Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 27 maio 2009

Dupla Gre-Nal: quem jogou mais pelo clube?

27 de maio de 2009 0

Abaixo vai a lista de jogadores com cinquenta ou mais partidas atuando pela Dupla Gre-Nal. Com elencos sólidos e uma rotatividade razoável, Grêmio e Internacional tem mantido uma base ano após ano.

É importante ressaltar que não tenho certeza dos números do Léo, assim como jogadores como Guiñazu e Magrão estão muito perto dos 100 jogos.

Nilmar, Bolívar, Leandrão, Herrera e Tcheco são jogadores que já deixaram Porto Alegre e retornaram nos últimos meses.

Evidentemente, o recordista é Clemer, no Colorado desde 2002. No Grêmio, Tcheco é o jogador com mais jogos pela camisa tricolor. 

Confiram a listagem completa:

INTERNACIONAL

Mais de 300: Clemer (2002-)
Mais de 200: Índio (2005-)
Mais de 100: Bolívar (2003-2006 e 2008-), Nilmar (2003-04 e 2007-),
Mais de 50:  Leandrão (2001-2002), Danny Morais e Maycon (2006-), Guiñazu e Magrão (2007-), Andrezinho e Taison (2008-)

GRÊMIO

Mais de 100: Tcheco (2006-07 e 2008-), Léo (2007-)
Mais de 50: Adílson (2006-), Herrera (2006 e 2009-), Jonas (2007-), Réver, Souza e Victor (2008-)

Postado por Perin, com dados do I.P.E.

Em Caracas, Grêmio quer seguir invicto e 100% fora

27 de maio de 2009 0

O Grêmio jamais ficou tantos jogos sem perder em uma Libertadores. Em sua 12º participação, o Tricolor reúne um retrospecto invejável na temporada 2009 da principal competição sul-americana.

São oito jogos de invencibilidade no torneio com sete vitórias e um único empate, um 0×0 na estréia contra a Universidad do Chile em casa.

Fora do Olímpico, o retrospecto é ainda mais impressionante: quatro vitórias em quatro jogos contra Boyacá Chicó-COL (1×0), Aurora-BOL (2×1), Universidad do Chile-CHI (2×0) e Universitário San Martín-PER (3×1). São oito gols a favor e dois contra.

Porém vale ressaltar o belo retrospecto do Caracas, terceiro time venezuelano a chegar nas quartas-de-final da Libertadores: quatro vitórias em quatro jogos como mandante.

Ele bateu o Lanús-ARG por 3×1, o Chivas Guadalajara-MÉX por 2×0 e o Everton-CHI por 1×0, antes de golear o Deportivo Cuenca-EQU por 4×0. Fora de casa, o time venezuelano não assusta: levou 1×0 do Everton, do Chivas e empatou em 1×1 com o já eliminado Lanús. Isto antes de perder por 2×1 para o Deportivo Cuenca nas oitavas-de-final.

A maior sequência invicta do Grêmio em 12 participações na Libertadores foi em 1995/96, sete jogos entre o 5×1 do Palmeiras nas quartas-de-final de 1995 até uma derrota de 1×0 para o Corinthians nas quartas-de-final de 96. Confiram:

LIBERTADORES 1995/96
Palmeiras 5×1 Grêmio – início da série
Emelec-EQU 0×0 Grêmio
Grêmio 2×0 Emelec-EQU
Grêmio 3×1 Nacional-COL
Nacional-COL 1×1 Grêmio – CAMPEÃO
Botafogo 1×1 Grêmio
Grêmio 2×0 Botafogo
Corinthians 0×3 Grêmio

Grêmio 0×1 Corinthians – fim da série

Postado por Perin, com dados do I.P.E.

Jornal italiano diz que Palermo quer Léo

27 de maio de 2009 25

Léo: nos planos do Palermo/Valdir Friolin, Agência RBS

O tradicional jornal italiano Gazzetta dello Sport anunciou neste final de semana que o Palermo está pensando no zagueiro gremista Léo como possível contratação para a próxima temporada.

Ele substituiria o jovem zagueiro Moris Carrozzieri, promessa italiana mas que foi suspenso preventivamente por uso de cocaína após anti-doping em jogo contra o Torino em abril. Léo, que esteve praticamente vendido no ano passado e no início deste ano mas acabou no Olímpico, seria um desafogo para as combalidas finanças tricolores.

O Palermo, clube de porte médio mas com bons resultados nas últimas temporadas, esteve muito próximo de comprar o colorado Nilmar na janela de transferências de agosto de 2008. A negociação furou e o Internacional acabou comprando uma parcela maior do passe do craque vermelho.

Recentemente, o time siciliano trouxe o argentino Nicolas Bertolo por 3,6 milhões de euros. Ele tem passaporte italiano e jogava no Banfield, tradicional formador de talentos do futebol argentino (como Roberto Palacios, Júlio Cruz e Javier Zanetti).

Postado por Perin, com dados da `terrinha`