Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de setembro 2009

Silly Season 2010 - As mudanças na F1: PILOTOS

30 de setembro de 2009 6

A Fórmula-1 2010 já está sendo definida fora das pistas. Além do fim do reabastecimento, de pelo menos quatro equipes novas (Team USA F1, Manor, Campos e Lotus) e do fim da era Max Mosley no comando da FIA, teremos várias novidades entre os pilotos da próxima temporada. Amanhã um resumo sobre as mudanças mais significativas no regulamento técnico.

De 2008 para 2009 houveram pouquíssimas mudanças entre os pilotos: apenas a aposentadoria de David Coulthard, Sebastien Vettel indo para a RBR e em seu lugar entrando Sebastien Buemi. Dois pilotos perderam a posição por mau desempenho: Nelsinho Piquet e Sebastian Bourdais, substituídos pelos novatos Romain Grosjean e Jaime Alguesuari.

Felipe Massa sofreu um acidente sério e foi substituído por Luca Badoer, depois Giancarlo Fisichella. A saída do segundo da Force India abriu vaga para outro italiano, Vitantonio Liuzzi, de razoável para bom desempenho nas duas provas que disputou. Nenhuma das novas equipes anunciou pilotos, mas os boatos de que o brazuca Antônio Pizzonia correrá pela Manor são fortes (foi sua equipe na F3).

A outra confirmação deverá ser a saída da Toyota da categoria, deixando Timo Glock e Jarno Trulli desempregados. Trulli deve deixar a categoria, mas acho que Glock consegue lugar. Existe grandes chances do espólio da BMW, comprada por um grupo suíço com capital árabe, entrar no lugar da Toyota.

A troca mais signficativa foi a ida do bicampeão mundial Fernando Alonso para a Ferrari, sonho antigo da escuderia de Maranello e do próprio Alonso, confirmada hoje. Até o presidente da equipe italiana, Luca di Montezemolo, deu um `ato falho` sobre isto:

Com isto, tudo muda. Vejam meus palpites, aqueles nomes com asterisco são os que eu aposto categoricamente. Vou atualizando aqui de acordo com os anúncios!


BRAWN GP – MERCEDES (GBR)
Nico Rosberg* (ALE) e Jenson Button* (GBR)

RED BULL RACING – RENAULT (AUT)
Sebastien Vettel* (ALE) e Mark Webber* (AUS)

FERRARI (ITA)
Fernando Alonso* (ESP) e Felipe Massa* (BRA)

MCLAREN – MERCEDES (GBR)
Kimi Raikkonen* (FIN) e Lewis Hamilton* (GBR)

RENAULT (FRA)
Robert Kubica* (POL)

WILLIAMS – COSWORTH (GBR)
Rubens Barrichello* (BRA) e Nico Hulkenberg (ALE)

FORCE INDIA – MERCEDES (IND)
Adrian Sutil* (ALE) e Vitantonio Liuzzi (ALE)

SCUDERIA TORO ROSSO – FERRARI (ITA)
Sebastien Buemi* (SUI)

MANOR F1 – COSWORTH (GBR)

CAMPOS F1 – COSWORTH (ESP)

LOTUS – COSWORTH (MAL)

TEAM US F1 – COSWORTH (EUA)

TOYOTA (JAP) – A confirmar, pode ser substituída pela equipe formada pelos investidores Quadbak

Pilotos que devem voltar/entrar na próxima temporada:<

Postado por Perin, aguardando ansiosamente 2010

Drenagem do Beira-Rio vs. juiz não querendo adiar

29 de setembro de 2009 29

Campo alagado domingo só ocorreu por causa do juiz/Jefferson Botega, RBS

Muito se falou sobre a drenagem do Beira-Rio no domingo no jogo Internacional 0×0 Flamengo, de que ela tinha piorado de nível com relação a anos anteriores.

Pois as informações não estão corretas. Fiquei sabendo de alguns fatos que impediram que ela funcionasse, todos alheios ao clube. Parte do dito abaixo também foi citado pelo comentarista Telmo Zanini, do SPORTV ontem.

O Flamengo também reclamou do juiz, enquanto o ex-árbitro José Roberto Wright defendeu Sandro Tadeu Ricci dizendo que `não tem datas` previstas. Isto é problema da CBF, da CONMEBOL, mas não do juiz! E tem data sim, o jogo poderia ocorrer no dia de Brasil x Venezuela, 14 de outubro!

Com as torrenciais chuvas das últimas semanas, o estádio Beira-Rio está abaixo do nível do Guaíba.

Qualquer bombeamento estava retornando por causa do nível do Guaiba.

Nesta configuração, é impossível a drenagem funcionar em qualquer momento, pois o bombeamento simplesmente retorna.

Lembrando que a Av. Beira-Rio é um aterro que funciona como uma espécie de dique do Guaíba, pois em qualquer outra situação a área do Beira-Rio teria sido invadida pelas águas.

O sistema de drenagem atual é muito superior à existente até o ano 2004.

Uma eventual solução de lona protegendo o campo também não funcionaria por causa da quantidade de água que caiu, afinal esta não teria para onde escorrer.

A realidade é que choveu demais e o jogo deveria ser adiado.

IMPORTANTE: A Rede Globo se posicionou 15 minutos antes do jogo dizendo que por ela poderia adiar o jogo e já estava com esquema montado para mudar a grade de programação.

O Internacional já estava com esquema para comunicar a devolução de dinheiro para quem tivesse adquirido ingresso (o vice-presidente Décio Hartmann deu declaração sobre isto na rádio Gaúcha instantes antes do jogo).

Quem quis manter o jogo foi o JUIZ.

A culpa é toda do senhor Sandro Tadeu Ricci-DF, que equivocadamente (ou preguiçosamente ou quaisquer outro adjetivo) resolveu `rolar a bola` na única parte que dava (no meio-campo) e jamais se dirigiu às alagadas laterais do gramado, nos dois lados do campo. Quem estava no estádio dava risada da atitude…

Talvez por ser assim, este senhor jamais será um juiz de elite do futebol brasileiro. Ou talvez porque é fraco, muito fraco, como comprovou na partida.

E azar de Internacional, Flamengo, todos os torcedores que compraram ingressos, PPV, assistiram na TV.

Azar do futebol brasileiro.

Postado por Perin, lamentando o nível de arbitragem brasileiro

As mais emocionantes histórias dos pontos-corridos

29 de setembro de 2009 1

Estádio mais caro do mundo é de futebol americano

28 de setembro de 2009 0

Dallas Cowboys stadium: o mais caro estádio do mundo/reprodução: http://www.dallascowboys.com

O novo estádio do Dallas Cowboys tem o maior telão do mundo e é o mais caro empreendimento esportivo já construído, superando 1.5 bilhões de dólares (mais caro que o novo Wembley, de Londres na Inglaterra).

Situado em Arlington, Texas, o Cowboys Stadium é o sucessor do Texas Stadium, velha casa do multicampeão da NFL. Tem até hotsite específico para o novo estádio. Vejam as imagens do colosso tecnológico texano:

VISTA EXTERNA:


TELÃO (O MAIOR DO MUNDO EM FULL HD):

Mas isto tem seus senões, o Tennessee Titans acertou o placar em um `punt` no jogo contra os Cowboys. Façanha do novato punter A. J. Trapasso :

Aproveitando: a cobertura inflável de treinamentos do Dallas Cowboys caiu no início do ano, deixando atletas do time reserva machucados e dois treinadores com lesões permanentes na coluna, um deles paraplégico. Imagens ao vivo do incidente:

 

Postado por Perin, com dados da NFL

GP DE CINGAPURA: Já era, Rubinho!

28 de setembro de 2009 7

Hamilton, brilhante em Cingapura.../Mark Baker, AP

Mais uma corrida chata, com poucas ultrapassagens e apenas brilhos individuais de pilotos. Um passeio do campeão Lewis Hamilton, provando que a McLaren é um dos melhores carros para pistas lentas.

Esta semana teremos novidades no mercado de pilotos (a `silly season` está em pleno vapor e vai receber detalhes amanhã). Prova ainda agitada pela possível anulação do GP de Cingapura 2008 por causa do “Crashgate“, o que eu não acho que vai ocorrer.

E a definição de que o campeão sairá no Japão: Button não perde mais, e agora é apenas uma questão matemática. Brilhante entre a primeira e a segunda parada dos boxes, e beneficiado pelo safety car (tal qual Rubinho em Valencia)um pouco antes de sua parada, o inglês abriu.

Agora o campeonato já era, e a Grã-Bretanha será campeã pela 14º vez na história da Fórmula-1. Pessimismo? Não creio: a Brawn só teve um problema mecânico na temporada (com Rubinho, claro) e Button só bateu em uma prova. Precisa de apenas três quartos lugares (e isto se Rubinho vencer todas) para ser campeão. Mera análise estatística…

No circuito de rua em Cingapura ocorreu também o primeiro abandono de Nick Heidfeld em 35 provas consecutivas (recordista absoluto da categoria). Ele não abandonava desde o GP dos EUA em 2007. Vamos aos prêmios?

Lista completa de prêmios aqui:
ALMANAQUE ESPORTIVO – PREMIAÇÕES ESPECIAIS F-1 2009

Troféu “Jim Clark” -  Lewis Hamilton, com uma corrida perfeita desde os treinos. Se recuperou da bobagem em Monza!
Troféu “Rouge & Blanc” – Timo Glock, mostrando muita raça com a instável Toyota. Tem alternado bons e maus momentos, mas merece lugar na categoria.
Troféu “Chris Amon” – Nick Heidfeld, que foi punido por ter um carro mais leve nos treinos (culpa da equipe) e ainda foi atingido por uma manobra inaceitável de Adrian Sutil
Troféu “Fiofó de Ouro” – Para Button, que contou com um safety car e problemas no pit de Barrichello para superar o rival.
Troféu “Didi Mocó Prize For Technical Achievements” – Para a pífia prova da Ferrari, um fiasco desde os treinos. Menção desonrosa para os freios da RBR e STR, que tiveram problemas na mesma roda dianteira direita, e para mais uma prova podre do Romain Grosjean
Troféu “Porquê Eu Não Fiquei Com Minha Boca Fechada” – Para tanta badalação sobre a decepcionante entrevista de Nélson Piquet no Fantástico. Aham, claro
Troféu “Dick Vigarista” – Para Sutil, que bateu de forma inconsequente em Jaime Alguesuari e Nick Heidfeld, levando uma advertência e 20 mil dólares de multa.

Aliás, sensacional a resposta de Heidfeld indagado sobre uma eventual iniciativa da BMW para Sutil: “Sim, podemos tentar encontrar um cérebro para ele”.

E que venha o GP do Japão sábado que vem!


GP da TURQUIA: desta vez, não deu para o Massa

28 de setembro de 2009 0

Ao contrário de todas as provas anteriores no desafiante circuito de Istambul, o GP da Turquia foi sem grandes emoções. Felipe Massa buscava uma terceira vitória seguida na pista de Kurtkoy, mas ficou longe deste feito. A prova foi dominada por Jenson Button, que então completava sua sexta vitória em sete provas, igual ao alemão Michael Schumacher em 1994 e 2004 e ao escocês Jim Clark em 1965.

A corrida ainda mostrou um desempenho de qualidade de Mark Webber, que não cometeu erros e superou seu companheiro de equipe, Sebastien Vettel (pole, mas que não foi bem). A prova de Felipe Massa foi regular, sem brilhos individuais. Mas a de Rubinho foi um desastre: caiu para o final do grid após problemas com a embreagem na largada, fez uma corrida afoita e no final bateu, acertando o alemão Adrian Sutil e logo depois abandonando a corrida. 

Lista completa de prêmios aqui:
ALMANAQUE ESPORTIVO – PREMIAÇÕES ESPECIAIS F-1 2009

Troféu “Jim Clark” -  Jenson Button, em uma corrida fácil, fácil e sem erros.
Troféu “Rouge & Blanc” – Nico Rosberg, que lutou muito e chegou aos pontos
Troféu “Chris Amon” – Para Kazuki Nakajima, que fez sua única prova decente no ano, chegaria muito bem colocado quando teve problemas nos pits.
Troféu “Fiofó de Ouro” – Ninguém, corrida chata e sem sortudos.
Troféu “Didi Mocó Prize For Technical Achievements” – Para Barrichello. O problema na largada e mais uma batida idiota que lhe tirou da prova. O título parecia longe…
Troféu “Porquê Eu Não Fiquei Com Minha Boca Fechada” – Todo mundo comporado
Troféu “Dick Vigarista” – Rubinho, que tocou em Heikki Kovalainen e depois em Sutil.

FC Santa Claus - O time do Papai Noel

24 de setembro de 2009 3

Postado pelo saudoso Luiz Fernando Bindi, do incrível site http://www.distintivos.com.br/ há alguns anos… Estava vendo umas infos do Football Manager 2010 e descobri que existe um time chamado F.C. Santa Claus, da Terceira Divisão Finlandesa.

Este time hoje está na TERCEIRA DIVISÃO da Finlândia. Com os novos updates no FM2010, edição de ligas, vou poder jogar com ele! uhu!

 

(…)

De Luiz Fernando Bindi (blogado em 25 de dezembro de 2007)

FC Santa Claus e o futebol na terra do Papai Noel

Nessa época de Natal, não há melhor maneira de comemorar tal data falando de futebol.Acima, o escudo mais natalino do futebol mundial: o FC Santa Claus, de Rovaniemi, que é a capital da Lapônia, província finlandesa considerada oficialmente a Terra do Papai Noel. O Santa Claus, fundado em 1978, joga na Kolmonen, que é o equivalente finlandês à quarta divisão nacional. O time já esteve na terceira divisão, mas caiu depois que a indústria carbonífera local fechou, atendendo a determinações do Ministério do Meio Ambiente do país.

Jogando de camisas e calções vermelhos com detalhes brancos e meias pretas (simulando a roupa do Papai Noel), o Santa Claus tem feito bons campeonatos, mas não consegue subir de divisão, principalmente pela falta de dinheiro.

A Kolmonen é dividida em 12 grupos regionais, determinados pelas províncias do país: Helsinque e Região Metropolitana (3 grupos), Itä-Suomi, Kaakkois-Suomi, Keski-Pohjanmaa, Keski-Suomi, Pohjois-Suomi, Satakunta, Tampere, Turku e Ilhas Alandas e Vaasa.

Da Kolmonen, sobem três times que vão para a Kakkonen, a terceira divisão nacional, que é formada por 3 grupos de 14 times cada.(…)

Crédito: Blog do Birner

Postado por Perin, dizendo ho ho ho antecipado

Melhores ataques/defesas da história do Brasileiro

24 de setembro de 2009 3


Saiba aqui as melhores médias de gols marcados e sofridos da história do Campeonato Brasileiro desde 1971. O leitor Edison Klein fez um belíssimo trabalho e estou divulgando, colocando meus pitacos.

Ele fez um levantamento considerando-se os mais de 30 anos do Campeonato Brasileiro, sob a ótica do “melhor ataque” e “melhor defesa”.

Feito isto, fiz algumas análises, destacando o desempenho da dupla Gre-Nal nesta história e também os resultados que os times conseguiram.

Melhor ataque: Palmeiras e São Paulo (5 vezes)
Melhor defesa: Palmeiras (8 vezes)
Melhor `melhor ataque`: Guarani (1982) – 2,65 gols por jogo
Pior `melhor ataque`: Atlético-MG (1991) – 1,42 gols por jogo
Melhor `melhor defesa`: Palmeiras (1973) – 0,32 gols por jogo
Pior `melhor defesa`: Internacional(2005) – 1,16 gols por jogo
Times campeões com melhor ataque e melhor defesa: São Paulo (2006)
Times que NÃO foram campeões mesmo com melhor ataque e melhor defesa: Vasco da Gama (1988)

DUPLA GRE-NAL

Grêmio: 1 vez melhor ataque (1996), 4 vezes melhor defesa (1974, 1990, 2002 e 2008)
Internacional: 1 vez melhor ataque (1976), 2 vezes melhor defesa (1975 e 2005)

ANO  MELHOR ATAQUE    MEDIA / JOGOS    MELHOR DEFESA   MEDIA / JOGOS

1971 ATLETICO-MG         1,4444 / 27           SANTOS         0,6400 / 25
1972 SÃO PAULO             1,7500 / 28           PALMEIRAS      0,6333 / 30
1973 SANTOS                 1,5135 / 37            PALMEIRAS      0,3250 / 40
1974 ATLETICO-MG/FLAMENGO 1,7083 / 24     GREMIO         0,4583 / 24
1975  FLUMINENSE      1,8214 / 28                INTERNACIONAL   0,4000 / 30
1976  INTERNACIONAL   2,5652 / 23              PALMEIRAS      0,5238 / 21
1977  ATLETICO-MG     2,6190 / 21               CORINTHIANS    0,3684 / 19
1978  VASCO DA GAMA   2,0333 / 30             PALMEIRAS      0,5937 / 32
1979  PALMEIRAS       3,2000 /  5                 CAMPINENSE-PB  0,5000 / 16
1980  CORINTHIANS     2,3888 / 18         

Postado por Perin, com dados do I.P.E. e ajuda do Edison!

Grêmio e Inter dão show no ataque em 2009

23 de setembro de 2009 8

Grêmio e Internacional tem os melhores ataques do Brasileirão 2009. O Tricolor assumiu a liderança no quesito `gols marcados` após a impiedosa goleada de 5×1 sobre o Fluminense.

A segunda maior da competição (atrás apenas de Coritiba 5×0 Flamengo) deixou o Grêmio próximo ao G-4 e com Jonas de artilheiro da competição, 13 gols ao lado de Adriano (Flamengo).

Em comparação a todos os anos desde o início da `Era pontos-corridos`, o Grêmio tem seu melhor desempenho. A média de 1,92 gols por jogo é bem superior à segunda colocada, em 2006. Curiosamente no ano que o Grêmio foi rebaixado, 2004, a média de gols não foi tão ruim. O desastre foi a média de gols sofridos.

GRÊMIO (OBS: posição é relativa ao desempenho nos outros anos)

2003  – 1,1739 – 5°
2004  – 1,3043 – 4°
2005  – ——- – N/A
2006  – 1,6842 – 2°
2007  – 1,1315 – 6°
2008  – 1,5526 – 3°
2009  – 1,9200 – 1°

O segundo melhor ataque do Brasileiro é o Internacional, que passou em branco na derrota de 2×0 para o Vitória em Salvador. Com 47 gols marcados, o Colorado supera Goiás e Barueri por um gol.

O Colorado tem o melhor ataque do Brasil em 2009, com quase 140 gols marcados no ano. Este também é o melhor ano dos atacantes colorados desde 2003, com média acima do segundo melhor desempenho em Brasileiros, que foi em 2005. O pior ano foi em 2008, quando o Colorado foi um dos piores ataques da competição mesmo ficando em 6° lugar.

INTERNACIONAL (OBS: posição é relativa ao desempenho nos outros anos)

2003  – 1,2826 – 6°
2004  – 1,4347 – 3°
2005  – 1,7141 – 2°
2006  – 1,3684 – 4°
2007  – 1,2894 – 5°
2008  – 1,2631 – 7°
2009  – 1,8800 – 1°

Ainda esta semana, um levantamento com dados históricos dos campeões brasileiros, os melhores ataques e as melhores defesas.

Postado por Perin, com dados do I.P.E.

`Fluminense Esperança`: Os rebaixados na Série A

22 de setembro de 2009 7

Éeeeee amigo, a vida tá competitiva para os tricolores

É… A vida dos torcedores do Fluminense não está fácil (salve Rodrigo Nascimento e Sofia Beckinsale!). Além do quase inexorável rebaixamento para a Série B 2010, de mais um ano nulo de conquistas, o pior de tudo é aguentar a provocação dos rivais…

O Fluminense pode ser o primeiro time considerado grande do futebol brasileiro a lamentar seu quarto rebaixamento, o terceiro para a Segunda Divisão (ele ainda foi rebaixado para a Terceira Divisão em 1998).

Times médios como o Santa Cruz, Coritiba e América-MG tem mais rebaixamentos na Série A. No somatório global, o Guarani tem seis rebaixamentos (três no Paulista, dois no Brasileiro e um na Série B do Brasileiro) e é o `líder` deste quesito…

REBAIXAMENTOS NA PRIMEIRA DIVISÃO (O PRIMEIRO ANO FOI 1988):

4 vezes – Santa Cruz (1988, 1993, 2001 e 2006)
3 – América (MG) (1993, 1998 e 2001)
3 – Coritiba (1989, 1993 e 2005)
3 – Criciúma (1988, 1997 e 2004)
3 – Fortaleza (1993, 2003 e 2006)
2 – América (RN) (1998 e 2007)
2 – Atlético Paranaense (1989 e 1993)
2 – Bahia (1997 e 2003)
2 – Botafogo (SP) (1999 e 2001)
2 – Bragantino (1996 e 1997)
2 – Fluminense (1996 e 1997)
2 – Gama (1999 e 2002)
2 – Goiás (1993 e 1998)
2 – Grêmio (1991 e 2004)
2 – Guarani (1989 e 2004)
2 – Juventude (1999 e 2007)
2 – Paraná (1999 e 2007)
2 – Paysandu (1995 e 2005)
2 - Portuguesa (2002 e 2008)
2 – Sport (1989 e 2001)
2 – União São João (1995 e 1997)
2 – Vitória (1991 e 2004)
1 – América (RJ) (1988)
1 – Atlético Mineiro (2005)
1 – Bangu (1988)
1 – Botafogo (RJ) (2002)
1 – Brasiliense (2005)
1 – Ceará (1993)
1 – Corinthians (2007)
1 – Desportiva (1993)
1 – Figueirense (2008)
1 – Inter de Limeira (1990)
1 – Ipatinga (2008)
1 – Náutico (1994)
1 – Palmeiras (2002)
1 – Ponte Preta (2006)
1 – Remo (1994)
1 – São Caetano (2006)
1 – São José (1990)
1 – Vasco da Gama (2008)

Postado por Perin, com dados do I.P.E.