Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts do dia 24 janeiro 2009

Nilmar e Orlando da Hora: mais uma vez

24 de janeiro de 2009 7

Ontem vimos uma matéria no qual o empresário Orlando da Hora, procurador de Nilmar, comentava sobre uma nova proposta do Palermo pelo craque colorado e que o assunto estava na diretoria.

Até aí tudo bem, afinal Nilmar é um jogador com mercado, está bastante valorizado depois do ótimo 2° semestre e sempre é assunto na janela de transferências para o Exterior.Nilmar: a cada seis meses, a mesma lenga-lenga

Porém hoje vimos uma entrevista com um dirigente do Palermo negando qualquer proposta, afirmando claramente que o clube italiano não fez proposta e que neste cenário econômico atual, um valor assim é impensável. A última proposta do clube siciliano ,de acordo com Walter Sabatini, foi em agosto.

Quem tem razão? Não temos como ter certeza, mas pelo histórico anterior, provavelmente o correto é o siciliano… Provavelmente, mais uma vez o mau profissional Orlando da Hora está prejudicando a imagem de seu agenciado. E Nilmar peca pela total omissão e por não despachar este agente para longe.

Orlando da Hora não faz parte o seleto grupo de empresários dos grandes jogadores, nos quais Jorge Machado, Juan Figger, Gilmar Veloz e Eduardo Uram se encontram. Ele só tem Nilmar como grande jogador em seu rol de clientes. O segundo na fila é Renato… Arroz!

Vale lembrar um texto que fiz em setembro, no qual mostrava a semelhança entre Orlando da Hora e Wágner Ribeiro, o agora ex-empresário de Kaká e Robinho. Leiam e vejam se concordam ou não:

“Quarta-feira, 03 de setembro de 2008
Real Madrid pedala Robinho e empresário

O que Robinho e Nilmar possuem em comum?

Algumas coisas são claras: um gigantesco futebol, ídolos de torcidas, talentos precoces. Muito dinheiro no bolso, alguns títulos importantes.

Outras nem tanto: um péssimo empresário, que orienta seus atletas equivocadamente. E confusões em todas as transferências, incomodando torcidas que os tinham como ídolos até pouco tempo.


ROBINHO

Wágner Ribeiro, procurador de Robinho, é um especialista em causar confusão via imprensa. Foi assim que perdeu a procuração de Kaká, em sua conturbada saída do São Paulo para o Milan em 2003. Hoje Wagner Ribeiro é considerado “persona non grata” no São Paulo e não está autorizado a ir ao Morumbi.

Foi assim que ele forçou a barra para a venda de Robinho ao Real Madrid em 2005. E foi assim agora, três anos depois, na saída do atacante para o Manchester City.

Ele e o jogador queriam o porto seguro do Chelsea, de Felipão e os bilhões de Roman Abramovich. Porém Wágner Ribeiro, ops, “Robinho” forçaram tanto a transferência.

Muito pressionado, e mais irritado ainda, o c

Postado por Perin, que não compreende Nilmar

GAFE NA TV: o ataque de "Martin Terra"

24 de janeiro de 2009 0

`Mike Litoris`? HAHAHAHA esta eu não conhecia...

Eu vendo Doncaster Rovers 0×0 Aston Villa, 4° fase da Copa da Inglaterra na ESPN Brasil, e um leitor manda uma mensagem lida pelo narrador (não conheço ele de nome):

“O comentarista Alexandre Oliveira é uma pessoa muito inteligente, então deve ser gremista que nem eu. Assinado: MARTIN TERRA, de Pelotas

Acho que nem todo mundo leu meu post de outubro: Gafe na TV: Pegadinhas no Esporte”.

He he he

 

Narradores: cuidado com nomes do tipo “paula tejando”,`oscar alho`,  `Tomas turbano”, “martin terra”…Virou febre até no exterior, vejam o “Mike Litoris” hehehe

Postado por Perin, rindo….

A `maldição do CenteNADA`: quem se deu bem!

24 de janeiro de 2009 5

Real Madrid campeão no Centenário de 2002: timinho, hein????

Ontem contamos histórias sobre times que foram um fiasco no Centenário de sua fundação. Porém a história possui alguns casos de times que foram campeões neste ano marcado por comemorações especiais. O melhor exemplo vem do Rio de Janeiro, o Vasco da Gama de 1998.

Injetado de dinheiro pela milionária venda de Edmundo para a Fiorentina, o então campeão brasileiro Vasco da Gama montou um time caríssimo para a Libertadores daquele ano. E obteve sucesso!

Com Luizão e Donizete no ataque, e treinado por Antônio Lopes, a equipe de São Januário ganhou com sobras a competição continental. Eliminou o Cruzeiro, o Grêmio e o poderoso River Plate antes de bater facilmente o Barcelona-EQU na decisão. De quebra, o Vasco ainda levou o Estadual de 1998 com folga. E quase ganhou do Real Madrid em Tóquio, perdendo em um jogo duríssimo por 2×1.

Outro time brazuca a se dar bem no Centenário foi o Vitória. O time baiano, então com muito dinheiro, foi campeão estadual em 1999 e ainda levou a valorizada Copa do Nordeste, fazendo ótima campanha no Brasileirão e chegando as quartas-de-final.

No mundo, o Centenário com sucesso mais marcante foi o do Real Madrid, o time mais poderoso do mundo no ano de 2002. Com Zidane, Casillas, Figo, Ronaldo, Raúl, Roberto Carlos & Cia, o timaço espanhol perdeu miseravelmente a Copa del Rey para o Deportivo La Coruña.

Depois ficou em terceiro no Campeonato Espanhol (Valencia campeão) e só sobrou a Liga dos Campeões, justamente o mais difícil. Depois de eliminar o Barcelona (que não ganhou nada no Centenário em 1999 e aguardava ansiosamente por repetir a sina), “Los Merengues” venceram na finalíssima a zebra alemã Bayer Leverkusen (de Lúcio e Ballack) com um golaço antológico de Zinedine Zidane no palco de Saint Denis. CenteNADA? Só para os blaugranas de Barcelona

O Bayern de Munique também foi muito bem em seu Centenário: foi campeão da “Tríplice Coroa” nacional em 2000: do Campeonato Alemão, da Copa da Alemanha e da Copa da Liga Alemã.

Já o Liverpool levou a Copa da Inglaterra em 1992 (seu último título por quase uma década), enquanto a Internazionale de Milão levantou ano passado o `scudetto`, garantindo um raríssimo tricampeonato nacional.

EDITADO: O Martin e o grande amigo Fabrício lembraram bem: o Olímpia foi campeão da Libertadores no ano de seu Centenário, em 2002. E campeão paraguaio também!

Enfim, histórias. Quais serão os destinos de Internacional e Coritiba em 2009?

Dia 31 de dezembro voltamos a conver

Postado por Perin, que lembra do Vasco e do Real…