Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

"Camino a Roma" - Manchester United

26 de maio de 2009 0

O Manchester United tentará nesta quarta-feira seu quinto título em sete possíveis na temporada 2008/2009. Apenas a Copa da Inglaterra e a Supercopa Européia não foram conquistadas pelo time de Old Trafford, que já levou para casa a Supercopa Inglesa, o tricampeonato Inglês, a Copa da Liga Inglesa e o Mundial de Clubes da FIFA.

O caminho para o time do técnico Alex Ferguson foi complicado. O time passou sufoco nas quartas-de-final contra o Porto, passando bem da primeira fase e também dos demais mata-matas, sobretudo contra o Arsenal.

Sólido na defesa, o Manchester alternou bons e maus momentos no setor ofensivo, mas na reta final acabou contando com o ótimo futebol de Cristiano Ronaldo, eleito o melhor do mundo na temporada passada e autor de gols decisivos nos ‘mata-matas’. Esta será a quarta final dos “Red Devils“, que jamais foram derrotados em uma final de Liga dos Campeões.

Dotado de um estilo de jogo diferente do adversário na finalíssima, a equipe inglesa é a mais equilibrada do continente: tem defesa, meio e ataques de alto nível, e reservas superiores. Veteranos como Ryan Giggs e Paul Scholes, em busca do tricampeonato europeu, são ótimas armas no banco de reserva. A defesa é a melhor da competição com míseros seis gols sofridos,

Na primeira fase, o Manchester mostrou muita…preguiça! Em um grupo mediano, com o sempre chato Villarreal, o perigoso em casa Celtic Glasgow e o fraco AaB. Porém o time dinamarquês foi bem e embolou o grupo, eliminando o Celtic e engrossando contra o resto. O resultado foi benéfico para o Manchester, que terminou uma primeira fase invicta de duas vitórias e quatro empates, com um futebol apenas competente.

Já na segunda fase a coisa encrespou. Logo de cara, a favorita e tricampeã italiana Internazionale. E o resultado foi espetacular: um 0×0 em Milão no qual o melhor em campo foi o brazuca Júlio César. E no jogo de volta, 2×0 ao natural em Old Trafford mostrou que o atual campeão estava no rumo…

Porém um drama viria na partida seguinte. O Porto, algoz de 2004 então treinado pelo jovem José Mourinho (justamente o treinador da Inter, eliminado nas oitavas), abriu o marcado no início do jogo. O United virou mas no finalzinho o time visitante empatou de novo, um 2×2 indigesto. Porém no jogo de volta, um golaço antológico de Cristiano Ronaldo resolveu a parada, 1×0 no Estádio do Dragão. Vejam o gol:

Nas semis, o arquirrival mas freguês dos últimos anos Arsenal foi facilmente batido. No primeiro jogo, 1×0 no qual o melhor em campo foi o goleiro Manuel Almunia, do Arsenal. Na partida de volta, 3×1 em pleno Emirates Stadium muito fácil, sem sustos.

O Manchester só tem um desfalque para a decisão: Darren Fletcher, suspenso após ser expulso contra o Arsenal. Anderson deve ficar no banco e Sir Alex Ferguson provavelmente jogará com um único atacante (Cristiano Ronaldo) e um meio movediço, no 4-3-2-1 consagrado na temporada européia atual.

Os números: 12J, 6V, 6E, 0D, 18GP, 6GC
Artilheiros: Dimitar Berbatov, Cristiano Ronaldo e Wayne Rooney (4 gols)
Assistências: Ryan Giggs e Wayne Rooney (3 passes)
Desfalques para a decisão: Darren Fletcher (suspenso)
Brasileiros na decisão: Anderson e Rafael (banco)
Campeão em: 1967, 1999 e 2008 (atual campeão)

Time provável(4-3-2-1): Edwin Van der Sar; John O’Shea, Rio Ferdinand, Nemanja Vidic e Patrick Evra; Michael Carrick, Paul Scholes, Ryan Giggs; Ji-Park Sung e Wayne Rooney; Cristiano Ronaldo. Técnico: Sir Alex Ferguson

Envie seu Comentário