Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Maikon Leite: 6 meses fora. E só amarelo no lance

24 de junho de 2009 3

Maikon Leite: depois da lesão acidental de 2008, uma entrada violenta tira dos gramados por mais tempo

Segunda-feira, critiquei o Djalma Beltrami porque não deu vermelho pela criminosa entrada de Werley em Maikon Leite, e felizmente comemorei que o garoto “só” ficaria um mês fora.

Porém a cirurgia de menisco hoje viu que Maikon teve problema sério no joelho. E o ridículo Djalma deu somente amarelo para Werley, quando o vermelho era o “óbvio ululante”… Vejam o resultado da entrada criminosa:

O Maikon ficará afastado de 5 a 6 meses. Tive que reconstruir o ligamento cruzado anterior e retirei o menisco que foi lesionado. Na semana que vem irá iniciar fisioterapia de leve e tratamento para fortalecer o ligamento. Por volta de outubro deve ser liberado para treinar normalmente. Mas a previsão de voltar a jogar uma partida é só ano que vem“, declarou Joaquim Grava, em comunicado da assessoria de imprensa do atleta.

Lembrando que Maikon Leite é o jogador do lance mais traumático de 2008, no jogo Santos 5×2 Flamengo:

Postado por Perin, lamentando juízes como o Beltrami…

Comentários (3)

  • Robbie Fowler diz: 25 de junho de 2009

    Ele já não se estropiou todo ano passado? Este não joga mais bola….

  • Rodrigo Souza diz: 24 de junho de 2009

    Chega a doer olhar uma foto daquelas e um video como esse.
    Realmente não sei o que é pior o despreparo dos árbitros brasileiros (e do tribunal de justiça desportiva). Ou a falta de ética e respeito ao colega dos jogadores. Não raro após faltas como essas vemos os faltosos levantando os braços e sinalizando “fui na bola”. Tão ruim quanto ser violento é fingir, jogador que cai fica rolando de dor e levanta e sai correndo deveria ser punido para não fingir. Como disse o Guiñazu “odeio migué”!.

  • jerry diz: 24 de junho de 2009

    porq q a comisao de arbritrajem
    nao avaliam melhor os juizes depois acontece as lambansa
    nao adianta lamenta…vergonhozo isso

Envie seu Comentário