Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Inter: não tem dinheiro porque tem 54 jogadores acima de 21 anos no elenco!

20 de janeiro de 2011 45

O Internacional começa o ano vendendo um jogador. Seguindo sua política de vendas de atletas consecutivas, desta vez foi Giuliano, o melhor jogador do time na temporada 2010 e melhor atleta na conquista da Copa Libertadores.De acordo com o vice-presidente de futebol Roberto Siegmann, a venda do talismã de 2010 se justifica pelas agora assumidas dificuldades financeiras: “A venda do Giuliano é pela saúde financeira do clube. Não tem relação com outras negociações“.

Leia-se: FALTOU DINHEIRO. E o que causa isto? O Inter ano passado vendeu Sandro, Taison, Wálter e Danilo Silva, e tem se ‘especializado‘ em contratar jogadores veteranos como Edú, Tinga, Pato, Rodrigo, Fabiano Eller e agora Zé Roberto. Todos com idade acima de 30 anos e com passe livre. Tem cerca de 85 a 90 mil sócios em dia. E como não tem dinheiro?

As explicações são várias, mas a principal é a quantidade inacreditável de jogadores acima de 20 anos (ou seja, ex-juniores) nos elencos principais e do Inter-B. São quase 60 atletas, e eu só irei contar atletas acima de 20 anos dos que estão no Inter-B para uma questão de justiça, senão passava de 60.

A justificativa não pode se basear na questão dos contratos longos. Jogadores veteranos como Índio não podem, em nenhum time do planeta, renovar por dois anos. Ex-juniores renovam contrato por cinco anos mesmo sendo nulas as possibilidades de aproveitamento, como Paulinho e Luís Carlos (o goleiro). E eu nem vou falar de Mineiro, Bustos, Luís Carlos (o centroavante), que não deveriam nem ter vindo.

Se o Inter não reformular totalmente o inchadíssimo Inter-B e sua política de composição do elenco profissional, nem 400 mil sócios adiantariam. O Inter gasta como se tivesse as receitas ordinárias dos times de Rio e São Paulo, mas como não tem precisa vender para tapar buraco.

Real Madrid tem um elenco reduzido. O Manchester United e o Barcelona também.

Eles estão tão errados assim?

* = emprestados
+ = fora dos planos

GOLEIRO – 5
Agenor, Lauro, Muriel, Renan, Luís Carlos (+)

LATERAIS – 11
Daniel, Nei, Leonardo, Kléber, Massari, Marcelo Cordeiro, Bustos(+), Arílton(+), Mineiro(+), Kléber Silva, Lima

ZAGUEIRO – 13
Bolívar, Índio, Ronaldo Alves, Ronaldo Conceição, Juan, Dalton, Rodrigo, Rodrigo Moledo, Wágner Silva, Danny Morais(+), Titi(*), Igor(*), Sorondo(+),

VOLANTES – 7
Guiñazu, Wílson Mathias, Glaydson, Maycon(+), Paulinho(+), Derley(*), Josimar(*),

MEIAS – 12
D’Alessandro, Andrezinho, Tinga, Oscar, Marquinhos, Bolaños (*), Thiago Humberto, Marinho(+), Wágner Libano(+), Ytalo, Tales (*)

ATACANTES – 13
Leandro Damião, Rafael Sóbis, Eduardo Sasha, Zé Roberto, Luís Carlos, Adriano(+), Jhon(+), Edú(+), Alex, Guto, Léo(+), Talles Cunha(+), Alecsandro(+)

TOTAL

54 atletas no elenco principal ou no Inter-B com idade acima de 20 anos.

EDITADO: o lateral-direito Arílton rescindiu contrato hoje com o Inter.

Comentários (45)

  • JFS diz: 20 de janeiro de 2011

    Em algum lugar deve ter lido que você é gremista. Estou certo? Mas deixemos isso de lado e vamos ver que alguma razão você tem, mas muito pouco. Uma pergunta apenas: se não houvesse esse grupo como o Inter estaria agora atuando no glorioso gauchao 2011? Você mistura conceitos de numero de sócios, receita de clubes de grandes centros, etc etc e parece que sai uma “receita mágica”. Todos os clubes contratam, acertam e erram. No teu Gremio estao procurando o que fazer com um tal Leandro…Em todos os clubes existem os “bondes”. Time grande que disputa muitos campeonatos precisa de plantel. As vezes pode, até por legislaçao/contratos longos, ficar acima da média. Mas não te preocupa que talvez hoje em SP nossa gurizada passe pelo América MG e logo nos tenhamos mais uns 30 guris para fazer contrato e aumentar a tua soma. Estuda um pouco mais e te prepara para qualificar as tuas análises. Só listar um monte de coisas parece que fica como rolo de papel higienico e que só em aquela serventia que você bem conhece. Finalizando, a comparaçao com os elencos de Real, Barça e Manchester é risivel. O Inter tem sido destaque no Brasil pelo faturamento e diante dos grandes europeus é uma pulga. Mas análise mal feita coloca tudo no mesmo saco e só serve para justificar o seu ponto de vista. É o teu caso.

  • Ricardo Unger diz: 20 de janeiro de 2011

    Sem falar no apadrinhamento de ex jogadores como Manga, Clemer, André e outros que já tiveram o seu tempo, contribuiram muito mas já foram devidamente homenageados e agraciados. O Inter tem parecido aquelas estatais cabides de empregos de familiares e apadrinhados dos políticos. De que adianta manter esse quadro imenso de jogadores se a maioria nunca joga. A nossa incompetente diretoria não aprende, vende sempre o maior craque e deixa o resto pra tentar ganhar campeonato. Assim não ganharemos nem o gauchão. Prá mim, Inter B é o time dos reservas do Inter A e não um terceiro time formado por quem não pega nem banco do time principal. E querem disputar gauchão com isso? O W. Libano já foi testado e retestado, já devia ter ido pro Líbano, e o Daniel não dá sequência em nenhuma jogada, e o Guto que não ganha uma bola na área, e o tal do Marinho, não joga nem no Inter Z, por que não negociam esses caras. Ontem pelo menos se salvaram a zaga, o Juliano, o Thiago Humberto e o Ricardo Goulart, nem o Lucas conseguiu jogar. É irritante a passividade do time que só espelha a passividade dos Srs. Luigi e Siegmann. Nem o Mega presidente F. Carvalho tem dado uma dentro. O cara que assistia 3 jogos por dia, que sabia quem tava jogando bem em todo o planeta, consegue dar uma dentro. Manter o limitadíssimo Celso Roth treinando um time com aspirações planetárias parece brincadeira. Tem sido muito irritante ser colorado.

  • Matheus diz: 20 de janeiro de 2011

    Eu estou indignado e imagino que vc tambem esteja, estou prevendo dias ruins pela frente, e nem quero imaginar a possibilidade do dinheiro do Giuliano virar cimento e argamassa, alem de pagar dividas dos fornecedores de merenda para todo este povo inutil que se acumulou no futebol profissional do Internacional. Meu Deus!!! Não é o que o Affatato tinha razão!! Vamos entrar em declinio no futebol por conta desta obra no Beira Rio e por conta destas contratações desastrosas que foram feitas durante anos de inconsequencia administrativa.Sem ser fatalista, mas reconhecendo que começamos muito mal, eu sou obrigado a dizer que, contratar um especialista financeiro para cuidar de um clube de futebol (por mais especialista que seja) pode se tornar o maior mico da história colorada. Começamos mal, muito mal!!!

  • joao diz: 20 de janeiro de 2011

    Pois é, esse é o eficiente modelo de gestão do Fernando Carvalho. O deus Fernando Carvalho fez a fama em 2006 e deitou na cama o resto dos anos todos. Não fez mais nada a não ser encher o Inter de jogadores duvidosos e nabas em geral, só para inchar a folha. Mas, olha, to começando a ahar que tem mutreta nisso tudo e o FC não é tão santo como se pensava. Então, tem que vender meio time todo ano e ir disputar mundial com um cone de centroavante, um frangueiro no gol, uma zaga tartaruga e um volante essssssspetacular de ruim. Enqunto isso, a torcida baba pelo rei FC que, por vaidade, não aceitou o Fernandão de volta.

  • carlos eduardo diz: 20 de janeiro de 2011

    Bah… qta má vontade com o Gigante.
    Esqueceu que foi esta política que tirou o Colorado do sono dos anos 90 e trouxe para o Rs os maiores títulos da história?
    Contratar só jogadores velhos??? Tá certo, o Oscar e o Dalton tão beirando os 40!?
    A única coisa séria q vc falou foi com relação ao ìndio o resto é discurso de gremista magoado com a Supremacia Vermelha.
    Repetindo o que já foi dito para Hugo Chaves:
    “Por que não te calas!”

  • guilherme diz: 20 de janeiro de 2011

    perfeito, eu venho criticqando a politica de vendas do inter a tempos… a questão é que o inter além de não aumentar suas receitas, ou seja, sempre depender das vendas, está administrando mal o pouco que tem… a torcida idolatra o carvalho, mas isso não quer dizer que não tenha que criticar os inumeros erros que a gestão dos seus amigos fizeram… o inter sempre dependeu das vendas, porque temos um monte de meninos ruins sugando o clube??? porque o inter tem a poilitca de vender e não quer mudar isso. Eu reclamo a mais de 4 anos… depender de vendas é normal atualmente no brasil, mas o inter deveria trabalhar para não depender mais disso. Conseguiu 100mil sócios, e o que fez?? nada, aumentou o numero de jogadores, por consequencia as despesas com a folha e o grupo ficou menos qualificado do que era, por exemplo, em 2005 e 2006… tudo prque?? porque trabalha na base para vender… o que eu avisava aconteceu… uma hora a fonte ia secar… e secou… o inter não consegue revelar nenhum grande jogador, nos moldes de nilmar, sobis e pato desde que este ultimo saiu… não temos nenhum grande jogador na base, ao contrario de outros times, como o santos… então o inter fica sem rumo, precisa vender seus jogadores por valores muito menores que o que realmente valem e entra num circulo vicioso… foi assim com nilmar, alex e agora giuliano… a torcida precisa acordar.. essa politica está errada.. não temos um ótimo grupo desde 2006, depois nossa diretoria só enganou os torcedores bobos que acreditam que recopa, suruga e sulamericana valem alguma coisa… ano passado foi sorte… não conseguimos jogar mais de 5 partidas bem.. e fomos salvos pelo menino que hj é vendido e que nunca foi titular… e querem que eu acredite que não está tudo errado??? PODE ESCREVER… ALÉM DE NÃO GANHARMOS NADA, SE O INTER MANTIVER ESTA POLITICA, VAMOS VOLTAR A SER O QUE ERAMOS ANTES.. UM TIME QUE NÃO GANHA NADA… PODE ESCREVER.

  • ZÉ diz: 20 de janeiro de 2011

    Perfeito o comentário. O que onera a folha é essa montoeira de jogadores – uns mal aproveitados, outros sem condições de serem aproveitados – que o INTER tem.
    Não sou totalmente contra a venda do garoto, se essa grana é limpinha pro cOLORADO, tudo bem. Só que tem duas coisas:
    a) o guri ficar na reserva era o cúmulo. Mas se é pro Roth queimar, então melhor liberar mesmo
    b) a grana não pode ser só pra pagar dívidas. Investiram mal o dinheiro de vendas passadas em contratações infelizes, agora tenhma mais cuidado, mais critério (garantia jamais se tem se um jogador vai dar certoou não, mas Kléber Pereira, p. ex., já se sabia no que ia dar).
    E se negociarem o Guiñazú, é mais um que tem de trazer.

  • JULIANO diz: 20 de janeiro de 2011

    Mas isso eu falo há horas…
    O Inter comporta-se como aquele “novo rico”, e gasta mal e muito.
    Vide o caso ANDREZINHO, jogador inútil, cuja metade do passe custou 4.000.000, pode???
    É o que vc disse! Espero que a nova direção corrija os rumos pq senão o bicho pega e pega feio.

  • CARINE diz: 20 de janeiro de 2011

    O inter tem medo de se desfazer desses jogadores pois acha que algum pode vir a ser estrela mais tarde, rendendo milhões, assim segura todos no elenco.

    Onde isso vai parar?
    Graças a Deus como boa tricolor que sou já sei, e fico feliz.

  • leonardo diz: 20 de janeiro de 2011

    Credo… mais chocante ainda é ver o nível do jornalismo esportivo aqui no RS.
    Precisamos de um Analista de T.I. para fazer este tipo levantamento essencial para se compreender a realidade do clube, enquanto os Jornalistas ficam distribuindo especulações e repetindo superficialidades!
    Parabéns Perin, e obrigado.

  • Luiz Fernando diz: 20 de janeiro de 2011

    Venho “batendo nessa tecla” faz tempo. Já escrevi para a Direção colorada, em vários blogs, mas parece que ninguém se importa. Nesse negócio só tem duas explicações: ou é muita incompetência ou tem “alguém levando algum por fora”. Se investigarem a fundo, tenho certeza, vai dar m* e da grande.

    O clube não pode ser administrado como uma instituição de caridade. Os Dirigentes não admitem, mas o clube está sem capacidade de investimento. O culpado é isso mesmo que você relatou. Excesso de jogadores, digo, nabas. É só o que tem. Quem é que disse que o Fernando Carvalho sabe contratar???

    Não é possível que tenhamos que vender três ou quatro(A Direção sempre vem com o papo furado de que é só um…) promessas todo ano. O pior é que a velharada chega ganhando muito e com contratos longos. Basta assinar para se “atirar nas cordas”!

    Temos 11 laterais e se aproveitam dois ou três, no máximo. De diferenciado…nenhum.

    13 zagueiros e nenhum que preste.

    13 atacantes e, tirando o Sóbis, o Sascha (promessa) e Leandro Damião (que relaciono pela garra) o resto pode mandar tudo embora.

    E goleiro? Prá mim, só aquele Lauro da Sulamericana de 2008. E caso não recupere aquele futebol, tem que ir embora também! Os demais, só para terceiro reserva.

    Volantes? Só o Guina e o Mathias, o restante tem que sair. Guina, ao que parece, que está sendo negociado…aí, obrigatoriamente, tem que contratar alguém que realmente jogue bola.

    Meias: se aproveitam o Dalle, Oscar e Andrezinho. Thiago Humberto tá sempre fora de forma (papudinho de cana????) e Marquinhos não consigo explicar. O garoto entra em campo e parece que está dormindo. Não está jogando nada!!

    O pior é escutar de alguns membros da Diretoria que o Guto seria o jogador, “o cara” para disputar a Libertadores. Alguém já viu esse indivíduo jogar alguma coisa?

    E o Inter B…pqp! O timezinho ruim! Dá prá salvar o lateral esquerdo, Juliano preciso assistir mais alguns jogos (não vi essas qualidades todas) e é só! Lucas Roggia só entra no final e João Paulo que está machucado ainda não vi jogarem. Nem em time de “casados contra solteiros” vi tanta ruindade.

    O Internacional está parecendo com uma Prefeitura ou Governo de Estado em vésperas de eleições; INCHADO COM TANTAS NABAS OU CABEÇAS-DE-BAGRE, COMO PREFERIREM.

    Com esse timeco, não chegamos nem às oitavas de final na Libertadores. No Brasileiro, podem esperar, vai ser um fiasco!

    Com esses jogadores tem que fazer liquidação! Tipo: pague um e leve cinco.

  • eduardo diz: 20 de janeiro de 2011

    PARABENS PELA MATERIA ALEXANDRE!! HA DIAS TO TENTANDO ENTENDER ESSE ABSURDO! PARECE UMA ESTATAL OU SENADO..
    estes jogares fora dos planos tem q emprestar entao
    concordo contigo sobre o paulinho e goleiro luis carlos, sao bons jogadores. E liberar os veteranos q sabemos q nao serao aproveitados , falta motivaçao aos mais jovens
    LIBERAR O RENAN OU LAURO.
    parabens pela materia…

  • Dejalmo diz: 20 de janeiro de 2011

    OLÁ CARÍSSIMO BLOGUEIRO.

    O PROBLEMA NÃO COMEÇA NO INTER B. O INTER B É A SOLUÇÃO

    NO GOL RENAN E LAURO JÁ PODERIAM TER IDO. 200 MIL A MENOS.
    NA ZAGA ÍNDIO, SORONDO E RODRIGO TAMBÉM. 500 MIL A MENOS
    NO MEIO MATHIAS E GLAYDSON TAMBÉM. 200 MIL A MENOS
    NA FRENTE EDU E BOLANOS TAMBÉM. 300 MIL A MENOS

    OITO JOGADORES E 1,1 MILHÃO A MENOS FORA OS IMPOSTOS/ENCARGOS.
    ISSO SEM FALAR QUE TODOS QUANDO VENDIDOS SAIRÃO DE GRAÇA.
    AFINAL NINGUÉM É LOUCO DE COMPRAR PEREBA.

    COM O VALOR DESTAS NABAS O INTER B, SE MANTERIA COM CERTEZA.

    O PROBLEMA DO INTER NÃO É O B, MAS AS CONTRATAÇÕES DO A.

    SEM FALAR QUE AGORA COGITAM EM RICARDO OLIVEIRA, LUIS FABIANO( QUE NÃO QUER VIR – JÁ DISSE PARA A IMPRENSA) E ZÉ ROBERTO (REI DA BOEMIA NO RIO).

    PARA COMPLETAR: PRECISAMOS PASSAR UM ANO APOSTANDO NOS JOVENS PARA TERMOS NO ANO SEGUINTE UMA SAFRA LUCRATIVA E COM MERCADO.

  • marcelo diz: 20 de janeiro de 2011

    É isso mesmo Perin. Tá certo e todo mundo vê isso. Tem muita “bola” rolando no inter. Dois ou tres empresários ditando o ritmo da coisa e empurrando meia dúzia de pereba em cada contratação razoável. Essa do Cavenaghi pode escrever; vai aparecer uns tres perna de pau no pacote… E esse JFS deve ser parente de um desses empresários de futebol que estão loteando o inter, e ainda tem a cara de pau de defender a direção. Vai te catar sangue-suga!

  • Renan diz: 20 de janeiro de 2011

    Mas vale lembrar que muitos desses jogadores tem salario na casa dos 10 mil reais.

    O salario de um Edu ou Wilson Mathias da vida já banca todo mundo do inter B…

  • Paulo diz: 20 de janeiro de 2011

    E ai Tche, acho teu comentario pertinente, mas nao concordo na plenitude. Acredito que temos jogadores demais no elenco principal, especialmente de jogadores que jah deram sua contribuicao e deveriam ser dispensados para gente nova ter oportunidade de aparecer (leia-se Indio e cia). Mas ter um time B e investir pesado nas categorias de base, me parece um acerto… Alem de custo limitado (meia duzia de salarios do elenco principal cobrem todo o investimento nas categorias de base + time B), nao teria como participar de tantas competicoes senao tivessemos um elenco numeroso… sempre haverao erros e acertos e o importante eh acertar mais do que errar nas contratacoes. E ainda acho que isso o Fernando Carvalho tem feito… tenho duvidas se a nova direcao tera a mesma competencia. Mas este processo tem que ser dinamico: se nao deu certo e nao houver perspectiva de aproveitamento, ou empresta ou libera para nao ocupar espaco de algum possivel competente… Abraco, saudacoes Coloradas e parabens pelo blog!

  • jose oli diz: 20 de janeiro de 2011

    Boa Perín, parabéns pelo comentário, to c/ tigo em gênero, nº e grau, ´mto perna de pau sugando o Inter,por + que seja um salário baixo é dinheiro pelo ralo, 30 perebas destes dá pelo menos 300 mil mensais é mto dinheiro, somando com aqueles que não deram certo no time principal, o prejuízo aumenta ainda mais, tá na hora de profissionalizar o time e reduzir estes custos absurdos para poder montar um grande time.
    Jogador caro é o que não rende olha o Fred no fluminense ano passado tirou o time da 2ª, time bom se paga com titulos.
    Att, abraços

  • elias diz: 20 de janeiro de 2011

    O que eu gostei mesmo é ver o blogueiro(perin) respondendo praticamente ao vivo os posts. Uma pena que não é sempre assim. O assunto fica mais claro, as posições também.Permito-me lembrar que nosso , nosso, … oque? co-irmão? (não gosto dessas colocações), não tem esse problema, mas também não tem praticamente ninguém para vender! Com a lei pelé os clubes se obrigam a fazer contratos longos especialmente com os jovens, para proteção. Como não existem vários messis, neymares, gansos, etc., aposta-se no que se tem. Lembrem que o juliano é reserva de luxo, e foi comprado barato(e 100%), e eu particularmente não acho o bixo, como guiña(o buscapé bêbado do WC), o andrezinho, o cleber(desaprendeu tudo!, uma pena), dentre outros. Se enxugar o elenco a primeira vista parece uma economia, mas a lo largo pode ser um tiro no pé. O que tem que haver é limite de salário, pois eu creio que a ciumeira é grande e perigosa.Sobre isso é só ver as comemorações em gols. Por último: com o roth e cia. Adeus 2011 !!!!!!

  • Paulo diz: 20 de janeiro de 2011

    E se acabar com o time B, quem joga o Gauchao? E vale lembrar que desta politica sairam craques como Nilmar, Sobis, D.Carvalho, Alex Pato e muitos outros de menor expressao…

  • Edinardo diz: 20 de janeiro de 2011

    Cara, sou gremista mas concordo com você, e digo mais, os grandes jogadores ja com 16, 17 anos destoam da maioria, enquanto os fracos ficam abaixo da média, e esses não adianta realiazr contratos longos, com empresários sugando os clubes, tirando percentuais de venda e ja colocando salários altos para um garoto que não provou nada ainda. E como exemplo de que time B não adianta nada, qual jogador do Inter B, que virou titular do Inter nos últimos 5 anos…. acho que nenhum, e nesse periodo o Grêmio ganhou uma Copa RS com os juniores, e de la sairam Wiliam Magrão, Rafael Carioca e Carlos Eduardo, novamente, os bons se destacam cedo, passou de 20 não mostrou nada, muito raramente ira mostrar.
    PS.: QUE MALA ESSE JFS, AMARGO, TA ESPALHANDO A AMARGURA DELE EM TODOS OS BLOGS.

  • Leandro diz: 21 de janeiro de 2011

    Legal Alexandre, muito bom o post, realmente com informações relevantes, como um camarada comentou, parece estatal cheia de cabide de emprego !!

  • Matheus diz: 21 de janeiro de 2011

    Esperavamos reforço para a Libertadores e o que a Direção trouxe foi um burocrata para terminar com o futebol, Aod não tem culpa, a culpa é de quem pensa em administrar uma paixão com a razão, não existe maneira, são 100.000 sócios apaixonados, que pagam com sacrificio suas mensalidades pensando unica e exclusivamente no futebol, sera que esta gente de terno e gravata que nunca viu uma chuteira sabe disso? Que se ousarem desprezar o futebol perderão com certeza mais da metade deste numero gigante de apaixonados? Sera que sabem disso? Por favor, alguem aviza eles imediatamente!!!

  • JFS diz: 21 de janeiro de 2011

    Sinto muito se te molestei com o meu comentário, mas nao fico nem um pouco agradecido pela tua “generosidade” de me publicar. Você escreve o que bem desejar e eu também. Mal educado é quem usa do poder de ter um veículo na sua mão e naõ está preparado para a replica, mesmo que seja agressiva como a minha foi. E que bom que um “doce” gremista me chamou de “amargo”, ah ah ah Quanto a você fica a minha sugestão que continue escrevendo e publicando as replicas que bem desejar. Se as minhas não forem adequadas não as publique visto que me submeto aos “termos e condiçoes”. Eu só não costumo me submeter a analises superficiais e esnobes com o foi a sua. Outra sugestão já que você é colorado: quem sabe voce não assume um posto na direçao futuramente e implementa tuas propostas?

  • Rodrigo Nunes diz: 21 de janeiro de 2011

    Esse Léo é aquele que o Fábio Koff disse ser a nova jóia das categorias de base do Inter? Aquele que chegou a ser comparado por ele com o Nilmar? O cara desaprendeu?

  • JFS diz: 21 de janeiro de 2011

    Desde o início disse que voce tinha alguma razão. Penso que você está confundindo a consequência (eventual excesso de jogadores) com a causa (politica de investimento em atletas jovens/ panorama legal Brasil=Lei Pele). Podem ter ocorrido pequenas falhas nessa complexa “pilotagem” . Quero dizer que a sua análise confunde “custeio” com “investimento”, erro muito comum. A pratica de investir na base e vender gerou capacidade para formar times vencedores. É preciso ajustar o “investimento” da base, mas nunca considera-lo como o motivo de eventual “deficit” como voce prega no seu texto =>
    “As explicações são várias, mas a principal é a quantidade inacreditável de jogadores acima de 20 anos …” Porque em 2011 temos tantos jogadores no “B”? Acredito que utilizar jovens na equipe “A” de um clube vencedor sempre é mais dificil pois a torcida quer resultado imediato, pessimo ambiente para o surgimento de novos titulares no “A”.
    O atleta tem que ser acima da média (tipo Sandro) para se fixar. Então, a diretoria parte para contrataçoes que sempre estao sujeitas a risco (um dia vem um Fernandão/Ceara, no outro um Edu…) Issso aumenta o “custeio” e sobre ele é preciso agir com a tesoura. Mas é equivoco condenar uma politica de sucesso que, face aos titulos no campo, elevou as diversas receitas (tipo 100 mil sócios). Outra questao: “faltou dinheiro” não preocupa se você tem onde buscar. E o INTER tem como conseguir para o time e para as obras do estádio. A unica coisa que não é possivel garantir é que seremos sempre campeoes, mas consolidamos uma gestão que vai colocar o clube sempre na “ponta” das competiçoes. Voce duvida? Saudaçoes coloradas

  • Diogo diz: 22 de janeiro de 2011

    Mandem os perabas embora. Contratamos ex gremistas que são ex jogadores(Bustos e Rodrgo). Um monte de aposentados, Indio, Edu, Tinga, Kleber,Zé Roberto. Com a grana destes da pra pagar Nilmar, Sandro e Guiliano.

  • JCDL diz: 22 de janeiro de 2011

    Um grupo deve ter em torno de 25 a 30 jogadores. Como o Inter optou por ter dois grupos o numero chegaria a 50-60 jogadores. Na tua lista temos 54. A 1a questão seria verificar se vale a pena manter um time B. Hoje a maioria dos grandes clubes brasileiros mantem um time B, vide o recente brasileirao sub-23. Optando pelo time B, que eh para mi valido, pode-se trabalhar com um grupo total menor. Acho que o ideal seria uns 45 jogadores, pois alguns do B seriam reservas para o principal e o B usaria os juniores quando precisasse. Diante disto teriamos que reduzir em 9 jogadores este grupo. Nao eh um drama tao grande, ateh porque por parte destes jogadores recem foi re-integrado voltando de algum empréstimo e certamente iremos emprestar um bom número de jogadores nos próximos dois meses

  • JFS diz: 23 de janeiro de 2011

    Acabo de ler o “clic rbs” e estão elogiando muito o Ricardo Goulart, 19 anos e com contrato até a metade do ano. Que tal usar as tuas ferramentas CAPEX E OPEX e mandar uma contribuiçao para a diretoria do Inter com proposta se deve ou ano renovar com esse atleta( será cabeça de bagre como aquele Maicon?; qual o prazo ideal do contrato, valor do salário e outras idéias para convencer o representante do atleta que deve ser um sujeito com menos preparo que o Assis.

  • leonardo diz: 23 de janeiro de 2011

    hahahaha JFS tomando um baile de educação, conhecimento e diplomacia… senta lá, tchê!!!

  • MAURO SERGIO diz: 24 de janeiro de 2011

    Perin, eu concordo em partes. Não sou favorável a esse grupo ‘inchado’, porém não posso criticar ou desmerecer uma política que vem dando certo no Internacional. A diretoria ‘atual’, ou seja, a situação é formada por pessoas que implantaram e administram o clube no período que o mesmo conquistou muitos títulos, se fortaleceu, está na mídia MUNDIAL e aumentou o número de sócios consideravelmente. Não podem estar tão errados? Podem? — Há de ser rever algumas estratégias e/ou políticas adotadas, porém isso não pode ser feito no sentido de erradicação, mas no sentido de melhoria contínua.

  • Leandro diz: 26 de janeiro de 2011

    Real Madrid e Barcelona possuem time B, aliás prática comum na Espanha, mas acho que ele não tem atletas acima de 21,22 anos não, deve ser só pra gurizada. Concordo contigo Alexandre porém hoje em dia com parceiros, emrpesários etc deve ser foda, se faz contrato curto acontece como o Gremio de JOnas, se faz longo e não dá certo ficam ali inchando o grupo, deve ser “soda” gerenciar isso.

  • leonardo diz: 27 de janeiro de 2011

    Alexandre, ainda tenho uma dúvida, se quiseres responder aqui mesmo, agradeço:
    Por que não rescindem os contratos de Edu e Ilan, por exemplo?
    Tem que pagar o salário do contrato inteiro pra rescindir?
    Se não for este o caso, então por que ficam com os encostos, pagando uma fortuna para um atleta sem mercado?
    Obrigado desde já, abraço.

  • Leandro diz: 22 de fevereiro de 2011

    Acho que o Siegmann leu este post !

Envie seu Comentário