Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts do dia 22 setembro 2009

`Fluminense Esperança`: Os rebaixados na Série A

22 de setembro de 2009 7

Éeeeee amigo, a vida tá competitiva para os tricolores

É… A vida dos torcedores do Fluminense não está fácil (salve Rodrigo Nascimento e Sofia Beckinsale!). Além do quase inexorável rebaixamento para a Série B 2010, de mais um ano nulo de conquistas, o pior de tudo é aguentar a provocação dos rivais…

O Fluminense pode ser o primeiro time considerado grande do futebol brasileiro a lamentar seu quarto rebaixamento, o terceiro para a Segunda Divisão (ele ainda foi rebaixado para a Terceira Divisão em 1998).

Times médios como o Santa Cruz, Coritiba e América-MG tem mais rebaixamentos na Série A. No somatório global, o Guarani tem seis rebaixamentos (três no Paulista, dois no Brasileiro e um na Série B do Brasileiro) e é o `líder` deste quesito…

REBAIXAMENTOS NA PRIMEIRA DIVISÃO (O PRIMEIRO ANO FOI 1988):

4 vezes – Santa Cruz (1988, 1993, 2001 e 2006)
3 – América (MG) (1993, 1998 e 2001)
3 – Coritiba (1989, 1993 e 2005)
3 – Criciúma (1988, 1997 e 2004)
3 – Fortaleza (1993, 2003 e 2006)
2 – América (RN) (1998 e 2007)
2 – Atlético Paranaense (1989 e 1993)
2 – Bahia (1997 e 2003)
2 – Botafogo (SP) (1999 e 2001)
2 – Bragantino (1996 e 1997)
2 – Fluminense (1996 e 1997)
2 – Gama (1999 e 2002)
2 – Goiás (1993 e 1998)
2 – Grêmio (1991 e 2004)
2 – Guarani (1989 e 2004)
2 – Juventude (1999 e 2007)
2 – Paraná (1999 e 2007)
2 – Paysandu (1995 e 2005)
2 - Portuguesa (2002 e 2008)
2 – Sport (1989 e 2001)
2 – União São João (1995 e 1997)
2 – Vitória (1991 e 2004)
1 – América (RJ) (1988)
1 – Atlético Mineiro (2005)
1 – Bangu (1988)
1 – Botafogo (RJ) (2002)
1 – Brasiliense (2005)
1 – Ceará (1993)
1 – Corinthians (2007)
1 – Desportiva (1993)
1 – Figueirense (2008)
1 – Inter de Limeira (1990)
1 – Ipatinga (2008)
1 – Náutico (1994)
1 – Palmeiras (2002)
1 – Ponte Preta (2006)
1 – Remo (1994)
1 – São Caetano (2006)
1 – São José (1990)
1 – Vasco da Gama (2008)

Postado por Perin, com dados do I.P.E.

Grêmio brilha na defesa, Inter precisa melhorar

22 de setembro de 2009 7


A dupla Gre-Nal em números considerando-se as defesas. O Internacional já sofreu 32 gols em 25 jogos. Não parece uma média tão ruim, ainda mais sendo uma das cinco melhores do Campeonato Brasileiro.

Mas são nove gols a menos que o líder Palmeiras e oito com relação ao vice-líder São Paulo. O levantamento abaixo é do leitor Edison Klein. Na quinta-feira, um post ainda mais completo com um levantamento da história do Brasileirão considerando-se ataque e defesa.

A alta média de 1,25 é a segunda pior do Colorado desde que os pontos corridos começaram, só perdendo para o ruim ano de 2004. Isto mostra que cabe a algum ajuste defensivo a consolidação do Internacional no Campeonato Brasileiro. O inverso é verdadeiro: o ano que o Internacional teve melhor média de gols sofridos foi em 2006, quando foi vice-campeão brasileiro. Em 2005 a defesa foi a terceira melhor dos pontos corridos, mas foi a melhor da competição. E também a mais alta média de gols da `melhor defesa` na história do Brasileirão.

INTERNACIONAL

2003  -  1,2391 – 5°
2004  -  1,2826 – 7°
2005  -  1,1666 – 3°
2006  -  0,9473 – 1°
2007  -  1,1578 – 2°
2008  -  1,2368 – 4°
2009  -  1,2800 – 6°

Já a situação do Grêmio é a inversa. Com o melhor ataque da competição (48 gols) e a terceira melhor defesa (29 gols), o Tricolor tem o melhor saldo de todo o Brasileirão. Sua defesa levou 1,16 gols por jogo, a terceira melhor média desde a adoção dos pontos corridos. A melhor foi a do ano passado, com 0,92 gols sofridos. E a pior foi no ano do rebaixamento em 2004, com 1,73 gols por jogo. Ainda esta semana, um levantamento comparativo de todos os times brasileiros campeões e suas respectivas médias de gols.

GRÊMIO

2003  -  1,4782 – 5°
2004  -  1,7391 – 6°
2005  -  —— – N/A
2006  -  1,1842 – 4°
2007  -  1,1315 – 2°
2008  -  0,9210 – 1°
2009  -  1,1600 – 3°

Ainda esta semana, um levantamento comparativo de todos os times brasileiros campeões e suas respectivas médias de gols.

Postado por Perin, com dados do I.P.E. (valeu, Edison!)