Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 13 agosto 2010

CBF precisa arrumar a bagunça das vagas na Libertadores

13 de agosto de 2010 25

É impressionante a (in)capacidade da CBF em organizar o Futebol Brasileiro. Ela não consegue dar um equilíbrio técnico a nada e normalmente suas decisões prejudicam times de grande rendimento em uma temporada.

A última confusão é causada pela decisão da CONMEBOL de colocar o campeão da Copa Sul-Americana de um ano, na Libertadores do ano seguinte. Isto causa uma séria distorção envolvendo os times que vão bem, que teoricamente deveriam ser beneficiados mas na prática não o são.

Um exemplo claro é de um time campeão da Libertadores e do Campeonato Brasileiro em 2009. No ano seguinte, ele só terá duas oportunidades de garantir vaga para a Libertadores da temporada 2011: sendo campeão da Copa do Brasil Libertadores ou sendo um dos quatro primeiros do Brasileirão.

Já um time com desempenho muito mais medíocre e que esteja entre os primeiros do ranking da CBF terá vantagens. Se em um ano ele for eliminado na primeira fase da Copa do Brasil, do Estadual e ser apenas o 12º do Campeonato Brasileiro, terá três chances de garantir vaga na Libertadores. Primeiro na Copa do Brasil, depois na Copa Sul-Americana e finalmente no próprio Brasileirão. Estranho, né?

A grande idéia esdrúxula foi tirar da Copa do Brasil os times que estão na Libertadores por simplesmente ser incompetente em organizar datas para isto. Isto acabou com a legitimidade do ranking da CBF, aquele que premia vice-campeões da Copa do Brasil e 5º no Brasileiro com relação aos 4 melhores do Brasileirão. Isto já foi discutido no Almanaque Esportivo algumas vezes.

Outro erro grosseiro foi de não deixar o campeão brasileiro disputar a Copa Sul-Americana. Uma retomada nesta possibilidade poderia resolver o problema citado no início deste artigo.

Uma distorção antiga é a Copa do Brasil ser disputada no primeiro semestre, o que poderia ser perfeitamente evitada deixando a competição a ser disputada ao longo de todo o ano.

Um dos erros mais evitáveis é não convocar jogadores em decisões continentais e nacionais para disputar torneios como Copa das Confederações ou Copa América. Sem contar Mundiais Sub-alguma coisa. Isto já prejudicou a dupla Gre-Nal mais de uma vez.