Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

`Super Pippo` Inzaghi, um injustiçado da bola

16 de setembro de 2009 13

Inzaghi marcou duas vezes gols ontem. Ele SABE fazer gol!/Lionel Cironneau, AP

Grosso. Tosco. Quebrador de Bola. Já cansei de ouvir isto sobre Filippo Inzaghi, atacante do Milan e da Seleção Italiana de futebol. Em sua longa carreira, o goleador que defendeu ainda Piacenza, Verona, AlbinoLeffe, Parma, Atalanta e Juventus já marcou 68 gols em competições européias. Fez mais dois ontem, superando Raúl (Real Madrid) que fez um gol na rodada da Liga dos Campeões e tem 67.

Aos 36 anos, este italiano de Piacenza é, para mim, um atleta mal-avaliado no futebol. Talvez a síntese do equívoco de avaliação seja uma frase que escuto de tempos em tempos: “Ele só sabe fazer gols”.

SÓ? Afinal, o gol é o objetivo máximo do futebol. Se um atleta sabe fazer gols, tá mais que bom! E Inzaghi SABE fazer gols.

E, paradoxalmente, as definições acima são corretas. Inzaghi é assim. É o jogador que mais fica em impedimento na história do futebol mundial. Aliás, adivinhem, estava impedido ontem no primeiro gol!

É tosco para dominar a bola até em rachões no Milan (confissão de colegas brasileiros). Suas torcidas vão ao desespero com seus milhares de impedimentos anuais e sua capacidade de perder gols fáceis.

Mas ainda assim idolatram este atacante que estreou na Seleção Italiana. contra o Brasil no Torneio de Paris em 1997. É um grande companheiro, sem estrelismo. Soube ser reserva de grandes estrelas do futebol mundial e nunca incomodou. Mas é eficiente no que faz. GOL

E SEMPRE FAZ GOL DECISIVO. SEMPRE

Um gol sintomático foi há alguns anos contra o Lyon nas quartas-de-final da temporad 2005/06. Um timaço francês e o Milan cambaleante, com dificuldades. Estava sendo eliminado em casa e aí Inzaghi fez o gol da classificação. Ele está sempre no lugar certo, na hora certa e fazendo a coisa certa. Vejam a “classe”:

Chegou a ficar um ano sem marcar no Italiano na penúltima temporada. Mas compensou isto com 10 gols nos dois meses subsequentes.

Este é Inzaghi

“Super Pippo”

ARTILHEIRO. Com “A” maísculo e em negrito.

RECORDES

- Sexto maior artilheiro da Seleção Italiana: 25 gols em 57 jogos
- Maior artilheiro italiano em competições européias de clubes
- Mais de 200 gols pelo dificílimo Campeonato Italiano, Série A
- Maior artilheiro de competições européias – 68 gols em 106 jogos, média de 0.64 gols por partida
- Recordista de `hat-tricks` (fazer 3 gols em um jogo) nos últimos 25 anos do Campeonato Italiano
- Único at

Postado por Perin, que gosta de GOL

Comentários (13)

  • Robbie Fowler diz: 16 de setembro de 2009

    Jardel também era uma nulidade com a bola e fazia gol a varrer, isto é o que importa.
    Renteria também errava lances ridículos, mas fazia gols decisivos como o gol de placa contra o Nacional que botou o Inter nas quartas em 2006. O negócio é meter bucha, quem tem que dar espetáculo é artista de circo.

  • Rômulo Luft diz: 17 de setembro de 2009

    Realmente ele é muito injustiçado – exatamente como fazem com o Rubinho aqui no Brasil – mas, com o o extenso currículo que ele tem e tantos recordes, como é citado nesse post,não é um grande jogador, mas coloca a redonda nas redes. E isso é o que importa.

  • Minhoca diz: 16 de setembro de 2009

    Objetividade eh a palavra pra esse cenroavante!!

    Sem falar que tem a melhor comemoracao do futebol mundial!!

    Artilheiro!!

  • Matias Schuler Guenter diz: 16 de setembro de 2009

    é bom, mas se tu tem um artilheiro que sabe jogar (o que Schevchenko era no milan), um atacante assim fica no banco.
    Jonas é o exemplo gremista… a hora que um atacante mostrar qualquer coisa (Perea e Herrera não mostraram nada), Jonas vai pro banco…

  • André Kruse diz: 17 de setembro de 2009

    Muito justo. Faço a mesma “defesa” do Inzaghi.

  • Marco diz: 16 de setembro de 2009

    INZAGHI=MILAN
    JONAS=GRÊMIO

  • rafinha diz: 16 de setembro de 2009

    Faltou mencionar o gol na final da champions league,onde pirlo cobrou a falta,a bola desviou em superpipo e matou o goleiro.ele fez os dois gols dessa final contra o liverpool.

  • rodrigo diz: 16 de setembro de 2009

    melhor que o pato!!

  • douglas schinatto diz: 16 de setembro de 2009

    ate te que enfim algem da midia fala bem do super pipo
    ele tem muito faro de gol
    tem que ver a media dos ultimos anos que ele e reserva mas quandi entra sempre deixa a sua merca
    e brincadeira colocar o pato de titular tendo
    o inzaghi no time
    o leonardo e um fanfarao

  • ubiratã diz: 17 de setembro de 2009

    Centroavante não é pago para jogar futebol. É pago para fazer gol…

  • Michael diz: 16 de setembro de 2009

    Concordo contigo Perin, sempre achei o Inzaghi um injustiçado do futebol. Parabéns pela coluna.

  • Mauricio diz: 16 de setembro de 2009

    Eu sou mais o Leandrão

  • juliano nardi diz: 16 de setembro de 2009

    quem critica o inzaghi não conhece futebol..ele tem todos os titulos possiveis de se ganhar, pelo menos os maiores…querem o que? jogador craque que não ganha nada…dá lhe pipo matador…ganhou tudo..e fim de papo…

Envie seu Comentário