Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Dívidas dos grandes clubes brasileiros: Tamanho vs. Perfil

09 de fevereiro de 2010 10

O sempre ótimo blog Olhar Crônico Esportivo fez uma bela análise sobre as dívidas dos principais clubes brasileiros. O blogueiro Émerson Gonçalves, que assim como eu sofre para ler alguns balanços fiscais de times da Série A, deixa bem claro como o TAMANHO da dívida importa, mas não é fundamental. O PERFIL da mesma é que muda tudo.

Isto fica exemplificado no caso do Internacional em comparação com o Palmeiras. A dívida do time paulista é menos da metade da dívida colorada (a Parmalat zerou as dívidas nos anos 90), porém quase 30% da dívida é de antecipações fiscais e empréstimos, de curto e médio prazo. É interessante ainda o fato do Palmeiras não ter nenhuma dívida trabalhista. Já no caso do time gaúcho, quase 95% da dívida está equacionada via Timemania, sendo paga em suaves prestações. 

Também fica claro o problema do Grêmio com as dívidas trabalhistas, que assola ainda Vasco da Gama, Botafogo, Fluminense, Náutico e Paraná. No Atlético-MG, Atlético-PR, Vasco da Gama, Corinthians, Santos, São Paulo e Coritiba são os adiantamentos de receitas e empréstimos particulares que pesam no conjunto deficitário.

Curiosidade: no Galo o empréstimo é do ex-presidente Ricardo Guimarães, em dívida já equacionada, e no Santos também do ex-presidente Marcelo Teixeira.

As dívidas fiscais de quase todos os times com a União estão equacionadas ou regularizadas via Timemania ou acertos individuais com o Governo. Então uma análise mostra que todos os times do Rio, o Santos, o Corinthians, o Atlético-MG e os dois paranaenses estão em uma situação financeira delicada.

Vale também destacar que alguns times, como o Grêmio e o Botafogo, conseguiram reduzir significativamente suas dívidas nos últimos anos. Ou seja, esta mesma análise ano que vem pode mostrar valores bem mais favoráveis a alguns clubes, complicando outros como o Corinthians que encerrou 2009 com um enorme déficit.

DEFINIÇÕES:

- Fiscais: as dívidas com o governo federal (quase que exclusivamente), referentes ao não pagamento de tributos diversos, inclusive INSS e IR; a  maior parte desses débitos está com seus pagamentos negociados no acordo da Timemania.

- Contingências: compreende as dívidas trabalhistas – a grande maioria nesse item – e dívidas cíveis.

- Empréstimos: dinheiro tomado nos bancos ou adiantado via Clube dos 13 e federações; no caso, como já explicado neste e no velho OCE, a parcela a receber futuramente sai via empréstimo bancário, devidamente aprovada pelo Clube dos 13 e Rede Globo e GLOBOSAT; grande parte da dívida do Clube Atlético Mineiro com seu ex-presidente, Ricardo Guimarães, está nesse item.

A próxima tabela é a mais interessante e que merece um olhar mais atento de cada torcedor. Ela mostra como é a composição dessas dívidas em cada clube:

Legenda: Passivo Total, Dívidas Fiscais, Dívidas Contingenciais e Dívidas em Empréstimos estão com valores em reais. Os percentuais são as relações entre a dívida total (Passivo) e o ítem analisado.

Clube

Passivo Total

(em reais)*

Dívidas Fiscais

(em reais)*

%

Dívidas Contingenciais/ Trabalhistas

(em reais)*

%

Dívidas em Empréstimos

(em reais)*

%

Vasco

308,1

99,2

32,2

111,1

36,1

97,8

31.7

Flamengo

278,3

201,5

72,4

36,5

13,1

40,3

14,5

Fluminense

272,9

140,3

51,4

132,6

48,6

0,02

0

Atlético MG

267,8

138,3

51,6

23,5

8,8

106,0

39,6

Botafogo

219,0

132,8

60,6

71,8

32,8

14,4

6,6

Corinthians

118,3

48,6

41,1

17,2

14,5

52,5

44,4

Palmeiras

55,1

39,5

71,7

0

0

15,6

28,3

Internacional

126,7

120,1

94,8

2,4

1,9

4,2

3,3

Santos

134,3

90,8

67,6

2,2

1,6

41,3

30,8

Grêmio

108,5

76,7

70,7

17,9

16,5

13,9

12,8

São Paulo

143,3

95,9

66,9

2,5

1,8

44,9

31,3

Cruzeiro

84,7

65,7

77,5

1,4

1,7

17,6

20,8

Coritiba

54,6

35,6

65,2

5,0

9,2

14,0

25,6

Náutico

44,9

28,9

64,4

14,1

31,4

1,9

4,2

Atlético PR

23,1

7,8

33,7

4,5

19,5

10,8

46,8

Paraná

26,2

16,6

63,4

9,3

35,5

0,3

1,1

Figueirense

9,3

8,4

90,3

0,9

9,7

0

0

São Caetano

2,1

0,3

14,2

0,1

4,8

1,7

81,0

Barueri

0,5

0,001

0

0,5

100,0

0

0

Totais

2.277,7

1.347,0

59,1

453,5

19,9

477,2

21,0

OBS: obrigado a todos que me mostraram que não tinha revisado o texto. Fiz correndo ontem à noite e ficou ruim. Agora tá bem melhor.

Comentários (10)

  • Lelio diz: 10 de fevereiro de 2010

    Num intindí nequinhas . Afinal, os numeros referem-se a milhões ? em Reais? Quem deve o quê ? Que totais ? (Escreveu…escreveu…e não deu pra esclarecer NADA ! Eitaaa !

    EDITADO: aprovei o comentário como “mea culpa”. O “testo” (com “S” mesmo, para mostrar quão ruim estava), agora virou um “teXto”

  • Paulo Bourscheidt diz: 10 de fevereiro de 2010

    e tem torcedor do EC2006 comendo bisouro e arrotando caviar. …seus quebrado… kkkkkkkkkkkkkk

  • marcelo diz: 10 de fevereiro de 2010

    uma coisa é certa, qm nao pagou dividas fiscais anos atras, se deu bem, agora qm pagou e deixou as outras dividas de lado, “pagou o pato” definitivamente.

  • Arthur Vanderlei diz: 10 de fevereiro de 2010

    Com todo o respeito, mas que texto horrível, Perin!
    O assunto é pra lá de interessante, e os dados, mais ainda, mas tu conseguisse deixar a gente sem entender nada, por falta de qualidade do texto.
    Exemplos:

    “porém quase 30% da dívida é de antecipações fiscais e empréstimos.”
    Logo adiante tu dizes que dívidas fiscais é uma coisa e empréstimos são outra, sendo classificados separadamente na tua própria tabela.

    O pior de todos:
    “Considerando que as dívidas fiscais de quase todos os times com a União estão equacionadas/regularizadas via Timemania ou acertos individuais, uma análise mostra que todos os times do Rio, o Santos, o Corinthians, o Atlético-MG, os dois paranaenses”
    Simplesmente, não tem cabimento deixar uma frase dessas, essencial ao entendimento do texto, pela metade.

    No mínimo uma revisão deveria ter sido feita.

    EDITADO: tava um lixo. Fiz correndo e ao aprovar este comentário, assumo o ‘mea-culpa’. Agora tá melhor, pode conferir.

  • Carlos A C (100% 1ª) diz: 10 de fevereiro de 2010

    Para o Paulo Bourcheidt, aprenda a ler ou um pouquinho de contabilidade antes de falar besteira, a dívida do INTER é quase que exclusivamente fiscal, equacionada e negociada através da timemania. restando 6,6 milhões, de passivos trabalhistas e adiantamentos, compare com o coirmão, o qual deve 31,8 milhões de passivo trabalhista e adiantamentos, e veja a diferença!!!!! Depois faça um exercício simples, verifica o patrimônio dos dois clubes e veja quanto está comprometido de cada um. E daí CHORE AMIGO!!! kkkkkkkkk

  • andre diz: 11 de fevereiro de 2010

    O que que o barueri ta fazendo nessa lista??? como pode um time com meio ano de vida ja acumula dividas….. eu acho um absurdo….pode fica mudando de cidade de ano em ano …

  • Alex diz: 11 de fevereiro de 2010

    VAMOS DEIXAR CLARO…O PRESIDENTE DO PALMEIRAS É ECONOMISTA RENOMADO. aGORA ACHO QUE VAI MELHORAR…CASO NÃO ACONTEÇA ALGUMA SABOTAGEM DA OPOSIÇÃO (FORMADO POR ANTI-PALMEIRENSES E SÃO O GRANDE PROBLEMA DO CLUBE DESDE OS ANOS 80).

  • Leonardo Pohlmann diz: 19 de fevereiro de 2010

    Quem nestes comentários dizer que Inter e/ou Grêmio está quebrado, parou de ver futebol algumas decadas atrás…

  • Lucas diz: 17 de março de 2010

    O Perin, de onde vem essas informações.
    Ano passado, em outubro o Irany Santanna deu uma entrevista dizendo que a dívida do tricolor era de 150milhoões, metade dela sendo da Timemania…

    Não acredito que o Grêmio tenha conseguido pagar 40 milhões em seis meses, vendendo só o Rever e o Douglas Costa, e aumentando a folha salarial como aumentou…

    De onde vem essa diferença toda???

    EDITADO: não pagou… mesmo com algumas renegociações, isto é impossível. Vamos ver no balanço que deve sair em abril

  • Lucas diz: 17 de março de 2010

    Tive uma idéia agora Perin. Tu poderia entrevistar o vice de finanças e tirar a limpo com ele isso. É o futuro do tricolor aqui.

    Quanto ao post acima, já me respondi hehe. O cara do blog criou uma análise em que tira(depura) as dívidas que os times tem no dia-a-dia nos próximos 360 dias… Isso significa que não coloca o que o clube deve pra jogadores como direito de imagem, etc. E deixou somente os grandes números para calcular…

    Mas é óbvio que o tal passivo depurado também é dívida até que se prove o contrário, porque se não for pago entra no outro bolo…

    Por exemplo, o Coritiba chega a ter mais passivo depurado que passivo total… Acho que é impossível, apesar de ter pouca experiência contábil… Diz que tem 53 milhoes de total e 54 de depurado…. O que quer dizer que não deve absolutamente nada segundo o colunista….
    O São Paulo, dessa forma passou de uma dívida de 148 milhoes para 5 milhoes… Alguma coisa tá errada aí…

Envie seu Comentário