Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 7 abril 2009

Falidos, clubes cariocas atrasam salários

07 de abril de 2009 3

Os quatro clubes grandes do Rio de Janeiro seguem seu calvário financeiro. Semana passada, o Flamengo anunciou que está partindo para um patrocínio privado, acabando os 25 anos de acordo com a Petrobrás. Sem esta exclusividade, os esportes olímpicos (como natação, basquete e ginástica olímpica) poderão buscar patrocinadores separadamente do futebol.

O que sinalizaria uma manobra em busca de mais recursos, na prática é apenas uma obviedade: há 4 anos o Flamengo não tem recebido em dia o valor de 14 milhões de reais acordado com a empresa por não ter certidões negativas de débitos com o Governo Federal.

Com uma divida astronômica superior a 200 milhões de reais, o time de maior torcida do Brasil tem atrasado sistematicamente salários, pagamento de dívidas trabalhistas e fornecedores. A folha salarial tem diminuído, mas cortes drásticos devem ser feitos para manter o clube abaixo da linha do déficit mensal.

No Vasco da Gama, algo semelhante ocorre. Rebaixado à Segunda Divisão, acertou com a estatal Eletrobrás um acordo vantajoso. Porém não conseguiu ainda oficializar o compromisso por causa das dívidas federais que lhe impedem de ter as certidões negativas. O Fluminense, com grande parte de sua milionária folha salarial bancada pela `parceira` Unimed, atrasa o salário de todos os demais atletas e funcionários.

O Botafogo, clube de menor receita e muitas dívidas, tem feito milagres financeiros na gestão de Maurício Assumpção. Conseguiu acertar os 4 meses de salários atrasados com jogadores do elenco, e aos poucos quitou dívidas com os jogadores que já saíram. Ainda imerso em dívidas, o Fogão precisa desesperadamente revelar um jogador e negociá-lo, para obter divisas e tapar buraco.

A situação continua bastante complicada. Mais alguns anos serão necessários para estabilização dos clubes cariocas.

SÉRIE COMPLETA:

A falência do futebol carioca, parte I

A falência do futebol carioca, parte II – Botafogo e Flu

A falência do futebol carioca, parte III – Flamengo e Vasco da Gama

A falência do futebol carioca, parte IV – Os erros

A falência do futebol carioca, final – O futuro

 

Guri de 17 anos mantém Man. United na liderança

07 de abril de 2009 0

Macheda e Ferguson: os iluminados do domingo...

O jovem italiano Federico Macheda, de apenas 17 anos, se tornou o novo herói da torcida do Manchester United. No último domingo, o atacante marcou um golaço na vitória dramática de 3×2 sobre o Aston Villa em Old Trafford, resultado que manteve o time da casa na liderança do Campeonato Inglês 2008/09.

O United saiu na frente com Cristiano Ronaldo mas no segundo tempo levou a virada, gols de John Carew e Gabriel Agbonlahor. Tomou um vareio de bola no segundo tempo, mas empatou com Ronaldo no finalzinho. E, é claro, virou nos acréscimos do 2º tempo de maneira espetacular com um golaço de Macheda. Confiram:

Macheda, que sequer havia ficado no banco do time principal, teve de ser chamado após diversas lesões entre os atacantes titulares do Manchester, como Wayne Rooney e Dimitar Berbatov.

Formado nas categorias de base da Lazio, chegou ao clube há dois anos. “Sempre tive o sonho de ter um dia como este, é o melhor da minha vida. Eu só chutei e depois corri para aonde estava minha família. Eles ficaram muito orgulhosos de mim”, disse o garoto.

“Eu tive que tomar riscos quando o jogo estava 2×1 contra nós. Podíamos ter tomado outro gol, mas isto não importava. Eu apostei, e ganhei. Neste clube, vencer é a palavra chave para tudo”, declarou um eufórico Alex Ferguson, treinador do Manchester United, após a partida.

Ele provou mais uma vez sua genialidade: na segunda-feira disse ao treinador do time reserva, o ex-astro Ole Solskjaer, que Macheda teria sua chance se fosse bem no jogo do time reserva contra o Newcastle reserva. A resposta? Três gols de Macheda no empate em 3×3 e a palavra de Ferguson foi cumprida.

Para que Macheda se tornasse o herói do dia.

Postado por Perin, aguardando mais títulos em Old Trafford