5 pts), Atlético-PR e Ipatinga (4 pontos).

O aproveitamento de 2008 é pior que o do ano passado, quando o Internacional venceu três jogos e empatou sete, ficando com 28% de aproveitamento.

A melhor campanha como visitante foi em 2006, quando o Colorado terminou vice-campeão com 58% de aproveitamento em 19 jogos como visitante. Em 2005, também vice-campeão, o Inter ficou com 52%.

Os números da gestão Vittorio Piffero são muito inferiores aos obtidos por Fernando Carvalho. Entre 2003 e 2006, o Colorado teve 41% de aproveitamento como visitante. Já Piffero teve apenas 26% de aproveitamento.

Confiram os números desde 2003, quando o campeonato passou a ser em pontos-corridos:

2003: 23J, 7V, 3E, 13D – 34%
2004: 23J, 5V, 3E, 15D – 26%
2005: 21J, 9V, 6E, 6D – 52%
2006: 19J, 10V, 3E, 6D – 58%
2007: 19J, 3V, 7E, 9D – 28%
2008: 16J, 2V, 5E, 9D -23%
 
Gestão Fernando Carvalho (2002/06): 98J, 34V, 21E, 43D -  41%
Gestão Vittorio Piffero (2007/08): 35J, 5V, 12E, 18D – 26%

Postado por Instituto Perin de Estatísticas

Comentários (7)

  • Carlos Martins diz: 26 de outubro de 2008

    ATENÇÃO gremistas da RBS, coloquem aí então as campanhas do timinho de vcs lá da azenha nos anos que cairam pra SEGUNDONA, p/mostrar qual o time gaúcho que mais fez fiasco em Camp. Bras.O GRANDE INTER, SEMPRE FOI TIME DE PRIMEIRA, NUNCA FOI TIME DE SEGUNDA (tem timinhbo aí que já foi por DUAS VEZES).O GRANDE INTER É O ÚNICO DO RGS QUE SEMPRE FOI DA ELITE DO FUT. BRAS., SÃO 63 ANOS DANDO SURRA neles. AHAHAHAHAHAHAH

  • Guilherme Ko Freitag diz: 29 de outubro de 2008

    suhdaudhasudh

    tudo gremista nesses blogs aí!!! TUDO GREMISTA!! ahhahahaah

    grande abraço!

  • Fabio Carboni Ceccon diz: 27 de outubro de 2008

    Fiascos? Só porque nos últimos dois anos não está ganhando fora não significa que seja fiasco. Quando o Grêmio cai pra segunda divisão ou fica fora do gauchão quatro anos seguidos aí não é fiasco, é só tropeço, infelicidade. Vocês são tudo gremista e todo mundo sabe disso. E ainda botam um cara disfarçado de colorado pra postar essa matéria.

     

    EDITADO: se o Inter tivesse a mesma preocupação que tu, faria o máximo possível para melhorar como visitante. E se eu falar do Grêmio sobre rebaixamento, não se preocupe que usarei os termos adequados. Pergunta pra ti, como colorado: tu acha este desempenho aceitável????

  • PAULO ROGERIO DE CARVALHO SILVA diz: 27 de outubro de 2008

    No ano do centenário, a diretoria deve gastar mais e trazer um técnico à altura da qualidade técnica do time. Falta tática, coragem e vontade de vencer. Sugiro a contratação de LUXEMBURGO, mercenário, mas competente. Se com o Palmeiras ele está disputando o título, imagine com o INTER. Caso contrário vamos ficar igual ao GALO MINEIRO no seu centenário, ou seja, SEM TER NADA.

  • Joel Ribas diz: 27 de outubro de 2008

    Parabéns, magnífico trabalho. Os dirigentes deveriam tomar conhecimento disso e traçar estratégias para reverter esse quadro. Com esse tipo de postura não dá para almejar nada além de uma sul-americana. Mas nada indica que isso vá mudar em 2009. E se vc notar a própria mídia em sua maioria ainda alimente o mito de que empatar fora é bom. Esse é um dos mitos mais danosos que conheço.

  • otavio jaeger diz: 26 de outubro de 2008

    Como colorado, tenho que ser honesto,é simplesmente covarde e medíocre esta campanha fora de casa. O Inter está provando a cada partida, que é um time que só joga no Beira Rio. otavio

  • Nilto Bueno diz: 26 de outubro de 2008

    É tudo uma questão de comportamento do time em campo, e quem escala o time é o treinador por isso ele deverá mudar o seu modo de escalar o time e ser mais ousado quando jogar fora e ser mais pretencioso se não vai continuar colhendo os mesmos resultados, por exemplo: escalar um time mais ofencivo e fazer logo o resultado que lhe interessa e só depois administrar o placar e não sair jogando com tres volantes e só dois atacantes, matando os atacantes de tanto correrem sem objetivo algum.

Envie seu Comentário