Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 18 dezembro 2009

Chegadas sensacionais: GP da Áustria de 1982 na 'maiden victory' de Elio de Angelis

18 de dezembro de 2009 1

O GP da Áustria de 1982 ficou marcado pela primeira vitória do bom piloto italiano Elio de Angelis. No veloz circuito de Zeltweg, de Angelis travou um magnífico duelo com Keke Rosberg, futuro campeão daquela temporada, e venceu por meio segundo de vantagem. De Angelis estava bem à frente, mas o finlandês chegou rápido e mais 100m passaria o italiano. Vejam as últimas cinco voltas:

Filho de um bilionário italiano que passou anos sequestrado pela Máfia, o constante de Angelis venceria mais uma vez antes de perecer em um acidente no ano de 1985. Isto ocorreu em testes da Brabham no circuito francês de Le Castellet, em Paul Ricard na França.

VEJA TAMBÉM:

GP da Itália de 1971: a chegada mais apertada da F-1 em todos os tempos

Chegadas Sensacionais: GP da Espanha de 1986 e vitória de Senna por 93cm

Ex-piloto de F-1, Katayama quase morre em escalada no Monte Fuji

18 de dezembro de 2009 0

O ex-piloto de Fórmula-1 Ukyo Katayama, de 45 anos, foi resgatado nesta sexta-feira do Monte Fuji, o vulcão extinto e montanha mais alta do Japão. Montanhista profissional há alguns anos, Katayama subiu com mais dois colegas de alpinismo quando tiveram problemas na escalada.

Ele se preparava para uma expedição ao Pólo Sul, na Antártida e resolveu escalar a montanha no auge do inverno japonês. Porém a barraca se desmanchou e o frio polar de 25 graus abaixo de zero matou um dos companheiros e deixou em estado grave seu outro colega, o que gerou o pedido de resgate à polícia japonesa.

Reprodução: F1-Rejects: http://www.f1rejects.com/centrale/katayama/index.html

Ukyo Katayama no GP do Brasil de 1994

Katayama foi um piloto de certa maneira injustiçado na Fórmula-1. Correu quase 100 GP’s entre 1992 e 1997 e de fato não teve graaaandes resultados, mas fez uma temporada sensacional em 1994. Curiosamente neste ano teve azares que nunca teve na carreira, quebrando mais de uma vez quando chegaria ao pódium.

Se acham exagero, leiam este artigo do F-1 Rejects (em inglês), em especial a definição final:

“…In Formula One, the saying goes that you’re only as good as your last race, or, more to the point, you’re only as good as your last result. How sad, then, that most still remember Katayama as the guy who spun and crashed his way to six useless and undeserved seasons in F1, who was there by dint of cash rather than ability.

For one incredible and consistent season, though, Ukyo was one of the best drivers in the world, mixing with the cream of the crop, not only matching them but beating them on occasions…”

The Rising Son – Ukyo Katayama’s 1994 season

Mas também vale o susto histórico no GP de Portugal em 1995, na saudosa pista de Estoril: