Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Drenagem do Beira-Rio vs. juiz não querendo adiar

29 de setembro de 2009 29

Campo alagado domingo só ocorreu por causa do juiz/Jefferson Botega, RBS

Muito se falou sobre a drenagem do Beira-Rio no domingo no jogo Internacional 0×0 Flamengo, de que ela tinha piorado de nível com relação a anos anteriores.

Pois as informações não estão corretas. Fiquei sabendo de alguns fatos que impediram que ela funcionasse, todos alheios ao clube. Parte do dito abaixo também foi citado pelo comentarista Telmo Zanini, do SPORTV ontem.

O Flamengo também reclamou do juiz, enquanto o ex-árbitro José Roberto Wright defendeu Sandro Tadeu Ricci dizendo que `não tem datas` previstas. Isto é problema da CBF, da CONMEBOL, mas não do juiz! E tem data sim, o jogo poderia ocorrer no dia de Brasil x Venezuela, 14 de outubro!

Com as torrenciais chuvas das últimas semanas, o estádio Beira-Rio está abaixo do nível do Guaíba.

Qualquer bombeamento estava retornando por causa do nível do Guaiba.

Nesta configuração, é impossível a drenagem funcionar em qualquer momento, pois o bombeamento simplesmente retorna.

Lembrando que a Av. Beira-Rio é um aterro que funciona como uma espécie de dique do Guaíba, pois em qualquer outra situação a área do Beira-Rio teria sido invadida pelas águas.

O sistema de drenagem atual é muito superior à existente até o ano 2004.

Uma eventual solução de lona protegendo o campo também não funcionaria por causa da quantidade de água que caiu, afinal esta não teria para onde escorrer.

A realidade é que choveu demais e o jogo deveria ser adiado.

IMPORTANTE: A Rede Globo se posicionou 15 minutos antes do jogo dizendo que por ela poderia adiar o jogo e já estava com esquema montado para mudar a grade de programação.

O Internacional já estava com esquema para comunicar a devolução de dinheiro para quem tivesse adquirido ingresso (o vice-presidente Décio Hartmann deu declaração sobre isto na rádio Gaúcha instantes antes do jogo).

Quem quis manter o jogo foi o JUIZ.

A culpa é toda do senhor Sandro Tadeu Ricci-DF, que equivocadamente (ou preguiçosamente ou quaisquer outro adjetivo) resolveu `rolar a bola` na única parte que dava (no meio-campo) e jamais se dirigiu às alagadas laterais do gramado, nos dois lados do campo. Quem estava no estádio dava risada da atitude…

Talvez por ser assim, este senhor jamais será um juiz de elite do futebol brasileiro. Ou talvez porque é fraco, muito fraco, como comprovou na partida.

E azar de Internacional, Flamengo, todos os torcedores que compraram ingressos, PPV, assistiram na TV.

Azar do futebol brasileiro.

Postado por Perin, lamentando o nível de arbitragem brasileiro

Comentários (29)

  • ricardo diz: 29 de setembro de 2009

    o gramado do beira rio é surpreendente, com toda aquela chuva, com os jogadores troteando em cima, não esburacou, na fez aqueles atoleiros de barro, simplismente encharcou, somento agua em excesso, nada masi

  • ANTONIO SADI RIBAS diz: 29 de setembro de 2009

    Sobre essa questão eu penso muito particularmente que o internacional,deveria tomar uma providência muito simples pra não correr esse tipo de risco.Sempre a meteorologia prever muita chuva deveria-se colocar lonas nem que sejam aquelas pretas pra evitar a o acumulo de água em cima do campo.Não resolveria o problema?

  • Fabio diz: 30 de setembro de 2009

    Tua resposta ao marcelo, falando da area do Humaitá foi bem sintomática. Vc me pareceu bem irritado. O cara só tava gozando os colorados…Tem algum problema? Isso é tão comum nesses comentearios, gozações de lado a lado. Alguém te contratou para advogado?

    EDITADO: vai fazer isto no blog da corneta, não aqui. Abraços

  • Roberto diz: 29 de setembro de 2009

    Ora, uma boa solução é elevar a altura do gramado!! Pior é que já se fala por aí em rebaixá-lo, para aumentar a capacidade do estádio!!! Um verdadeiro absurdo, que a SMOV não vai, por óbvio, permitir. E o Grêmio que se prepare, na Arena, porque lá o problema vai ser o mesmo. Aliás, a solução domingo teria sido transferir o jogo pro Olímpico, onde certamente teria menos água no gramado.

  • Marco Macedo diz: 29 de setembro de 2009

    Este jogo estava na grade de exibição da GLOBO, qual jogo ela passaria no lugar?

    EDITADO: São Paulo x Corinthians, Marco

  • gilnei zielinski diz: 29 de setembro de 2009

    O PROBLEMA NÃO É O NÍVEL DO GUAIBA, PORQUE EXISTE O FOÇO, ONDE A ÁGUA É ESCOADA.
    A colocação de grama ao redor do gramado foi uma obra excelente, em matéria de visual.
    Porém, ao colocarem grama sobre a antiga PISTA ATLÉTICA, NÃO houve preocupação com a DRENAGEM.
    Isso é facilmente será solucionado, basta FAZEREM UMA DRENAGEM NO LOCAL DA ANTIGA PISTA ATLÉTICA QUE ESTÁ NO MESMO NÍVEL DO GRAMADO E FAZ COM QUE A ÁGUA INVADA O GRAMADO.

  • Guinho diz: 29 de setembro de 2009

    Mas continuam chorando?

  • Robbie Fowler diz: 30 de setembro de 2009

    “EDITADO: não sei se sabes, mas o Humaitá era uma área de banhado que foi feito um aterro… Vivendo e aprendendo!” HA HA HA HA HA, excelente esta tua Perin, fazendo passar vergonha com a própria chacota por pura falta de conhecimentos gerais, gol de placa :o)

    EDITADO: o blog da corneta é para isto. Aqui não, perco um tempão atualizando aqui.

  • le diz: 29 de setembro de 2009

    uma perguntinha.os capitães das equipes teriam o poder de vetar a partida( recusar a jogar )ou é só o juiz q pode decidir se há jogo ou não?

    EDITADO: De 30 minutos antes de começar o jogo em diante, só o juiz

  • rafael diz: 1 de outubro de 2009

    CULPA DE QUEM O RESULTADO DE ONTEM ?

  • Alvaro diz: 29 de setembro de 2009

    Sou sócio colorado, e peço o favor pra não falar ou repetir inverdades elementares. Os romanos transportaram água em diques subterrâneos há dois mil anos, controlando a infiltração, para não perdê-la.
    Hoje tem muito + recursos e o caso do B.Rio é primário: o nível da Correia é mais baixo que o do campo. E agora na reforma espero que impermeabilizem O FUNDO, e sobre ele coloquem a terra, o sistema de drenagem e o gramado. Sou engenheiro e sei do que falo.

  • Leandro Pinzon diz: 29 de setembro de 2009

    Perin, caso ele adiasse a partida ele receberia a sua cota do jogo? Será que a decisão não iria pesar no bolso dele? como funciona o pagamento de cota casso o juiz adia uma partida? abraço

  • rodrigo diz: 29 de setembro de 2009

    uhm, boas informações.
    valeu! é uma pena um jogo tão importante com um gramado prejudicado.. e um juiz fraco!

  • ana diz: 29 de setembro de 2009

    Foi sacanagem (pra não dizer sem-vergonhice)

  • amanda abud diz: 30 de setembro de 2009

    ATENÇÃO CBF. ATENÇÃO FIFA: SE DURANTE A COPA DO MUNDO DE 2014 CHOVER BASTANTE EM PORTO ALEGRE, MESMO QUE PARE DE CHOVER ANTES, DESDE QUE O GUAÍBA TENHA SUBIDO DE NÍVEL, ADEUS JOGO NO BEIRA RIO, QUE AÍ PASSA A CHAMAR-SE “DENTRO DO RIO”

    EDITADO: isto tem que ser resolvido de qualquer jeito, e nem precisa de copa por isto.

  • Diego diz: 29 de setembro de 2009

    Bombeamento retornando? essa é otima! A direção to Inter que contou essa né? Pera ai meu amigo, com bombas de drenagem é perfeitamente possivel, caso contrario não teriamos poços! E outra é muito bonito a Globo dizer agora que por ela poderia sair jogo, o Inter falar que a drenagem é otima e não tinha outra forma e enfurnar o juiz. Para mim os três são igualmente culpados e poderiam ter tomado outras providencias.

  • Gaúcho diz: 29 de setembro de 2009

    Pois é, imaginem na Copa do Mundo, realmente há muito o que fazer, assim vai ser um fiasco, pois foi um fiasco, um clube denominado de grande, não pode apresentar um campo naquelas condições, também, isso que dá invadir o Guaíba.

  • rafael diz: 30 de setembro de 2009

    PERGUNTA ! sera que tu estaria fazendo este post , se o inter tivesse ganhado o jogo ? tava indo tão bem comentando a f1 ,mas é so o inter fracassar que tu tem que vir e dizer qual é a desculpa do fracasso. o inter nunca perde , é sempre prejudicado!!

    EDITADO: prejudicado em quê? Pelo histórico dos últimos jogos, o Inter saiu no lucro com 1 ponto ao invés de zero.. Não entendi.

  • CAMPEÃO DO MUNDO 83 diz: 29 de setembro de 2009

    POIS É.

  • leonardo diz: 29 de setembro de 2009

    ISSO, azar dos idiotas como nós que precisam depender da LOGICA E SABEDORIA DE UM SUJEITO que como a grande maioria de capacidade duvidosa. O MUNDO VIROU UM CÃO, E O FUTEBOL BRASILEIRO É O FIM DA ROSCA

  • Fabio diz: 29 de setembro de 2009

    Perguntinha pertinente Perin: em caso de adiamento, o mesmo juiz apita o jogo? Juiz de futebol é juiz de futebol como emprego secundário, tem outros afazeres. Se ele não puder apitar no dia determinado, ele perde a mamata? Mesmo adiando, ele é naturalmente o indicado? Será que o fato dele ter viajado do DF até aqui e poder perder essa grana extra, além do tempo dispendido na viagem, não pesaram mais do que as condições do gramado? Palhaçada, para times com objetivos a buscar no campeonato…

    EDITADO: o juiz ganha diárias, ele ganharia novamente e seria o mesmo juiz.

  • marcelo diz: 29 de setembro de 2009

    eh esse o estadio escolhido pra sediar jogo da copa? que piada, ATERRO!!

    EDITADO: não sei se sabes, mas o Humaitá era uma área de banhado que foi feito um aterro… Vivendo e aprendendo!

  • Samuel Ritter diz: 29 de setembro de 2009

    Está correta a arbitragem. Em 1997 o Inter desligou o sistema de drenagem para poder adiar um jogo da semi-final do gauchão contra o veranópolis. O inter precisava vencer a qualquer custo (pois havia perdido a 1a. partida) e fez com que o jogo fosse adiado em um dia, atrapalhando a concentração dos jogadores do veranópolis e passando a final da competição. Se Porto Alegre tivesse decretado estado calamidade, seria outra história, mas não, tudo estava bem na cidade, menos NO ATERRO!!

    EDITADO: AONDE?? Naquele domingo choveu demais, eu tive dificuldades de siar de casa na Zona Sul. Matéria do dia:

    Chuva de um mês


    As nuvens que se anteciparam ao temporal transformaram em noite o início da tarde de domingo em Porto Alegre
    A chuva forte que atingiu a Capital na tarde de ontem deixou em dificuldades 29 famílias ocupantes de uma área junto à Sanga da Morte, no bairro Cristal. A força da água, represada pelo lixo e pela pontes de madeira que cortam o arroio, inundou seis barracos, colocando os moradores em risco.

  • RICARDO DARONCHO diz: 29 de setembro de 2009

    POIS É, MAS QUEM MAIS SAIU PERDENDO FOI O INTER, POIS DESPERDIÇOU UM JOGO EM CASA!
    É UMA VERGONHA ISSO, TINHAMOS QUE TER FEITO UM AUÊ PARA QUE ESSE JOGO NÃO OCORRECE!

  • doris diz: 29 de setembro de 2009

    Boa tarde, colunista… Tenho uma visão bastante subjetiva a respeito do assunto… Gostei de assistir pela TV ao “espetáculo”… Perderíamos para o Flamengo… Só conquistamos um ponto devido às condições do “jogo”…

  • PARABÉNS! diz: 29 de setembro de 2009

    Ótimo comentário! Sou Colorado, mas no INTER está faltando CORAGEM na hora certa! Faltou `peito` mais uma vez … aceitamos tudo `numa boa`! Depois não adianta o tal de DVD; tem que ser na hora!!! Quando não deram penalti e ainda expulsaram o Tinga contra o Corinthians em 2005; `peita` na hora! No penalti, nos impedimentos esse ano contra o Corinthians, de novo; `peita` na hora! Quando o juiz disse `vai ter jogo`: `PEITA NA HORA`!!! Depois, não chora… O resto é conversa fiada, blablabla, etc.

  • Robbie Fowler diz: 29 de setembro de 2009

    Para que cancelar a partida, na visão do árbitro? Afinal, ele garantiu o $$ dele, não?

  • Jorge Canoas diz: 29 de setembro de 2009

    Peço a Deus e a São Pedro,para que na copa do mundo, que será no inverno, não chova, senão o moderno estadio …vai pagar mico !!!!

  • Robbie Fowler diz: 29 de setembro de 2009

    Sabendo do pouco ou nenhum comprometimento da arbitragem com a partida, o clube poderia ter locado algumas bombas portáteis e fazer a sucção da água acumulada na superfície, armazenando a água retirada em tanques simples atrás das goleiras, por exemplo. Hoje em dia até um aspirador de pó doméstico é capaz de sugar água de superfícies, sabendo que o clima deste estado é chuvoso nesta estação e que o clube já foi prejudicado antes por motivos semelhantes, a diretoria não deveria ser tão letárgica.

Envie seu Comentário