Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Quatro times brasileiros já disputaram a Libertadores estando na Série B

25 de novembro de 2010 22

Tenho visto um repertório de informações desencontradas sobre o fato de um “time rebaixado” não pode disputar a Libertadores já que o Goiás está na final da Copa Sul-Americana (cujo campeão vai para a Libertadores) e também já está matematicamente rebaixado à Série B 2011.

Isto não faz muito sentido, pois senão nenhum time poderia almejar o título da Copa do Brasil estando na Série B, Série C, Série D ou mesmo sem divisão alguma (15 de Novembro-RS em 2004, semifinalista da Copa do Brasil). Ninguém nunca comentou isto e duvido que seja verdade.

A prova são os exemplos pretéritos. Quatro times brazucas já disputaram a Libertadores e não estavam classificados para a Série A daquela temporada. Criciúma (1992), Juventude (2000), Santo André (2005) e Paulista (2006) participaram da Libertadores, e todos estavam na Série B. Fora o time catarinense, todos os demais foram eliminados na primeira fase.

Criciúma 1992:

Campeão da Copa do Brasil em 1991, o Tigre estava na Série B nacional. Fez ótima campanha na primeira fase contra São Paulo, e os bolivianos Bolívar e San José. Ficou em primeiro lugar com nove pontos (a vitória valia 2 pontos), com direito a um 3×0 histórico sobre o Tricolor Paulista na estréia:

Nas oitavas-de-final, bateu o Sporting Cristal (Peru) por 2×1 e 3×2) e, como o regulamento exigia, reencontrou o São Paulo.

No primeiro jogo, o poderoso time de Telê Santana só venceu por 1×0 no Morumbi, gol de Macedo, apesar de ter sido muito superior ao time catarinense. Veja o compacto: .

Na partida de volta, um duelo épico no Heriberto Hulse que resultou em um empate em 1×1. O Tigre estava vencendo por 1×0, gol de Soares, e Roberto Cavalo ainda acertou o travessão no primeiro tempo. No segundo tempo, Catê empatou para o São Paulo. Buscando o gol da classificação, o Criciúma fez um bombardeio no gol de Zetti que, mesmo errando em muitos lances, conseguiu segurar o empate.

Em sua primeira, e até hoje única, participação na Libertadores, o Tigre terminou em uma belíssima 5º colocação. A torcida, emocionada, aplaudiu o time do então novato técnico Levir Culpi pela grande campanha e esforço:

Já o São Paulo conquistaria a Libertadores duas vezes seguidas e se tornaria o time da década de 90, seguido de Palmeiras e Grêmio (como reclamaram por causa desta frase, pelamordedeus).

Juventude 2000:

Campeão da Copa do Brasil de 1999, o time de Caxias do Sul foi para a Libertadores 2000 depois de amargar o rebaixamento no Brasileirão do ano anterior. Sem dinheiro, o time fez uma equipe pobre e com dificuldades técnicas. Repleto de veteranos e figurinhas carimbadas, o time do treinador Flávio Campos foi eliminado ainda na primeira fase contra Palmeiras, The Strongest (Bolívia) e El Nacional (Equador), ficando em 3º lugar no grupo.

OBSERVAÇÃO: o Juventude estava rebaixado no 1º semestre de 2000, quando ocorreu a Libertadores. A virada de mesa que gerou a Copa João Havelange só ocorreu no 2º semestre, em agosto/setembro.

Santo André 2005:

Surpreendente campeão da Copa do Brasil de 2004, o Azulão foi para a Libertadores disputando a Série B do Campeonato Nacional. Fez uma campanha irregular e a derrota de 1×0 para o Táchira (Venezuela) na 1º rodada pesou para a eliminação em um grupo que tinha ainda Palmeiras e Cerro Porteño (Paraguai).

Paulista 2006:

Também do interior paulista (Jundiaí), o Paulista chegou credenciado como time campeão da Copa do Brasil de 2005 e disputando a Série B. O time do técnico Vágner Mancini fez uma campanha irregular. Com três empates e 2 derrotas, o Paulista só venceu um jogo, justamente contra o adversário mais imponente: o Ríver Plate argentino. El Nacional (Equador) e Libertad (Paraguai) foram os outros adversários, classificando-se a equipe argentina e paraguaia. Curiosamente, o River Plate eliminou outro brasileiro, o Corinthians, enquanto o Libertad foi eliminado pelo Internacional nas semifinais.

Comentários (22)

  • Otavio Niewinski diz: 25 de novembro de 2010

    Essa dúvida ocorre porque a Conmebol realmente não permite que clubes da 2a divisão participem da Libertadores. Nunca vi isso por escrito em regulamento algum (bem como 90% das coisas que a Conmebol “apronta”), mas lembro que foi falado na época em que o Paulista iria disputar a competição.

    Mas então como Criciúma, Paulista, etc. conseguiram? A explicação dada na época é a seguinte:

    No caso dos países que não o Brasil, a classificação se dá somente pelo campeonato nacional de “série A”, portanto na prática nunca vai acontecer de um time de 2a divisão ser classificado.

    No Brasil, como temos um campeonato que mistura divisões e dá uma vaga para a Libertadores (Copa do Brasil), a regra da Conmebol é que times da 2a divisão DO SEU RESPECTIVO ESTADUAL não podem disputar a competição.

    Repito: nunca vi isso por escrito, mas ouvi em várias rádios, inclusive a Gaúcha, na época.

  • Gibran diz: 25 de novembro de 2010

    Como assim o São Paulo time da decada de 90 junto com o Gremio?

    SPFC foi bi da america, bi da Toyota e campeão brasileiro 1991.

    O PROPRIO Palmeiras ganhou mais que o Gremio. Foi bi brasileiro( 93-94), campeão da LA 1999 e da Copa do Brasil 1998.

    O Gremio foi o TERCEIRO da decada de 1990.

  • Odirlei Becker diz: 25 de novembro de 2010

    Olá meu caro amigo só gostaria de lhe lembrar que você se esqueseu do São Caetano acho que foi em 2001 que éra da Terzeira divisão na época. Mas foi vice campeão da Copa João Avelange.
    Um abraço!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Mauro Gaúcho diz: 25 de novembro de 2010

    Show de informações! Valeu, Perin!

  • Paulo Longaray diz: 25 de novembro de 2010

    “Já o São Paulo conquistaria a Libertadores duas vezes seguidas e se tornaria o time da década de 90 ao lado do Grêmio.”
    tu tá louco gremista???

    São Paulo ganhou 2 libertadores e 2 copas intercontinentais, Palmeiras libertadores e brasileiros…de onde que o gremio é time da década de 90 do futebol brasileiro??????

  • Soturno diz: 25 de novembro de 2010

    o Juventude havia sido rebaixado pela média dos 2 últimos anos, mas não disputou a série b no ano seguinte, pois fizeram a copa João Havelange, em que o correspondente a série A, o módulo azul, foi inchado, tento a participação de 25 times, entre eles o Juventude.

    EDITADO: sei disto, mas a participação da Libertadores ocorreu quando o Juventude estava na Série B. A virada de mesa da Copa JH ocorreu em agosto, quando a Libertadores já havia se encerrado há muito tempo.

  • Gibran diz: 25 de novembro de 2010

    Grande Perin, parabens por reescrever sobre o time da decada de 90:

    1) São Paulo

    2) Palmeiras

    3) Grêmio.

  • Daniel diz: 25 de novembro de 2010

    O Juventude foi rebaixado em 1999, mas jogou a primeira divisão em 2000 por causa do formato da copa João Havelange.

  • Matias Schuler Guenter diz: 25 de novembro de 2010

    Mas são umas malas esses teus leitores heinhô Perin!!!
    hahaha

  • neegaotricolor diz: 25 de novembro de 2010

    ah..e que lugar estava o Interzinho na década de 90??? quem era este timinho???

  • Fabio diz: 25 de novembro de 2010

    Com relação ao assunto de time da 2ª divisão, a restrição nesta situação é que o time esteja na 2ª divisão da sua Federação.
    Como, exceto pela CBF, todas as demais são Federações Nacionais, times daqui só não poderão jogar se estiverem na 2ª divisão estadual. Não tá escrito, mas foi o entendimento adota nas ocasiões citadas.

  • Bruno diz: 25 de novembro de 2010

    Caros Amigos!

    O comentário do SR Gibran demonstra a falta de conhecimentos que ele tem sobre titulos na década de 90.

    “”Palmeiras ganhou mais que o Gremio. Foi bi brasileiro( 93-94), campeão da LA 1999 e da Copa do Brasil 1998.””

    Meu amigo o Grêmio foi Campeão Brasileiro 96, bi campeão da copa do Brasil 94/97, Campeão da Libertadores 96, Recopa sul americana 96, Copa sul 1999.

    Fora os estaduais.

    Ranking da década de 90

    São Paulo
    Grêmio
    Palmeiras

  • Ricardo diz: 25 de novembro de 2010

    Na década de 90, o Grêmio tava bem e o Inter mal, ao contrário do que acontece no Século XXI, mas com algumas diferenças: o Inter foi Campeão Mundial FIFA e o Grêmio foi vice da Toyota; o Inter ganhou duas Libertadores e o Grêmio só uma; o Inter não foi rebaixado, o Grêmio foi; no Inter não teve poltrona 36, no Grêmio teve, etc, etc.

  • Robbie Fowler diz: 25 de novembro de 2010

    Ao postador ali em cima que pergunta; e o que importa o Inter na década de 90? O artigo é sobre o Inter? O artigo SEQUER fala do Inter? Tu tem algum problema mental, só pode. A propósito, prá te refrescar a memória, o Inter na década de 90 estava na PRIMEIRA divisão, ao contrário do teu timeco que foi rebaixado logo no início dela….

  • Robbie Fowler diz: 25 de novembro de 2010

    Misturaste os azuis. O AZULÃO é o São Cateano; o Santo André é o RAMALHÃO (afffffff!!!!)

  • Laerte diz: 25 de novembro de 2010

    Não dá para entender. Por mais que um time ganhe durante uma década, só pelo fato de ter transitado pela segundona ( Grêmio, neste caso) não pode sequer ser cogitado como em dos melhores da década. Segundona é o fim da picada é o suprassumo da humilhação, e só um imbecil pode falar de uma década na qual seu time caiu.

  • Candinha diz: 25 de novembro de 2010

    NEGÃO TRICOLOR (que estranho…)
    Na década de noventa, o Inter estava no lugar onde sempre esteve: NA PRIMEIRA DIVISÃO!!! Pediu, levou…

  • MACACOFIFA diz: 26 de novembro de 2010

    O INTER, na década de 90, apenas para informar aos desavisados estava ‘quase’ no mesmo lugar que o greminho na atual década… só não estava na ‘mesma’ porque naquele período o INTER foi Campeão da Copa do Brasil e NÃO FOI REBAIXADO nenhuma vez… inversamente proporcional a fase tricolor na última década… entendeu, neegaotricolino?

  • SERGIO diz: 26 de novembro de 2010

    QUE QUER SER SEGUNDO OU TERCEIRO CLUBE DA DÉCADA?
    TEM QUE SER O PRIMEIRO DA DÉCADA COMO O CAMPEÃO DE TUDO.

    DÁ-LHE INTER!!!

  • Leonardo diz: 27 de novembro de 2010

    O Inter não tem nada a ver com essa matéria.

    o Inter nunca caiu para a Segunda Divisão…

  • Vandeci diz: 23 de agosto de 2012

    Ano que vem vai ter o palmeiras. Detalhe: Eu sou palmeirense. Mas tendo que montar um quebra-cabeça por jogo pra escalar devido a lesões. Precisando de um aproveitamento de campeão para escapar do rebaixamento. E quase todo jogo é garfado. É possível escapar. Mas será um milagre.

  • Vandeci diz: 23 de agosto de 2012

    Ano que vem vai ter o palmeiras. Detalhe: Eu sou palmeirense. Mas tendo que montar um quebra-cabeça por jogo pra escalar devido a lesões. Precisando de um aproveitamento de campeão para escapar do rebaixamento. E quase todo jogo é garfado. É possível escapar. Mas será um milagre.

Envie seu Comentário