Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 23 abril 2010

Tabu do clássico: Grêmio não vence pelo Gauchão há 12 jogos, desde 2001

23 de abril de 2010 12

1º de abril de 2001. Não é mentira, mas desde esta data o Grêmio não derrota o Internacional pelo Gauchão. Desde então foram quatro empates e oito vitórias coloradas pelo Estadual.

Foi neste dia, quando também foi disputado o GP do Brasil de Fórmula-1 daquele ano, que ocorreu a última vitória gremista em um clássico Gre-Nal pelo Campeonato Gaúcho, um humilhante 4×2 no estádio Olímpico. O resultado deu o título do primeiro turno do octogonal do Gauchão para o Tricolor, enquanto o Internacional se afundava na crise. Quatro dias depois, no dia do seu aniversário de 92 anos, o Colorado empatava em 0×0 com o São José, resultado que causou a demissão do técnico Zé Mário.

O jogo foi ainda o primeiro clássico Gre-Nal do então novato treinador Tite. Com a base do time que seria campeão da Copa do Brasil alguns meses depois, contra um dos piores times da história do Inter (vejam a escalação e entenderão), o placar foi obtido de forma fácil, com apenas um susto no segundo tempo.

Logo no primeiro tempo, o meia Tinga fez dois gols e deixou o Grêmio em larga vantagem. Aos 23, em rebote de escanteio, Tinga fez 1×0 para o Grêmio. Atordoado, o time Colorado não sabia o que fazer e antes do término do primeiro tempo, o mesmo Tinga recebeu de Rodrigo Mendes e ampliou, 2×0.

A goleada parecia iminente e se concretizou aos 16 do 2º tempo, quando Rodrigo Mendes recebeu na área e chutou forte. O Inter conseguiu uma reação do nada quando Luís Cláudio, de bicicleta, marcou um golaço e fez 3×1. Um minuto depois, em jogada do mesmo Luís Cláudio, Fábio Pinto descontou de novo, 3×2.

Marcelo Rosa (hoje no Ypiranga) e Luís Cláudio quase empataram, mas no finalzinho Eduardo Costa ganhou dividida com Fábio Rochemback (na época no Inter) e Zinho sofreu pênalti mandrake. Gol do Grêmio e 4×2. Um minuto depois, outro pênalti (desta vez bem claro) que o juiz Fabiano Gonçalves não marcou a favor do Grêmio. Foi a chance perdida de devolver o 5×2 de 1997.

Vejam os melhores momentos:

GRÊMIO (4) - Danrlei; Ânderson, Marinho, Mauro Galvão e Rubens Cardoso; Anderson Polga, Eduardo Costa, Tinga e Zinho; Rodrigo Mendes (Warley) e Renato Martins (Itaqui). Técnico: Tite.

INTERNACIONAL (2) - João Gabriel; Denílson, Fernando Cardozo, Espínola e Marcelo Santos (Marco Aurélio); Leandro Guerreiro (Gil Baiano), Carlinhos, Fábio Rochemback e Lê (Marcelo); Fábio Pinto e Luiz Cláudio. Técnico: Zé Mário.

CONFIRA A SEQUÊNCIA INVICTA DO INTERNACIONAL DESDE 2001 EM CAMPEONATOS GAÚCHOS:

  1. 2001 – Internacional 0×0 Grêmio
  2. 2003 – Grêmio 1×2 Internacional – Luís Mário (G), Vinícius e Daniel Carvalho (I)
  3. 2003 – Internacional 1×0 Grêmio – André Neles (I)
  4. 2004 – Internacional 1×1 Grêmio – Christian (G), Élder Granja (I)
  5. 2004 – Grêmio 1×2 Internacional – Élder Granja e Nilmar (I), Christian (G)
  6. 2004 – Internacional 2×1 Grêmio – Luciano Ratinho (G), Edinho e Nilmar (I)
  7. 2006 – Grêmio 0×0 Internacional
  8. 2006 – Internacional 1×1 Grêmio – Fernandão (I), Pedro Júnior (G)
  9. 2009 – Grêmio 1×2 Internacional – D’Alessandro e Nilmar (I), Jonas (G)
  10. 2009 – Internacional 2×1 Grêmio – Índio e Magrão (I), Alex Mineiro (G)
  11. 2009 – Internacional 2×1 Grêmio – Tcheco (G), Andrezinho e Índio (I)
  12. 2010 – Internacional 1×0 Grêmio – Alecsandro (I)

TOTAL: 12 JOGOS, COM 8 VITÓRIAS DO INTERNACIONAL E 4 EMPATES

2007:

2008:

2009:


2010: