Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Seleção do Brasileirão 2009 do Almanaque Esportivo

26 de novembro de 2009 5

Abaixo minha seleção do Campeonato Brasileiro 2009, com algumas considerações extras.

Mandem a de vocês!!!!

Goleiro: Victor (Grêmio)
Lateral-direito: Léo Moura (Flamengo)
Zagueiro: Miranda (São Paulo)
Zagueiro: Réver (Grêmio)
Lateral-esquerdo: Júlio César (Goiás)

Volante pela direita: Pierre (Palmeiras)
Volante pela esquerda: Guiñazu (Internacional)

Meia-direita: Diego Souza (Palmeiras)
Meia-esquerda: Petkovic (Flamengo)

Primeiro atacante: Diego Tardelli (Atlético-MG)
Segundo atacante: Adriano (Flamengo)

Treinador: Silas (Avaí)
Revelação: Giuliano (Inter)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF)

Surpresa da competição (time): Avaí – de possível rebaixado a quase Libertadores
Decepção da competição (time): Sport – da Libertadores para a lanterna e rebaixamento

Surpresa da competição (jogador): Petkovic – contratado pelo jurídico para abater dívida, se tornou o pilar da recuperação do Flamengo aos 37 anos.
Decepção da competição (jogador): Vágner Love – Contratado por um valor expressivo, fez apenas 4 gols (2 de pênalti) em 10 jogos e teve rendimento ruim. Acusado de estar na ‘balada’.

Surpresa da competição (técnico): Andrade, de interino a possível campeão brasileiro, virtualmente na Libertadores 2010
Decepção da competição (técnico): Paulo Autuori no comando do Grêmio, com rendimento pior que Celso Roth no ano anterior com time inferior

Melhor jogo: Santos 3×4 São Paulo, 2º turno
Pior jogo: Fluminense 0×0 Botafogo, 2º turno
Jogo mais dramático: Corinthians 2×3 Náutico – Virada nos últimos cinco minutos, fora de casa e com um jogador a menos.

Melhor arbitragem: Sandro Meira Ricci em Botafogo 3×2 São Paulo
Pior arbitragem: Djalma Beltrami em Santos 2×3 Atlético-MG

Sarrafo da temporada: Fábio Costa sobre Gustavo Néry, Santo André 3×3 Santos, 1º turno
Golaço da competição: Nilmar em Corinthians 0×1 Internacional, 1º turno

Comentários (5)

  • Matias Schuler Guenter diz: 26 de novembro de 2009

    Só discordo que o Grêmio deste ano é melhor que o do ano passado, e do oportunismo de comparar a campanha do Roth com a do Autuori… se é assim, Roth teve campanha melhor que Felipão em 96…

    EDITADO: fórmulas diferentes não devem ser comparadas. Estou falando dos jogadores individualmetne falando: somente os volantes de 2008 são superiores aos de 2009

  • Matias Schuler Guenter diz: 27 de novembro de 2009

    off-topic: comparação 2008-2009:
    Goleiro: igual
    Zaga: igual
    Lateral direita: 2008 melhor (Paulo Sergio/Mattione X ninguem)
    Lateral esquerda: 2008 melhor (Pico/Helder X Fabio Santos/Lucio)
    Volantes: 2008 melhor
    Meias: igual
    ataque: 2009 melhor

    conclusão: 2008 o time era melhor, pois tínhamos laterais direitos. Pico jogou muito no primeiro turno, com Helder fazendo, no segundo turno, o mesmo “feijão-com-arroz” que Fabio Santos e Lucio fizeram esse ano. Rafael Carioca faz muita falta. Goleiros, zagueiros e meias são praticamente os mesmos. O ataque é o único setor que melhorou em relação a 2008, pois Maxi e Jonas são melhores que Marcel e Perea.

  • Matias Schuler Guenter diz: 27 de novembro de 2009

    O que quiz dizer com a comparação Roth x Felipão, é que a campanha do Roth foi de exceção, compará-la com outras campanhas em outros anos é injusto. A mesma campanha, no campeonato deste ano, por exemplo, seria campeã com, no mínimo, 4 pontos de vantagem!

    EDITADO: os times são totalmente diferentes, é impossível comparar…

  • Matias Schuler Guenter diz: 27 de novembro de 2009

    Concordamos que é impossivel comparar campanhas em edições diferentes, pois a fórmula, time e adversários são diferentes. Então, há de concordar, que alfinetar a campanha do Autuori, usando a do Roth como parâmetro, é injusto.

    ps.: Apesar de dificil (pois temos Parreira, Luxemburgo, Muricy…), concordo com a escolha de Autuori como decepção “Decepção da competição (técnico)”, mas isso nada tem a ver com o Roth…

  • Lucas diz: 7 de dezembro de 2009

    Tá perfeito, eu só trocaria o goleiro e um volante:

    Goleiro: Bruno (Flamengo)
    Volante: Willians (Flamengo)

    O Bruno é o melhor goleiro do Brasil, depois que o Vitor foi para a Seleção, deu uma “caidinha”, assim prefiro o Bruno, as atuações dele vem sendo as melhores do Brasil, defesas milagrosas, já foi o “Homem-do-Jogo” 2 vezes, coisa rara para um goleiro, notas excelentes, e muita raça em campo.
    O Willians é muito melhor do que o Pierre, ainda mais, depois que o Pierre se machucou, o Willians tomou a frente no número de “Bolas Roubadas”, e agora terminou como o campeão de “Bolas Roubadas” com 144 desarmes nesse Brasileirão. Além disso ele teve atuações e notas muito melhores do que as do Pierre e do Güiñazu. Isso faz dele o melhor volante do Brasileirão 2009. E também, eu já ia me esquecendo, o melhor treinador eu elegeria merecidamente o Andrade, onde iria acontecer isso, um time desacreditado do Título Brasileiro até mesmo da Libertadores, em +/- 11º colocado no campeonato. E um técnico interino assumir o cargo de técnico, ajeitar o time, deixar sem vaidades, e conseguir o tão sonhado “Título do Campeonato Brasileiro 2009″.

    Então ficaria tudo assim:

    Goleiro: Bruno (Flamengo)
    Lateral-direito: Léo Moura (Flamengo)
    Zagueiro: Miranda (São Paulo)
    Zagueiro: Réver (Grêmio)
    Lateral-esquerdo: Júlio César (Goiás)

    Volante pela direita: Willians (Flamengo)
    Volante pela esquerda: Guiñazu (Internacional)

    Meia-direita: Diego Souza (Palmeiras)
    Meia-esquerda: Petkovic (Flamengo)

    Primeiro atacante: Diego Tardelli (Atlético-MG)
    Segundo atacante: Adriano (Flamengo)

    Técnico: Andrade

Envie seu Comentário