Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts do dia 22 maio 2010

O jogo mais valioso do planeta! Time de Sir Stanley Matthews volta após 39 anos

22 de maio de 2010 3

Hoje, Internazional e Bayern de Munique decidem o título da Liga dos Campeões da Europa, o torneio mais luxuoso, valorizado e glamouroso de clubes do planeta. Seria este o jogo mais valioso do futebol mundial?

A resposta é: NÃO! Já falei sobre ele ano passado mas vale a pena repetir, pois esta partida também ocorreu hoje. O Cardiff City pegou o Blackpool em Wembley, pela decisão do play-off da Segunda Divisão Inglesa. O time galês saiu na frente por 2×0, e levou a virada ainda no primeiro tempo para 3×2, placar final e Blackpool promovido!

O Blackpool subiu para a primeira Divisão depois de 30 anos! É o retorno da equipe do lendário atacante inglês Stanley Matthews (detalhes abaixo), o maior jogador britânico de todos os tempos e que brilhou nos anos 30 a 60.

Estudos econômicos indicam que o vencedor desta partida recebe entre 180 e 240 milhões de reais, dependendo muito do tamanho do estádio do time promovido. Este seria o abismo financeiro em comparação com a equipe derrotada.

O Blackpool tem um estádio diminuto, de apenas 9 mil lugares e terá que jogar em outro se for promovido. Já o Cardiff City tem um novinho em folha, com 26 mil lugares. Este valor é avaliado ao se contabilizar recursos diretos e indiretos por garantir vaga na bilionária primeira divisão inglesa, sem contar a bilheteria do próprio jogo final de play-off em si, que supera os 5 milhões de reais.

Um campeão da Liga dos Campeões recebe no total, contando bilheterias, premiações, direitos de TV, retorno de marketing, etc, em torno de 125 milhões de reais a mais do que uma equipe que não disputou a Liga dos Campeões.

SOBRE O VENCEDOR:

Sem dúvidas foi uma surpresa a vitória do Blackpool, e o clube terá dificuldades no seu retorno à elite depois de 30 anos. Sua melhor posição foi na década de 50, quando chegou em segundo lugar na temporada de 1956. Ganhou ainda a Copa da Inglaterra de 1953 com uma atuação magistral de Stanley Matthews, que antes havia marcado época no Stoke City.

Vejam matéria de época:

SIR STANLEY MATTHEWS

Fecho o post com a memória de Sir Stanley Matthews, o maior jogador inglês da história. O “Mago do Drible”, primeiro jogador de futebol a ser nomeado Cavaleiro do Império Britânico, ele defendeu a Inglaterra por absurdos 23 anos, entre 1934 e 1957. Em 1956, já veterano, enfrentava a Seleção Brasileira em Wembley. Ao ver aquele ponteiro veterano de 41 anos, a lenda brasileira Nílton Santos não conteve o riso.

Resultado? 4×2 para os ingleses com uma atuação histórica de Matthews e o reconhecimento eterno do maior lateral-esquerdo da história do futebol brasileiro. Matthews era diferenciado, criou sua fama no Stoke City mas se tornou ídolo também no Blackpool, promovido hoje em Wembley.

Aqui um tributo ao genial inglês: