Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Brasileirão 2010 - Balanço final, quem foi aprovado com 'estrelinhas'

15 de dezembro de 2010 0

Depois de falar dos reprovados e dos aprovados na média, vamos falar dos destaques do Brasileirão 2010. São os times que cumpriram completamente seus objetivos, seja o título, seja fugir ao rebaixamento como meta principal.

Nesta lista temos: Fluminense, Grêmio, Ceará e Atlético-GO

Fluminense – Campeão

Como time que mais investiu em 2010, com contratações de impacto como Deco, o retorno esperado de título brasileiro após 21 anos. A permanência de Muricy Ramalho após convite da CBF para ser treinador da Seleção Brasileira se mostrou crucial para o sucesso do clube, um dos dois times que jogaram com titulares e se dedicou de corpo e alma do início ao final da competição.

Destaques positivos: Darío Conca, Mariano, Émerson Sheik e o técnico Muricy

Destaques negativos:  Belletti, Washington

Vitória do ano: Fluminense 1×0 Guarani (jogo do título)
Grêmio – Quarto Lugar

Depois de uma fase pavorosa entre julho e agosto, quando demitiu o técnico Silas, reformulou o elenco e trouxe o ícone Renato Portaluppi para comandar o time, o Grêmio termina o ano em alta. Melhor ataque, artilheiro do time e uma arrancada de Z4 para G4, garantindo vaga na Libertadores.

Destaques positivos: Jonas, André Lima, Douglas, Victor

Destaques negativos:  Souza, Leandro e a sequência pós-Copa até a saída de Silas

Ceará – Décimo-segundo lugar

Se o objetivo era não cair, o Ceará conseguiu e com folga, sem correr quase nenhum risco. Com poucos recursos, o time fez um excelente início de competição e chegou a liderar. Caiu de rendimento na sequência de jogos quarta-domingo-quarta e também pela equivocada contratação do técnico Mário Sérgio. Com o eterno interino Dimas Fonseca, se recuperou e terminou bem, apesar de algumas goleadas feias.

Destaques positivos: Geraldo, Magno Alves e a ótima média de público

Destaques negativos: a desastrosa escolha por Mário Sérgio ainda no 1° turno

Atlético-GO – Décimo-sexto lugar

Em agosto, um torcedor do Atlético-GO solitário no Beira-Rio vaticinou o estado de espírito da época. Ele falou: “o Dragão na Série A é que nem uma vaca na árvore: ninguém sabe como subiu, mas todos sabem que vai cair”. Porém este mesmo torcedor deve estar feliz da vida, pois o Atlético-GO, virtual rebaixado no 1º turno, conseguiu uma improvável reação e sobreviveu em seu primeiro ano na elite, em um belo trabalho de Renê Simões (que na 1° rodada do returno prometeu que o Atlético-GO não seria rebaixado e cumpriu).

Destaques positivos: o meia-atacante Elias, o técnico Renê Simões e o goleiro Márcio

Destaques negativos: Josiel e a ruindade dos reservas

Envie seu Comentário