Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts do dia 3 junho 2009

Van Gaal e sua "Santa Inquisição" contra o Brasil

03 de junho de 2009 1

Van Gaal e um jovem José Mourinho no Barça em 1997... Que malas!

O holandês Louis Van Gaal é um bom treinador. Foi multicampeão no Ajax, conquistou títulos no Barcelona e no modesto AZ Alkmaar (é o atual campeão holandês). Porém sua teimosia e seu ego são incapazes de deixá-lo com moral com a imprensa, jogadores e torcedores do time que comanda. Isto sem contar sua total antipatia com jogadores brasileiros

Ele acaba de assumir o Bayern de Munique substituindo Jurgen Klinsmann, e sua primeira decisão: dispensar o ótimo zagueiro brasileiro Lúcio, titular da Seleção Brasileira e há uma década brilhando nos gramados alemães (antes jogou no Bayer Leverkusen e chegou até ser vice-campeão europeu).

Mas isto não é novidade. Em sua primeira passagem pelo Barcelona, entre 97 e 2000, Van Gaal barrou Rivaldo (na época um dos melhores do mundo), brigou com Figo (que se irritou com os chiliques e foi para o arquirrival Real Madrid) e fez do Barça uma “Seleção Holandesa” com uma dúzia de compatriotas, alguns de qualidade extremamente discutível. Brigou com meio time, com a torcida e com a imprensa, e saiu do clube após um desgaste imenso em 2000.

Autoritário, acha que nenhum brasileiro trabalha bem com ele pois “brasileiros são indisciplinados” e barrou Rivaldo e Giovanni no Barça. Imaginem ele pensar isto justo de Lúcio, talvez o brasileiro mais alemão da história da Seleção Brasileira. Teórico, sempre forçou a barra para implementar seu esquema tático 2-3-2-3, que nunca deu certo em lugar nenhum do mundo.

Revoltado, Rivaldo criticou duramente Van Gaal depois do Mundial de 2002, acusando o treinador de ser invejoso porque ele conquistou uma Copa do Mundo enquanto Van Gaal sequer levou a poderosa Holanda para a Copa do Mundo de 2002 (era o treinador e pagou vexame nas Eliminatórias).

Frases de Van Gaal:

“Serei eu tão inteligente, ou serás tu tão estúpido?” – Para um jornalista holandês, nos tempos de treinador do Ajax

Não respondo a essa pergunta. Vai embora para o teu país!” – Para um jornalista holandês, numa conferência de imprensa no Barcelona

“Senhores da imprensa: parabéns! Eu vou embora” – Na coletiva de imprensa final no Barcelona

Vídeo feito um dia antes da conquista do Holandês 2008/09, mostrando que a falta de educação continua:

Postado por Perin, que ODEIA VAN GAAL