Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 12 novembro 2008

Há nove anos: Dunga salva Inter do rebaixamento

12 de novembro de 2008 6

Dunga em sua apresentação: deu quase tudo errado em 1999

Em 12 de novembro de 1999, há exatos nove anos, o Internacional venceu o Palmeiras por 1×0 no Beira-Rio, última rodada do Campeonato Brasileiro daquele ano.

O volante Dunga, capitão da Seleção Brasileira na conquista do tetracampeonato e formado nas categorias de base do próprio Inter, marcou o gol da vitória. Mais do que isto, o Colorado escapou do rebaixamento com este gol, marcado aos 37 minutos do segundo tempo. Eram duríssimos anos para o Internacional…

O curioso é que Dunga tinha sido barrado até este jogo por Émerson Leão. Em mais um dos clássicos chiliques do temperamental treinador contra os principais jogadores dos times que comanda (havia feito isto antes com Viola no Santos e Taffarel no Atlético-MG, e repetiria a dose com Ronaldinho no Grêmio), Dunga não jogava há alguns jogos, ou ficava sentado no banco.

Era o final de uma temporada complicada, que começou com esperanças e terminou em pesadelo total. Depois de um primeiro semestre de altos e baixos, com um grande número de sócios e estádio quase sempre lotado, o Inter desandou.

Levou 4×0 do Juventude em pleno Beira-Rio e foi eliminado da Copa do Brasil nas semifinais. Depois perdeu a final do Gauchão para o arquirrival Grêmio, em um show do então garoto Ronaldinho sobre Dunga na final. Paulo Autuori pediu demissão logo depois, na 2º rodada do Brasileiro.

Competição na qual o Inter começou muito mal com 4 derrotas em 4 jogos. Reagiu e ficou próximo da zona de classificação, mas uma nova derrota em Gre-Nal desandou tudo novamente, caindo Louruz. Veio Leão e o time reagiu, mas alternava alguns resultados muito bons com fiascos fora de casa.

Aquela chuvosa noite de 12 de novembro mudou para sempre o perfil da torcida colorada. Antes uma apoiadora inconteste, passou a ser mais exigente, cobrar resultados. Em suma,ficou mais “corneteira“, porém diligente, atenta.

Foi um jogo dramático, no qual o Inter precisava vencer para não depender de resultados paralelos. Enquanto o Palmeiras, campeão da América e treinado por Luiz Felipe Scolari, precisava vencer para se classificar para a segunda fase. Cada time meteu uma bola no travessão, e os goleiros João Gabriel e Marcos fizeram ótimas defesas.

Aos 36 minutos, o atacante Celso tentou dar um balãozinho sobre Galeano e sofreu falta. Ele cobrou, Dunga aproveitou erro na marcação palmeirense (Agnaldo e Marcos estavam em cima da linha, evitando o impedimento) e deu uma casquinha de cabeça. Gol, 1×0 para pandemônio no Beira-Rio.

Depois disto o jogo virou várzea: apareceram bolas a mais em campo, sumiram os gandulas. “AlguémPostado por Perin, que saúda o capitão do Tetra!

Real Madrid dá fiasco e não vence Copa há 16 anos

12 de novembro de 2008 1

Jogadores do minúsculo Real Unión comemoram façanha em Madrid/El Diário Vasco (reprodução)

O Real Madrid ontem foi eliminado pelo inexpressivo Real Unión na segunda fase da Copa do Rei. No primeiro jogo os madrilenhos haviam perdido de 3×2 para a antiga e desconhecida equipe do País Basco (fundada em 1905). Ontem “Los Merengues” venciam por 4×2 e estavam se classificando até 45 do segundo tempo, quando levaram o 3º gol e protagonizaram um enorme vexame em pleno Santiago Bernabéu.

O time do Rei Juan Carlos II, que já venceu 17 vezes, não conquista o título desde 1993, quando bateu a Real Zaragoza por 2×0. Nas 16 últimas tentativas, foi vice-campeão apenas duas vezes, a última em 2004 quando perdeu para o mesmo Zaragoza por 3×2 na prorrogação. Naquele ano, comemorava-se a 100º edição da “Copa del Rey“, que nos duros anos da sanguinária ditadura do Generalíssimo Franco, era chamada de “Copa del Generalísimo“.

A mais dramática, contudo, ocorreu dois anos antes, no dia 6 de março de 2002. Exatamente neste dia, com a presença de toda a família real  o Real Madrid comemorava seu Centenário em grande luxo. No time, atletas do quilate de Zinedine Zidane, Luís Figo e Raúl contra uma competente equipe do Deportivo La Coruña.

O resultado? 2×1 para os visitantes com gols de Sérgio González aos seis minutos, Diego Tristán aos 38 da etapa inicial, descontando Raúl aos 13 do segundo tempo. O jogo se tornou um épico e ganhou inclusive o apelido de “Centenariazo“. Vejam os melhores momentos:

O Barcelona não é muito melhor. Apesar de ser o maior campeão do torneio com 24 conquistas, o Barça não vence desde 1998, quando bateu o Valencia na final. Ano passado, enfiou 5×2 sobre o Getafe com direito a um “gol maradoniano” do craque argentino Lionel Messi.

Vejam um comparativo deste gol com o mítico assinalado por Diego Maradona contra a Inglaterra nas quartas-de-final da Copa do Mundo de 1986:

Porém no jogo de volta foi inacreditavelmente goleado por 4×1 e ficou de fora. O Getafe acabou perdendo o título para o Valencia na decisão, derrotado por 3×1…

Postado por Perin, que manda abraços pro amigo Bariviera!

LIB 2009: não existe mudança alguma de regulamento

12 de novembro de 2008 14

Pessoal, este assunto da Sul-Americana 2008 dar vaga na Libertadores 2009 está sendo visto pela ótica errada. 

Como sabem, não sou jornalista, sou formado em Ciência da Computação. Uma das minhas matérias mais importantes no curso se chama “Lógica de Predicados“. Está faltando a análise lógica dos fatos relacionados ao assunto. Sem paixões, sem opinião, apenas fatos.

Sendo assim, a análise que deve ser feita é simples: não existe nenhuma alteração na competição em andamento (a Sul-Americana 2008).

Sabem porquê? Porque NENHUM artigo deste regulamento está sendo alterado!

Regulamento da Sul-Americana 2008:
http://img.conmebol.com/csf/pub/articulo/2008/reglamento_Sudamericana_08.pdf

Regulamento da Libertadores 2008:
http://img.conmebol.com/csf/pub/articulo/2008/reglamento_Libertadores_08.pdf

Em nenhum momento diz que o campeão da Libertadores 2008 tem vaga garantida na Libertadores 2009.

Os participantes da próxima Libertadores ainda não estão definidos. E são eles que irão ser alterados, uma competição que não começou ainda…

Não existe regulamento sendo alterado no meio da competição. Entendo que o assunto é polêmico, a Isabela Vieira e a Cíntia Barlem tiveram opiniões divergentes no mesmo blog, no “Clube da Bolinha

Lá em casa, usei os mesmos argumentos e meu pai também, só que contrários. Isto faz parte: o contraponto de idéias é o que faz o mundo evoluir…

É simples assim.

Postado por Perin, fascinado por raciocínios lógicos…