Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Equipe de resgate protagoniza incidente patético e perigoso em acidente na Fórmula-Indy

07 de junho de 2010 0

Por muito pouco não tivemos uma tragédia na noite de sábado no Texas Motor Speedway, prova disputada pela Fórmula-Indy 2010. A pilota suíça Simona de Silvestro sofreu um acidente na volta 97, batendo no muro de lado, sem maiores danos físicos. Porém o seu carro pegou fogo imediatamente, e ela teve dificuldades para sair do carro.

O mais inaceitável é que a equipe de resgate que chegou imediatamente ao local do acidente se atrapalhou toda. Primeiro não usaram extintores de incêndio manuais, depois não conseguiam desenrolar a mangueira de água e tampouco tirar a pilota do cockpit.

Os quatro atrapalhados da equipe de resgate demoraram mais de meio minuto com Simona dentro do carro em chamas até tirarem a mesma à força (podendo possivelmente sofrer uma lesão na coluna). Reparem que outra equipe de resgate chega e em menos de 10 segundos já está ativando os extintores:

Depois da corrida, a IndyCar declarou que a mangueira de resgate apresentou problemas e está investigando as causas para evitar repetição, e salientou que a equipe é altamente treinada. Para mim, desculpa furada porque pior que a mangueira não funcionar é não utilizar o extintor manual e a abordagem equivocada, priorizando a mangueira ao invés da remoção da acidentada.

Simona queimou a mão direita e sente dores no lado direito do corpo.

Muito tosco e quase trágico.

Por erros grosseiros de avaliação e ação como estes, perdemos Roger Williamson no GP da Holanda em Zandvoort, 1973…

Envie seu Comentário