Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

TJD-AL e TJD-MA acabam com a farra: time rebaixado tem que disputar segundona no ano seguinte

23 de dezembro de 2009 5

Parabéns aos Tribunais de Justiça Desportiva de Alagoas e do Maranhão! Respeitando uma das mais básicas normas da Legislação esportiva brasileira, contra uma imensa pressão política dos mais variados lados da sociedade alagoana e maranhense, estes dois órgãos da Justiça Desportiva mandaram que o artigo 10, parágrafo 4 do Estatuto do Torcedor, fosse cumprido.

O alagoano CSA e o maranhense Moto Clube, times de imensas torcidas em seus respectivos estados, não queriam ficar de fora da Primeira Divisão em 2010 mesmo depois de serem rebaixados em 2009. É claro que o ‘jeitinho brasileiro’ pode resolver, sobretudo em Alagoas que está bem forte a pressão, mas acho improvável.

Isto não é permitido pelo Estatuto do Torcedor, que exige que um clube rebaixado dispute na temporada seguinte a divisão inferior. Os dois tribunais ANULARAM as participações de Moto Clube e CSA, que irão disputar a Segunda Divisão no Maranhão e em Alagoas na próxima temporada.

No passado isto era uma prática bem comum, sem contar as confusões de dar vagas em fases decisivas para times de divisões inferiores (exemplo é o São Paulo no Paulista de 1991, o Vitória e o Guarani nos grupos C e D do Brasileirão 1993 e ainda o caos chamado Copa João Havelange em 2000). Mas hoje não pode.

ALAGOAS:

O CSA, 33 vezes campeão estadual e detentor de mais títulos e torcida em Alagoas, foi rebaixado para a Segunda Divisão em 2003. Em uma profunda crise institucional, só voltou em 2006. Foi campeão em 2008 depois de nove anos de jejum, mas ridiculamente caiu de novo para a segundona na atual temporada ao ficar em 9º lugar de 10 times, à frente apenas do Capelense.

Aí o Igaci, oitavo colocado, resolveu desistir do Alagoano 2010 e o CSA queria a vaga. Para variar, a bagunça da Assembléia de Clubes alagoana aceitou o pedido, ao invés de subir o 3º colocado da Segundona Alagoana (o Sport Atalaia), ou simplesmente jogar com um time a menos. Mas o TJD-AL rechaçou a idéia, e o CSA desistiu de apelar para o STJD, pois ia perder igual. Já começou o planejamento para 2010. Na Segundona.

MARANHÃO:

O caso do Maranhão foi mais famoso. Na última rodada da segundona 2009, o Moto Clube ficou sem chances pois o Viana enfiou 11×0 no Chapadinha, com NOVE GOLS EM NOVE MINUTOS. Claramente os jogadores do Chapadinha entregaram o jogo, pois o saldo de gols faria diferença.

Com o resultado, o Moto Clube perdeu a chance de subir para a primeira divisão maranhense em 2010. Ele tinha vencido o Santa Quitéria por 5×1, com quatro gols de pênaltis (outro joguinho bem estranho). Vejam os lances dos dois jogos que correram o mundo:

MOTO CLUBE 5X1 SANTA QUITÉRIA:

VIANA 11X0 CHAPADINHA:

SÓ TEM UM GRANDE DETALHE: O Moto Clube SEQUER deveria estar disputando a segundona!

Ele foi rebaixado na Série A 2009 do Maranhense e fizeram uma maracutaia para que ele pudesse disputar a Série B no mesmo ano, o que contraria o artigo 10 do estatuto do torcedor. O TJD-MA já anulou a participação do Moto Clube na Segundona, baniu o Chapadinha pela entregada de jogo e os que estavam em campo no segundo tempo foram suspensos por 180 dias.

O Viana, que nada tinha a ver com isto, para disputar contra o Santa Quitéria o título da Série B Maranhense em 2009, jogo que deve ocorrer apenas em 2010. Por causa desta confusão danada, o Estadual de lá foi para o segundo semestre.

Comentários (5)

  • rafael diz: 23 de dezembro de 2009

    e o sub 20 não tem mais comentarios ? pode chorar a vontade a torcida do gremio agradeçe

    EDITADO: não sei porque tu insiste em ler meu blog, só critica. Finalizando, já escrevi o suficiente pro Sub-20, se tu continua achando que o time do Grêmio é bom, azar é teu.

  • Diego Colorado diz: 23 de dezembro de 2009

    Ai rafael, comemore muito esse titulozinho, afinal tem que ter algum motivo para entrar na sala se troféus da azenha cheia de pó e teia de aranha e se os profissionais não ganham nada… paciência

  • Antonio Paulo diz: 23 de dezembro de 2009

    Poderia mandar esta matéria para o presidente da Federação Catarinense de Futebol, pois o tirano queria colocar o time dele (Marcilio Dias de Itajai) que foi rebaixado este ano, de volta a primeira divisão do catarinense, caso o Imbituba (campeão da segunda divisão) abrisse mão da vaga para disputar a primeirona. Os caras de um cargo de presidência, e não são capazes, antes de falar as besteiras, de pelo menos buscar alguma orienteção do que pode e do que não pode, é uma falta de profissionalismo e sobra de incompetência!

    EDITADO: isto é uma vergonha, mas se deu mal.

  • Emerson diz: 23 de dezembro de 2009

    Sobre esses times que queriam espertamente subir de divisão na mesma temporada, com o auxílio de suas respectivas federações, só dá para dizer uma única frase: PERDEU, PRAYBOY!!!!

  • Tapetão coloca Chapecoense na Divisão Principal « Blog Arquibancada « O Correio do Povo diz: 20 de maio de 2010

    [...] prevê que se cumpra o regulamento, ou seja, a Chapecoense só recuperaria a vaga dentro do campo. Em Alagoas aconteceu algo parecido e o time que estava na mesma situação do Verdão perdeu a [...]

Envie seu Comentário