Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 25 março 2009

Pênalti escandaloso não marcado no Carioca 2009

25 de março de 2009 5

Um pênalti inacreditável não foi marcado pelo árbitro André Luiz Paes Ramos no jogo Botafogo 2×2 Americano. A partida estava 1×1 no 2º tempo quando o atacante Kieza foi escandalosamente puxado por Juninho, do Botafogo. Vejam o lance:

 

 

O árbitro além de não dar pênalti, expulsar o zagueiro botafoguense, ainda deu amarelo para Kieza. Pior, logo depois o Botafogo fez 2×1 com Reinaldo. Mas a injustiça não prevaleceu totalmente e, no finalzinho da partida, o mesmo prejudicado Kieza marcou o gol de empate, final 2×2 no Engenhão.

Postado por Perin, dizendo que até ele míope teria marcado

`Dia da Marmota`: Liverpool x Chelsea, de NOVO!

25 de março de 2009 7

Como bom nerd, sou viciado no filme “Feitiço do Tempo”. Sim, todo mundo já viu o filme no qual antipático, arrogante, insensível e absolutamente engraçado Bill Murray, representando um repórter de meteorologia padece repetindo infinitas vezes o “Dia da Marmota” (“Groundhog Day” no original), preso em um laço temporal que lhe obriga repetir o mesmo dia milhares de vezes até que conquista a bela Andie McDowell e consegue escapar de sua “prisão”. Aliás, “Dia da Marmota” se tornou uma expressão em inglês que significa: repetição até a exaustão…

Bem, exatamente foi assim que a reedição do confronto entre Liverpool e Chelsea pela Liga dos Campeões foi chamado por grande parte da imprensa nacional: “Groundhog Day”. Mais uma vez, as bolinhas da UEFA sortearam o confronto entre o multicampeão de Anfield Road e o atual vice-campeão europeu, agora pelas quartas-de-final da temporada 2008/09 da Liga.

É a quarta vez em cinco anos que estes times se enfrentam, desta vez pelas quartas-de-final da Liga. Foram duas vitórias vermelhas e uma azul, no último confronto. O Liverpool eliminou o Real Madrid na fase anterior, enquanto o Chelsea superou a Juventus.

Se o treinador do Liverpool sempre foi o mesmo, o excepcional espanhol Rafa Benítez, no lado do Chelsea tudo mudou. Nos dois primeiros o derrotado foi o insuportável, porém competente português José Mourinho. No último, o israelense Avram Grant fez o que seu ex-chefe não havia conseguido. O Liverpool eliminou o Chelsea nas semifinais em 2005 e 2007, enquanto o time de Londres foi o vencedor nas semifinais de 2008.

Nos outros confrontos, mais dois repetecos. No primeiro, o Arsenal recebe o Villareal, reeditando as semifinais da Liga em 2006. Na ocasião, o time inglês se classificou para a final contra o Barcelona, enquanto os espanhóis choram até hoje o pênalti que Riquelme errou no finalzinho e que levaria a partida para a prorrogação. O Arsenal terminaria a temporada vice-campeão europeu, perdendo a final para o Barcelona de Ronaldinho, de virada no final da partida.

Já o atual campeão Manchester United, de certa forma abalado por duas derrotas seguidas no Inglês, pega a nêmesis Porto. Em 2004, os ingleses perderam de maneira inacreditável a vaga para o time treinado pelo então pouco conhecido Mourinho. No finalzinho, o goleiro norte-americano Tim Howard (hoje no Everton), falhou feio entregando o gol dos portugueses, que se classificaram em pleno estádio de Old Trafford. O Porto terminaria aquela temporada campeão europeu, português e da Copa de Portugal.

O último confronto reúne Bayern de Munique, que esmigalhou o Sporting Lisboa (5×0 e 7×1) na fase anterior, contra o gigante Barcelona, que bateu facilmente o hepta francês Lyon e vive um momento mágico com Messi e Eto’o.

Meus palpites? Na fase anterior acertei cinco de oito (melhorando os 50% de 2008). E agora? Lá vão:

Manchester United, Liverpool, Arsenal e Bayern.