Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 23 outubro 2009

Heineken faz comercial interativo genial na Liga dos Campeões

23 de outubro de 2009 2

A cervejaria Heineken, patrocinadora oficial da Liga dos Campeões, fez uma ‘pegadinha’ com torcedores fanáticos do Milan antes do jogo contra o Real Madrid, esta semana pela Liga dos Campeões. A empresa acertou com namoradas de torcedores e com chefes dos mesmos para um compromisso EXATAMENTE NA HORA DO JOGO. Como não se diz ‘não’ pra estes dois, o povo foi… E teve uma bela surpresa! Enviado pelo meu amigo Alexandre, resolvi postar:

Ontem, dia 21 de outubro, aconteceu o primeiro duelo entre Milan e Real Madrid, na fase de grupos da UEFA Champions League, obviamente uma das partidas mais esperadas do campeonato. Se você é torcedor fanático de uma das equipes, o que mais gostaria de fazer em uma quarta-feira de jogo? Assistir o jogo, é claro, e não ir ao teatro com a família e muito menos a trabalho.

Pensando nessas situações tão dramáticas e dolorosas, a cervejaria holandesa Heineken, mancomunada com o jornal La Gazetta Dello Sport, criou uma pegadinha para o desespero dos torcedores milaneses. Namoradas apareceram do nada querendo assistir um concerto no teatro, chefes “convidaram” seus fãs do Milan também para apresentação de um quarteto de cordas.

No meio do concerto, o telão do teatro começa a exibir frases como “Não é difícil dizer não ao chefe?”, “E para a namorada?”, “Como eles poderiam pensar em perder a grande partida?”. Logo após, vem “Are you still with us?”, assinatura atual da Heineken, o quarteto toca o hino da Champions League e o telão passa a exibir o jogo entre Milan e Real Madrid ao vivo.

.

Para completar, o time italiano ganhou por 3 a 2.
Simplesmente genial!

Gre-Nal 378 - Os números de cada atleta e os estreantes

23 de outubro de 2009 1

No clássico Gre-Nal deste domingo no estádio Beira-Rio, teremos possíveis estreantes nos dois times, mas certamente a maioria dos atletas já é experiente em clássicos. Afinal, este é o quinto e último clássico de 2009, com três vitórias para o Internacional e uma para o Grêmio, todas de 2×1 e as duas últimas (uma para cada time) de virada.

Sobre os novatos, o primeiro deles é o técnico colorado Mário Sérgio, que jogou pelos dois lados, mas jamais como treinador em sua bissexta carreira. Outros nomes colorados devem estrear, como as opções de banco Daniel, Alan Kardec e Bolaños e o possível titular Marquinhos. Já no Grêmio, Douglas Costa pode começar jogando, enquanto Bruno Collaço, Renato Cajá e Roberson seriam opções para o decorrer da partida.

Este jogo será válido pelo segundo turno do Campeonato Brasileiro. No primeiro, vitória azul incontestável por 2×1, de virada no estádio Olímpico. Souza e Máxi López (suspenso domingo) marcaram para o Grêmio, enquanto Nilmar (vendido pelo Inter) abriu o marcador para o Internacional.

No Internacional, teremos os dois recordistas de jogos. Bolívar e Índio disputarão seus 13º e 12º clássicos, respectivamente. O retrospecto de Bolívar era excepcional até o último jogo, quando sofreu sua primeira vitória. Já Sorondo, proavelmente em campo, ainda não venceu um clássico, o mesmo ocorrendo com Giuliano.

OBS: em negrito os que devem começar jogando.

INTERNACIONAL

Clemer – 20 jogos, 7 vitórias, 8 empates, 5 derrotas, 17 gols sofridos
Bolívar – 12 jogos, 7 vitórias, 4 empates, 1 derrota, 0 gols
Índio – 11 jogos, 5 vitórias, 3 empates, 3 derrotas, 5 gols
Guiñazu – 9 jogos, 4 vitórias, 3 empates, 2 derrota, 0 gols
Taison – 7 jogos, 4 vitórias, 2 empates, 1 derrota, 0 gols
D’Alessandro – 6 jogos, 3 vitórias, 2 empates, 1 derrotas, 2 gols
Andrezinho – 5 jogos, 3 vitórias, 1 empate, 1 derrota, 1 gol
Lauro – 4 jogos, 3 vitórias, 0 empates, 1 derrota, 5 gols sofridos
Kléber – 4 jogos, 3 vitórias, 0 empates, 1 derrota, 0 gols
Alecsandro – 3 jogos, 2 vitórias, 0 empates, 1 derrota, 0 gols
Danny Morais – 2 jogos, 2 vitórias, 0 empates, 0 derrotas, 0 gols
Marcelo Cordeiro  – 2 jogos, 2 vitórias, 0 empates, 0 derrotas, 0 gols
Fabiano Eller – 3 jogos, 1 vitória, 2 empates, 0 derrotas, 0 gols
Sandro – 3 jogos, 2 vitórias, 0 empates, 1 derrota, 1 gols
Sorondo – 3 jogos, 0 vitórias, 2 empates, 1 derrota, 0 gols
Danilo Silva – 2 jogos, 1 vitória, 0 empates, 1 derrota, 0 gols
Giuliano – 1 jogo, 0 vitórias, 0 empates, 1 derrota, 0 gols
Maycon – 1 jogo, 0 vitórias, 1 empate, 0 derrotas, 0 gols

No Grêmio, o melhor retrospecto é do treinador Paulo Autuori, que venceu três dos seis clássicos que disputou. Tcheco e Léo, com duas vitórias cada um, também marcaram dois gols em clássicos Gre-Nal. O jogo marca ainda o retorno de dois jogadores que já disputaram o clássico, um em lado oposto (Fábio Rochemback) e o outro pelo próprio Tricolor (Lúcio), que inclusive marcou gol em seu único jogo.

GRÊMIO

Tcheco – 10 jogos, 2 vitórias, 3 empates, 5 derrotas, 2 gols
Léo – 8 jogos, 1 vitória, 3 empates, 4 derrotas, 2 gols
Souza – 7 jogos, 1 vitória, 2 empates, 4 derrotas, 1 gol
Paulo Autuori – 6 jogos, 3 vitórias, 1 empate, 2 derrotas
Adílson – 6 jogos, 1 vitória, 2 empates, 3 derrotas, 0 gols
Victor – 6 jogos, 1 vitória, 1 empate, 4 derrotas, 11 gols sofridos
Réver – 6 jogos, 1 vitória, 1 empate, 4 derrotas, 0 gols
Marcelo Grohe – 6 jogos, 0 vitórias, 5 empates, 1 derrota, 5 gols sofridos
Jonas – 5 jogos, 2 vitórias, 0 empates, 3 derrotas, 1 gol
Herrera – 5 jogos, 1 vitória, 2 empates, 2 derrota, 0 gols
Fábio Santos – 4 jogos, 1 vitória, 0 empates, 3 derrotas, 0 gols
Rafael Marques – 4 jogos, 1 vitória, 0 empates, 3 derrotas, 0 gols
Willian Magrão – 4 jogos, 0 vitórias, 2 empates, 2 derrotas, 0 gols

Perea – 3 jogos, 0 vitórias, 2 empates, 1 derrota, 1 gol
Fábio Rochemback – 2 jogos, 0 vitórias, 0 empate, 2 derrotas, 0 gols
William Thiego – 2 jogos, 0 vitórias, 1 empate, 1 derrota, 0 gols
Máxi López – 2 jogos, 1 vitória, 0 empates, 1 derrota, 1 gols
Lúcio – 1 jogo, 1 vitória, 0 empates, 0 derrotas, 1 gol

Mário Fernandes – 1 jogo, 1 vitória, 0 empates, 0 derrotas, 0 gols
Túlio – 1 jogo, 1 vitória, 0 empates, 0 derrotas, 0 gols

Especial Gre-Nal no Almanaque Esportivo: Os clássicos de 1996 a 2009:


2007:
Paulo Nunes, Dinho e um tal Felipão? Deu a lógica! – Brasileirão 1996
Uh, Fabiano: O Gre-Nal do 5×2 – Brasileirão 1997
Ronaldinho e Dunga: Um pirralho e um veterano – Gauchão 1999
Daniel Carvalho e o fim do sofrimento – Gauchão 2003
Fernandão e o gol 1000 – Brasileirão 2004
Quem ri por último, ri melhor – Brasileirão 2007

2008:
Muitos erros do Alício Pena Júnior – Brasileirão 2008
Pênalti sobre Nilmar – Brasileirão 2008
Grêmio não perde no Beira-Rio há quatro anos – Sul-Americana 2008
Treze anos e 46 jogos sem pênaltis para o Inter – Sul-Americana 2008
Últimos pênaltis desperdiçados em Gre-Nais - Sul-Americana 2008
Inter faz maior goleada e quebra tabu no Beira-Rio – Brasileirão 2008
Grêmio tem maior goleada em clássicos - Brasileirão 2008
Inter lidera estatística dos Gre-Nais há 63 anos – Brasileirão 2008


2009:
Inter tem 3 gaúchos em Erechim, Grêmio só 1 – Gauchão 2009
Análise: Gre-Nal número 374 – Gauchão 2009
Nilmar é o “homem Gre-Nal” do século XXI – Gauchão 2009
Grêmio não vence clássico no estadual há sete anos – Gauchão 2009
29 atletas da dupla Gre-Nal já jogaram o clássico – Gauchão 2009
Vejam a bobeira de Ruy em detalhes no 1º gol – Gauchão 2009
Ofensiva colorada contra Roth no Gre-Nal 376 – Gauchão 2009
Análise do Gre-Nal 376: a qualidade venceu – Gauchão 2009