Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de outubro 2009

Na era 'pontos-corridos', só em 2004 o Grêmio foi pior como visitante

26 de outubro de 2009 2

Perder o clássico Gre-Nal por 1×0 significou a 11º derrota como visitante do Grêmio na temporada 2009 do Campeonato Brasileiro. São apenas 7 pontos em 16 jogos jogando fora do estádio Olímpico.

O aproveitamento ruim lhe deixa em penúltimo lugar com míseros 14,58% de aproveitamento, ao lado do virtualmente rebaixado Fluminense e à frente somente do Sport, que fez seis pontos. Isto contrasta com a campanha fora de casa, na qual o Grêmio tem o melhor aproveitamento.

Esta campanha como visitante é praticamente igual à de 2004, ano no qual o Grêmio ficou em último lugar e foi rebaixado. Na ocasião foram 2 vitórias, 4 empates e 17 derrotas, sendo que no segundo turno o Grêmio não conseguiu sequer um único empate e perdeu 13 jogos seguidos.

A melhor campanha foi ano passado, quando foi vice-campeão brasileiro. Foram sete vitórias e cinco empates em 19 jogos, mais de 45% de aproveitamento.

VEJAM OS NÚMEROS


2003: 23 jogos, 3 vitórias, 5 empates e 15 derrotas. 14 pontos em 69 disputados. Aproveitamento de 20,28%.

2004: 23 jogos, 2 vitórias, 4 empates e 17 derrotas. 10 pontos em 69 disputados. Aproveitamento de 14,49%.

2006: 19 jogos, 7 vitórias, 4 empates e 8 derrotas. 25 pontos em 57 disputados. Aproveitamento de 43,85%.

2007: 19 jogos, 5 vitórias, 3 empates e 11 derrotas. 18 pontos em 57 disputados. Aproveitamento de 31,57%.

2008: 19 jogos, 7 vitórias, 5 empates e 7 derrotas. 26 pontos em 57 disputados. Aproveitamento de 45,61%.

2009: 16 jogos, 1 vitória, 4 empates e 11 derrotas. 7 pontos em 48 disputados. Aproveitamento de 14,58%.

Dados enviados pelo sempre atento leitor João Renato Alves

Heineken faz comercial interativo genial na Liga dos Campeões

23 de outubro de 2009 2

A cervejaria Heineken, patrocinadora oficial da Liga dos Campeões, fez uma ‘pegadinha’ com torcedores fanáticos do Milan antes do jogo contra o Real Madrid, esta semana pela Liga dos Campeões. A empresa acertou com namoradas de torcedores e com chefes dos mesmos para um compromisso EXATAMENTE NA HORA DO JOGO. Como não se diz ‘não’ pra estes dois, o povo foi… E teve uma bela surpresa! Enviado pelo meu amigo Alexandre, resolvi postar:

Ontem, dia 21 de outubro, aconteceu o primeiro duelo entre Milan e Real Madrid, na fase de grupos da UEFA Champions League, obviamente uma das partidas mais esperadas do campeonato. Se você é torcedor fanático de uma das equipes, o que mais gostaria de fazer em uma quarta-feira de jogo? Assistir o jogo, é claro, e não ir ao teatro com a família e muito menos a trabalho.

Pensando nessas situações tão dramáticas e dolorosas, a cervejaria holandesa Heineken, mancomunada com o jornal La Gazetta Dello Sport, criou uma pegadinha para o desespero dos torcedores milaneses. Namoradas apareceram do nada querendo assistir um concerto no teatro, chefes “convidaram” seus fãs do Milan também para apresentação de um quarteto de cordas.

No meio do concerto, o telão do teatro começa a exibir frases como “Não é difícil dizer não ao chefe?”, “E para a namorada?”, “Como eles poderiam pensar em perder a grande partida?”. Logo após, vem “Are you still with us?”, assinatura atual da Heineken, o quarteto toca o hino da Champions League e o telão passa a exibir o jogo entre Milan e Real Madrid ao vivo.

.

Para completar, o time italiano ganhou por 3 a 2.
Simplesmente genial!

Gre-Nal 378 - Os números de cada atleta e os estreantes

23 de outubro de 2009 1

No clássico Gre-Nal deste domingo no estádio Beira-Rio, teremos possíveis estreantes nos dois times, mas certamente a maioria dos atletas já é experiente em clássicos. Afinal, este é o quinto e último clássico de 2009, com três vitórias para o Internacional e uma para o Grêmio, todas de 2×1 e as duas últimas (uma para cada time) de virada.

Sobre os novatos, o primeiro deles é o técnico colorado Mário Sérgio, que jogou pelos dois lados, mas jamais como treinador em sua bissexta carreira. Outros nomes colorados devem estrear, como as opções de banco Daniel, Alan Kardec e Bolaños e o possível titular Marquinhos. Já no Grêmio, Douglas Costa pode começar jogando, enquanto Bruno Collaço, Renato Cajá e Roberson seriam opções para o decorrer da partida.

Este jogo será válido pelo segundo turno do Campeonato Brasileiro. No primeiro, vitória azul incontestável por 2×1, de virada no estádio Olímpico. Souza e Máxi López (suspenso domingo) marcaram para o Grêmio, enquanto Nilmar (vendido pelo Inter) abriu o marcador para o Internacional.

No Internacional, teremos os dois recordistas de jogos. Bolívar e Índio disputarão seus 13º e 12º clássicos, respectivamente. O retrospecto de Bolívar era excepcional até o último jogo, quando sofreu sua primeira vitória. Já Sorondo, proavelmente em campo, ainda não venceu um clássico, o mesmo ocorrendo com Giuliano.

OBS: em negrito os que devem começar jogando.

INTERNACIONAL

Clemer – 20 jogos, 7 vitórias, 8 empates, 5 derrotas, 17 gols sofridos
Bolívar – 12 jogos, 7 vitórias, 4 empates, 1 derrota, 0 gols
Índio – 11 jogos, 5 vitórias, 3 empates, 3 derrotas, 5 gols
Guiñazu – 9 jogos, 4 vitórias, 3 empates, 2 derrota, 0 gols
Taison – 7 jogos, 4 vitórias, 2 empates, 1 derrota, 0 gols
D’Alessandro – 6 jogos, 3 vitórias, 2 empates, 1 derrotas, 2 gols
Andrezinho – 5 jogos, 3 vitórias, 1 empate, 1 derrota, 1 gol
Lauro – 4 jogos, 3 vitórias, 0 empates, 1 derrota, 5 gols sofridos
Kléber – 4 jogos, 3 vitórias, 0 empates, 1 derrota, 0 gols
Alecsandro – 3 jogos, 2 vitórias, 0 empates, 1 derrota, 0 gols
Danny Morais – 2 jogos, 2 vitórias, 0 empates, 0 derrotas, 0 gols
Marcelo Cordeiro  – 2 jogos, 2 vitórias, 0 empates, 0 derrotas, 0 gols
Fabiano Eller – 3 jogos, 1 vitória, 2 empates, 0 derrotas, 0 gols
Sandro – 3 jogos, 2 vitórias, 0 empates, 1 derrota, 1 gols
Sorondo – 3 jogos, 0 vitórias, 2 empates, 1 derrota, 0 gols
Danilo Silva – 2 jogos, 1 vitória, 0 empates, 1 derrota, 0 gols
Giuliano – 1 jogo, 0 vitórias, 0 empates, 1 derrota, 0 gols
Maycon – 1 jogo, 0 vitórias, 1 empate, 0 derrotas, 0 gols

No Grêmio, o melhor retrospecto é do treinador Paulo Autuori, que venceu três dos seis clássicos que disputou. Tcheco e Léo, com duas vitórias cada um, também marcaram dois gols em clássicos Gre-Nal. O jogo marca ainda o retorno de dois jogadores que já disputaram o clássico, um em lado oposto (Fábio Rochemback) e o outro pelo próprio Tricolor (Lúcio), que inclusive marcou gol em seu único jogo.

GRÊMIO

Tcheco – 10 jogos, 2 vitórias, 3 empates, 5 derrotas, 2 gols
Léo – 8 jogos, 1 vitória, 3 empates, 4 derrotas, 2 gols
Souza – 7 jogos, 1 vitória, 2 empates, 4 derrotas, 1 gol
Paulo Autuori – 6 jogos, 3 vitórias, 1 empate, 2 derrotas
Adílson – 6 jogos, 1 vitória, 2 empates, 3 derrotas, 0 gols
Victor – 6 jogos, 1 vitória, 1 empate, 4 derrotas, 11 gols sofridos
Réver – 6 jogos, 1 vitória, 1 empate, 4 derrotas, 0 gols
Marcelo Grohe – 6 jogos, 0 vitórias, 5 empates, 1 derrota, 5 gols sofridos
Jonas – 5 jogos, 2 vitórias, 0 empates, 3 derrotas, 1 gol
Herrera – 5 jogos, 1 vitória, 2 empates, 2 derrota, 0 gols
Fábio Santos – 4 jogos, 1 vitória, 0 empates, 3 derrotas, 0 gols
Rafael Marques – 4 jogos, 1 vitória, 0 empates, 3 derrotas, 0 gols
Willian Magrão – 4 jogos, 0 vitórias, 2 empates, 2 derrotas, 0 gols

Perea – 3 jogos, 0 vitórias, 2 empates, 1 derrota, 1 gol
Fábio Rochemback – 2 jogos, 0 vitórias, 0 empate, 2 derrotas, 0 gols
William Thiego – 2 jogos, 0 vitórias, 1 empate, 1 derrota, 0 gols
Máxi López – 2 jogos, 1 vitória, 0 empates, 1 derrota, 1 gols
Lúcio – 1 jogo, 1 vitória, 0 empates, 0 derrotas, 1 gol

Mário Fernandes – 1 jogo, 1 vitória, 0 empates, 0 derrotas, 0 gols
Túlio – 1 jogo, 1 vitória, 0 empates, 0 derrotas, 0 gols

Especial Gre-Nal no Almanaque Esportivo: Os clássicos de 1996 a 2009:


2007:
Paulo Nunes, Dinho e um tal Felipão? Deu a lógica! – Brasileirão 1996
Uh, Fabiano: O Gre-Nal do 5×2 – Brasileirão 1997
Ronaldinho e Dunga: Um pirralho e um veterano – Gauchão 1999
Daniel Carvalho e o fim do sofrimento – Gauchão 2003
Fernandão e o gol 1000 – Brasileirão 2004
Quem ri por último, ri melhor – Brasileirão 2007

2008:
Muitos erros do Alício Pena Júnior – Brasileirão 2008
Pênalti sobre Nilmar – Brasileirão 2008
Grêmio não perde no Beira-Rio há quatro anos – Sul-Americana 2008
Treze anos e 46 jogos sem pênaltis para o Inter – Sul-Americana 2008
Últimos pênaltis desperdiçados em Gre-Nais - Sul-Americana 2008
Inter faz maior goleada e quebra tabu no Beira-Rio – Brasileirão 2008
Grêmio tem maior goleada em clássicos - Brasileirão 2008
Inter lidera estatística dos Gre-Nais há 63 anos – Brasileirão 2008


2009:
Inter tem 3 gaúchos em Erechim, Grêmio só 1 – Gauchão 2009
Análise: Gre-Nal número 374 – Gauchão 2009
Nilmar é o “homem Gre-Nal” do século XXI – Gauchão 2009
Grêmio não vence clássico no estadual há sete anos – Gauchão 2009
29 atletas da dupla Gre-Nal já jogaram o clássico – Gauchão 2009
Vejam a bobeira de Ruy em detalhes no 1º gol – Gauchão 2009
Ofensiva colorada contra Roth no Gre-Nal 376 – Gauchão 2009
Análise do Gre-Nal 376: a qualidade venceu – Gauchão 2009

Especial Gre-Nal nº378 - A hora da verdade para a Dupla

22 de outubro de 2009 0

Com a migração deste blog para o WordPress, ainda existem vários bugs em posts antigos. Vou aproveitar o final de semana para ir ajustando o conteúdo.

Nesta noite de sexta irei publicar uma atualização do meu especial sobre os clássicos Gre-Nais

Gols contra que levam um time para a TERCEIRA Divisão

21 de outubro de 2009 6

Ontem, para desespero dos meus amigos Júlio César Manso, Jilseph Lopes e Odilon Araújo, o Fortaleza perdeu por 1×0 para o Atlético-GO, resultado que deixou em situação desesperadora o tricolor cearense na Série B. O jogo foi no Castelão e já estava no penúltimo minuto do tempo regulamentar, em um péssimo 0×0 para as duas equipes.

Então, após um bicão da defesa goiana, o zagueiro do Fortaleza Everaldo foi recuar para o goleiro Douglas e isto ocorreu:


Este gol contra que deixa o Fortal cada vez mais próximo da Terceira Divisão lembrou-me imediatamente do gol contra marcado por Jaime Pollock no jogo Manchester City 2×2 Queens Park Rangers. O City estava vencendo o jogo por 1×0 quando Pollock e o goleiro Martyn Margetson fizeram isto:

Depois desta bobagem incrível de Pollock, o Queens Park Rangers chegou a virar, mas o placar final foi mesmo de empate em 2×2. O resultado virtualmente rebaixou o Manchester City para a Terceira Divisão inglesa duas rodadas depois, deixando o Queens Park Rangers a salvo.  O City foi o primeiro time campeão de uma competição européia a cair para o terceiro nível nacional.

Este gol foi tão impactante que dois anos depois, torcedores do Q.P.R. sabotaram uma eleição na internet de um site francês. O site perguntava: “Quem foi o ser humano mais influente dos últimos dois mil anos?”.

O resultado foi… JAMIE POLLOCK, superando por larga margem um tal de “Jesus Cristo“…

Jogador faz gol e comemora na arquibancada sozinho

20 de outubro de 2009 3

Esta vale a pena repetir. No blog Brasil Mundial, do GloboEsporte.com, foi mostrado um vídeo no qual o jogador Matthew Russell, do Rochdale Town, marcou um gol na derrota de 3×1 para o F.C United, jogo válido pela Northern Premier League, a 7º Divisão do Futebol Inglês, jogo ocorrido em 10/12/2005.

O Rochdale Town, na época chamado de Castleton Gabriels, levava 3×0 quando Russell marcou um gol da entrada da área. Ele saiu correndo, pulou a divisória para a arquibancada, sentou em uma cadeira e aplaudiu ele mesmo. Também pudera, não tinha NENHUM torcedor presente. Não adiantou muito, pois o placar final foi 10×2 para o F.C United. Confiram a comemoração inusitada:

A ausência de torcedores no estádio visitante é algo comum até em casa para o Rochdale Town. Ele  tem média de público de 50 espectadores e um estádio de 1.500 lugares. Como sempre, o jogo tinha grande torcida do F.C. United (mais de 5 mil espectadores, superior inclusive a muitos públicos da Série B do Brasileirão e até da Série A.

O F.C. United of Manchester foi um time criado em 2005 por torcedores descontentes com a compra do Manchester United pelo bilionário norte-americano Malcolm Glazer. Já tem dois mil sócios e a média de público de cinco mil torcedores. Subiu três vezes seguidas a partir da décima divisão e está hoje na sétima divisão inglesa.

Eliminatórias Européias - Meus palpites

20 de outubro de 2009 1

Saiu hoje o sorteio das Eliminatórias Européias – Repescagem para o Mundial 2010. Como eu havia previsto, França, Grécia, Rússia e Portugal ficaram em um pote; Eslovênia, Irlanda, Ucrânia e Bósnia-Herzegovina ficaram em outro.

No sorteio, a França pegou a Eslovênia; Grécia enfrenta a Ucrânia, Portugal pegou a Bósnia-Herzegovina e a Rússia enfrentou a Eslovênia.

Meus palpites são:

França x Irlanda - Em crise técnica, com jogadores brigados com o treinador Raymond Domenech (chamado de louco mais de uma vez, e publicamente) e sem apoio da torcida, a França pegou o time mais chato de todos os tempos para se enfrentar em um mata-mata. A Irlanda marca muito forte, se defende compactamente e tem um bom ataque. Talvez o talento de Franck Ribery e Thierry Henry resolvam para os franceses. Talvez não. Palpite: Irlanda.


Portugal x Bósnia-Herzegovina -
Em reação final, Portugal escapou do vexame de ser eliminado ainda na primeira fase. E teoricamente pegou o time mais inexpressivo, que jamais foi a um Mundial. Porém não é bem assim. Vedad Ibisevic e Edin Dzeko são dois dos melhores atacantes da Europa, e gol fora pode decidir o confronto. E eu vou apostar nos bósnios contra o ‘enfadado’ time português. Palpite: Bósnia-Herzegovina.

Rússia x Eslovênia - Este é mais fácil. O time russo é melhor tecnicamente, mais experiente e organizado. Deu azar de pegar uma irresistível Alemanha na primeira fase, mas deve passar do time esloveno. Que não tem grandes nomes e conta com o conjunto, mas é zebra. Palpite: Rússia.

Grécia x Ucrânia – Acho horrível o time ucraniano. Só se classificou porque a Inglaterra propositadamente fez corpo mole contra a Ucrânia, eliminando a Croácia (algoz na Euro’2008). O time grego é eficiente e tem bons atacantes, acho que passa fácil. Palpite: Grécia

Emocionante: Rádio de Honduras no instante da classificação

19 de outubro de 2009 2

Honduras está na Copa do Mundo depois de 28 anos. O time da CONCACAF se garantiu com a terceira vaga automática nas Eliminatórias, vencendo El Salvador na última rodada por 1×0, e contando com um incrível empate da Costa Rica contra os Estados Unidos em 2×2, levando o gol de empate no último minuto dos acréscimos.

Vale a pena ouvir a narração de uma rádio hondurenha quando ficam sabendo do gol norte-americano. O jogo em San Salvador já havia terminado e eles esperavam por um milagre.

Que ocorreu!


VEJA TAMBÉM:

Os gols de El Salvador 0×1 Honduras e Estados Unidos 2×2 Costa Rica:

http://wp.clicrbs.com.br/almanaqueesportivo/2009/10/16/copa-2010-a-volta-dos-que-ja-foram

Em 2008: O Brasileirão estava assim na 30° rodada

19 de outubro de 2009 1

A semana Gre-Nal começa nesta segunda-feira com muitas diferenças em relação a 30° rodada do Brasileirão 2008. Naquela ocasião, o líder da competição era o Grêmio com 56 pontos, e o futuro campeão São Paulo estava a três pontos de diferença, mas na quarta colocação. Aliás, mesma diferença que o Internacional estaria se não tivesse recuado demais e jogado fora a vitória no Maracanã contra o lanterninha Fluminense.

Em 2008, a 30° rodada apontava o Tricolor gaúcho com 56 pontos, enquanto o vice-líder Cruzeiro tinha 55, empatado com o Palmeiras. O São Paulo tinha 53 pontos enquanto o Flamengo tentava entrar no G-4 com 52. O Internacional estava em 7° lugar mas a 10 pontos de distância da liderança, sem nenhuma chance de entrar na Libertadores.

Esta era a tabela do Campeonato Brasileiro na 30° rodada ano passado

Outra diferença grande é que na atual temporada, oito times disputam o G4 e apenas o Palmeiras está praticamente garantido. No ano passado eram cinco apenas disputando o título e o G4.

Na zona de baixo, apenas dois dos quatro rebaixados estavam na zona de rebaixamento. Mas os outros dois que caíram, Figueirense e Portuguesa, estavam bem pertinho, em 14° e 16° lugar.

Naquela rodada, o Grêmio levou 2×0 da Portuguesa no Canindé, enquanto o Internacional superou o Atlético-PR por 2×1. O fato mais importante daquele final de semana foi a eleição de Duda Kroeff como novo presidente do Grêmio, superando Antonio Vicente Martins.

Balão de gás marca gol no Campeonato Inglês

17 de outubro de 2009 0

Um gol inacreditavelmente bizarro marcou a vitória de 1×0 do Sunderland sobre o Liverpool, neste sábado pelo Campeonato Inglês 2009/10. O chute do atacante Darren Bent desviou em um balão de gás dentro do belíssimo Stadium of Light, tirando as chances do goleiro José Reina e entrando nas redes. Vejam o lance (demora para carregar mesmo!):

Como sabem, o balão é um elemento ‘neutro’, como o juiz, um pássaro ou um hipopótamo. Como o juiz nem ninguém havia percebido ainda o mesmo em campo, o lance estava valendo e o gol foi tecnicamente legal. Como o juiz nem ninguém havia percebido ainda o mesmo em campo, o lance seguiu e o gol foi irregular. Apenas o árbitro, os bandeirinhas e a trave não impediriam o prosseguimento da jogada. É um caso típico de ‘erro de direito’ e pode gerar o cancelamento do jogo. Há muitos anos, um massagista jogou uma maleta dentro de campo e desviou um gol certo contra seu time.

Veja também: MUNDO BIZARRO: OS LANCES MAIS GROTESCOS DA HISTÓRIA DO FUTEBOL MUNDIAL
1º Coletânea http://wp.clicrbs.com.br/almanaqueesportivo/2008/02/11/gols-bizarros-pelo-planeta/

2º Coletânea http://wp.clicrbs.com.br/almanaqueesportivo/2008/03/10/video-para-alegrar-a-semana-de-todos/

3º Coletânea http://wp.clicrbs.com.br/almanaqueesportivo/2008/02/27/lance-bizarro-do-ano-de-2008-real-x-getafe/