Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 21 novembro 2008

Brasileiro`99: STJD apronta mais uma para Botafogo

21 de novembro de 2008 1

Semana passada falamos da vitória de 1×0 do Internacional sobre o Palmeiras no Brasileirão de 1999, gol que salvou o Colorado do rebaixamento. Aquele gol foi o único de Dunga pelo Inter no Brasileiro, ele que jogaria mais alguns jogos em 2000 antes de ter seu contrato rescindido pelo então vice-de-futebol Fernando Miranda.

Dunga voltou do Japão em janeiro recebendo um salário milionário, ao lado de Gonçalves e Elivélton, se juntando a André, Christian e Fabiano como as “estrelas” do Inter. Um sonho do então presidente Paulo Amoretty (já falecido) em montar um time campeão da Copa do Brasil e aumentar o número de sócios do Internacional.

Em 1999, o regulamento rebaixava os times que tivessem as piores médias de pontos (contabilizando as temporadas de 1998 e 1999). Na última rodada, Paraná, Juventude e Botafogo-SP já estavam rebaixados, e o Gama acabou caindo, escapando Internacional e Botafogo.

Até o gol de Dunga, os resultados paralelos até aquele instante rebaixavam o time gaúcho, pois o Gama empatou em 0×0 com a Ponte Preta e o Botafogo venceu facilmente o Guarani por 2×0.

Só que o campeonato já estava envolvido em confusão.
Para variar, culpa do STJD de Luiz Zveiter. Antes, havia punido o São Paulo por escalar irregularmente o atacante Sandro Hiroshi (que tinha idade adulterada).

Ao invés de simplesmente tirar pontos do time paulista, o tribunal “reverteu” o resultado e o Botafogo, que havia sido goleado por 6×1 no Morumbi na primeira rodada, ficou com 3 pontos. O mesmo ocorreu com o Internacional, que havia empatado em 2×2 com o São Paulo no meio do campeonato. Sendo assim, o Botafogo ficou com três pontos a mais e o Inter com dois, cabendo ao SP perder quatro pontos.

Vale ressaltar ainda que, se os resultados de campo tivessem sido mantidos, o rebaixado seria o Botafogo e não o Gama. Inconformado, o time candango foi à Justiça Comum e ganhou o direito de permanecer na Série A. Para poder ter uma competição nacional no segundo semestre, a CBF se uniu ao Clube dos 13 e criaram a “Copa João Havelange” contando com Botafogo e Gama, satisfazendo a todos.

Como não poderia deixar de ser, os dirigentes aproveitaram para fazer uma “virada de mesa” básica, coisa muito comum naquele tempo, ao invés de simplesmente seguir com o planejado.

Assim, subiram Fluminense e Bahia da Série B, mantiveram Botafogo-SP e Juventude na Série A, porém não fizeram o mesmo com o Paraná, o único que “cumpriu o rebaixamento” em 2000.

E aí tivemos um bagunçadíssimo torneio, que teve tanta data mudada, tanto time com diferença de jogos, tanta confusão, que foi apelidada de “Euricopa“, em `homenagem` ao nefasto presidente vascaíno Eurico Miranda.

Alguma novidade?

Postado por Perin, que gosta de pontos corridos sem viradas

Enquete - CONTRATAÇÕES GRÊMIO 2009

21 de novembro de 2008 2

Virtualmente garantido na Libertadores 2009, o Grêmio está preparando o time para a próxima temporada. Campeão ou não, é certo que o Tricolor terá visibilidade para novas contratações.

O meu amigo Hélio Sassen Paz fez uma enquete com as possíveis contratações gremistas em seu Blog, vale a pena conferir e participar

Postado por Perin, saudando o grande Hélio!