Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 3 janeiro 2011

Arena Amsterdã, frio intenso e Bob Marley: lembranças de uma viagem

03 de janeiro de 2011 0

Na volta do meu tour aos Emirados Árabes Unidos (que irei detalhar na próxima semana), passei 22 horas em Amsterdã, na Holanda. Por muita sorte, justamente na noite que estaríamos por lá ocorreu o jogo Ajax e AZ Alkmaar pelas oitavas-de-final da Copa da Holanda. Estava hospedado no Amsterdam Stayokay Vondelpark (recomendo!), quase no centro da cidade, frio de 1°C negativo e sensação térmica muito pior por causa do forte vento.

Mesmo lendo no site do Ajax que não havia ingressos para quem não tinha uma “club membership“, resolvemos ir de qualquer jeito ao menos para tirar umas fotos. fui eu, o meu parceiro de viagem Émerson Freitas e um brasileiro também proveniente do Mundial que conhecemos no Hostel, Paulo.

Para ir até lá caminhamos 3 quadras cuidando para não escorregar no gelo e neve, pegamos um bonde elétrico, dois metrôs até chegar a estação de metrô Amsterdam Arena, enorme. Antes de caçarmos ingressos, passamos pela belíssima “Arena Boulevard“, uma área com lojas, restaurantes, lanchonetes para atender os torcedores ainda antes de chegar ao estádio e a população da região.

Ali também percebi que o estacionamento utiliza o subsolo da Amsterdam Biã, inaugurada em 1995 e aliás a primeira nestes moldes no futebol mundial de grande porte. Opções diversas de compras e a loja oficial do clube fica aberta depois do jogo, assim como ocorre no estádio Olímpico e ao contrário do estádio Beira-Rio, o que contraria a lógica.

Perguntamos para um segurança e ele disse que haviam ingressos, mas lá do outro lado do estádio (diametralmente oposto aonde estávamos). Depois de mais algumas indagações, achamos a bilheteria. Compramos ingressos para o setor mais barato (pensávamos em 50 euros e foi apenas 17!) e, depois de uma escada rolante, várias escadas repletas de neve, finalmente chegamos ao estádio.

Ficamos no setor ao lado da torcida mais fanática do Ajax, perdemos os primeiros 14 minutos de jogo. Aos poucos, fomos nos ambientando e vendo as reações dos torcedores. É tudo igual, só muda a língua e cor da camiseta. Cerca de 30 mil no estádio em um frio polar que nos obrigava a pular junto com a torcida para nos aquecer. Até os holandeses estavam com frio, hehe!

Era a estréia do novo técnico, a lenda Frank de Boer, em um jogo na Amsterdam Arena.Foi um ótimo jogo, repleto de chances de gol para todos os lados. O Ajax foi melhor e venceu com um golaço de cobertura de Miralem Sulejmani no final do primeiro tempo. O melhor em campo foi o ponta esquerda Lorenzo Ebecilio, de apenas 19 anos.

Compacto do jogo:

Outra coisa muito legal foi saber a paixão da torcida do Ajax por Bob Marley. A lendária música “Three Little Bird” foi entoada mais de uma vez por toda a torcida, como podem ver neste vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=c8rrPDsdW7c.

Vejam em outro jogo o estádio lotado e a galera cantando no intervalo:



A impressão que fica é que os europeus, tanto na infraestrutura básica de transporte quanto nos estádios em si, estão muito à frente do futebol brasileiro.

Foi uma jornada sensacional.