Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 8 maio 2009

Lesão de Doni abre espaço para Victor na Seleção

08 de maio de 2009 14

Victor, o melhor goleiro do Brasil hoje/Daniel Marenco, grupo RBS

O goleiro Doni, da Roma e reserva de Júlio César na Seleção Brasileira, sofreu grave lesão e ficará três meses parado. Assim, estará fora da convocação do técnico Dunga, para as partidas contra Uruguai e Paraguai, dias 5 e 8 de junho, abrindo espaço para uma chamada do goleiro gremista Victor.

Não sou uma pessoa que analisa momento por passado: o frangueiro Doni de Corinthians e Juventude virou um bom goleiro na Roma (torço pro time italiano, sou um crítico maior deles). Já viveu momento melhor do que na atual temporada (falhou em clássicos, e isto pesa), mas ainda assim tem sido confiável nos últimos 3 anos na capital italiana.

Hoje saiu a notícia que o modesto Bari, clube que normalmente serve de ponte para os grandes do futebol italiano, está interessado no goleiro. Bari, Chievo, Atalanta, entre outros times são atalhos para Internazionale, Juventus e Milan contratarem grandes jogadores driblando a propositadamente mal-feita regulamentação de transferências da Itália.

Ocorreu com Júlio César, que jogou seis meses (na real, treinou e aprendeu italiano) no Chievo antes de ir para a Internazionale. Destaque sobretudo no Campeonato Brasileiro de 2008, Victor tem sobrado na Libertadores deste ano e é, ao lado do meia Souza, a maior liderança técnica do time.

Uma enquete no Jornal da Globo foi detonada pelos próprios jornalistas da Globo, André Rizek e Tino Marcos. A pergunta era, como sempre, endeusando times do Rio-SP. “Quem é melhor, Bruno (do Flamengo) ou Felipe (do Corinthians), dois goleiros que eu considero mediano e fraco, respectivamente. Tanto Rizek quanto Tino consideram Victor bem superior e que merece chances na seleção bem antes destes dois, e é a mesma opinião que tenho. Vejam a matéria:

O Grêmio só se afirmou ano passado no 1º turno com vitórias apertadas no Olímpico em jogos que Victor foi o grande destaque, como contra o Vitória, Náutico, Portuguesa e Ipatinga, ou em uma magistral atuação contra o Santos na Vila Belmiro. Sem ele, talvez o Tricolor não assumisse a liderança.

Victor quebrou a “Maldição de Danrlei”, citada por mim aqui no Almanaque Esportivo. Vejam uma compilação com os melhores momentos de Victor:

Memória: chegada incrível em 1976 na NASCAR

08 de maio de 2009 0

Pearson e Petty batendo na linha chegada de Daytona, 1976

Depois de citar semana passada o acidente na NASCAR que ressucitou uma forte discussão entre pilotos, equipes e organização da categoria, vamos a um momento mais ameno. Vale lembrar outra corrida decidida na chegada com uma batida na última curva.

Isto ocorreu em 1976, quando a lenda Richard “The King” Petty disputava a liderança com David “The Silver Fox” Pearson. Os dois se tocaram na última curva, bateram de leve e rodaram.

Pearson conseguiu fazer o motor religar, passando na linha de chegada a menos de 50km/h. Já Petty atolou na grama, deixou o motor morrer a menos de 20 metros da linha de chegada. Se não tivesse `trancado` no barro, teria vencido a corrida. Ele teve de empurrar o carro, auxiliado por sua equipe de mecânicos, garantindo o 2º lugar.

Vejam a transmissão ao vivo desta corrida:

Postado por Perin, direto do túnel do tempo…