Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 26 janeiro 2011

CBF tem que arrumar o calendário brasileiro e acabar com as distorções!

26 de janeiro de 2011 6

A CBF precisa, urgentemente, revisar a questão da proibição de times que disputam a Libertadores disputarem a Copa do Brasil. A culpa disto é de um calendário totalmente inadequado, que contempla absurdas 23 datas para os Campeonatos Estaduais e bizarramente limita a Copa do Brasil ao primeiro semestre, ao invés de ser disputada ao longo de toda a temporada.

Isto prejudica demais os times que se classificam para a Libertadores, teoricamente os melhores do futebol brasileiro. A distorção só piorou com a vaga do campeão da Copa Sul-Americana na Libertadores do ano seguinte.

Se criou uma situação paradoxal: o 5º colocado do Campeonato Brasileiro tem mais chances de disputar a Libertadores em dois anos que o campeão brasileiro! Vou ilustrar o problema abaixo:

Atlético-PR
5º colocado no Brasileirão 2010, vai disputar a Copa do Brasil 2011, o Brasileirão 2011 e a Copa Sul-Americana 2011.

Fluminense
1º colocado no Brasileirão 2010, vai disputar a Libertadores 2011 e o Brasileirão 2011.

Resumindo: o incompetente do quinto colocado tem TRÊS chances de disputar a Libertadores em 2 anos. Já o poderoso campeão brasileiro tem DUAS!

Tive uma árdua discussão com o amigo Bruno Coelho, do Blog Grêmio 1903. Ele defende a tese que os times eliminados da Pré-Libertadores deveriam disputar a Copa do Brasil. A tese é que um time grande ficará um semestre inteiro (na verdade, até maio) sem disputar mais nada a não ser o Campeonato Estadual.

Em si, digamos, é uma teoria humanitária, mas na prática para resolver um problema se cria um outro. Exatamente o mesmo problema citado por mim na argumentação anterior: tu dá mais chances aos ruins se classificarem para a Libertadores que para os bons.

Defendo a idéia de que a CBF tem que resolver esta burrice adotada em 2002 de proibir a disputa da Copa do Brasil pelos times que estão na Libertadores.

Mas acho que estou exigindo demais da CBF, uma entidade que não consegue sequer ter um site oficial decente. Se vocês não sabem, ela tem DOIS sites ativos: http://www.cbf.com.br/http://www2.cbf.com.br/php/home.php?e=0

Quando ela resolver isto (e tiver vontade política e técnica disto), tudo ficará de acordo.

Ou os clubes tomarem vergonha na cara e organizarem a Liga Nacional de Clubes.

Alô, Fábio Koff e Clube dos 13.

Por Jogos Olímpicos, astro galês pode entrar na justiça contra Federação

26 de janeiro de 2011 0

Gareth Bale, o novo xodó do futebol inglês, pode entrar com uma ação judicial contra a Federação Galesa de Futebol caso seja impedido de participar dos Jogos Olímpicos de 2012. Uma determinação da entidade proibiu a participação de atletas galeses no time combinado que irá representar a Grã-Bretanha nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. Bale, nascido em País de Gales e jogador do Tottenham Hotspur, tem 21 anos e idade suficiente para representar o time Sub-23 do país.

O problema é que a Federação Galesa, assim como a Norte-Irlandesa e a Escocesa já afirmaram que não vão liberar atletas para representar a Grã-Bretanha, que seria representada somente por atletas ingleses. Jonathan Ford, diretor-executivo da Federação Galesa, já deixou claro que a entidade não vai mudar de opinião sobre o assunto. A posição é que caso isto seja aceito, estas entidades teriam sua posição independente perante à FIFA enfraquecida, pois hoje a Escócia, País de Gales, Irlanda do Norte e Inglaterra defendem cores e times diferentes.

Mas Bale não está nada satisfeito e pensa inclusive em entrar na Justiça pelo direito de defender a equipe unificada, caso seja convocado. Lord Moynihan, presidente do Comitê Organizador das Olimpíadas de Londres, já declarou seu apoio à iniciativa de Bale. “Se a Federação Galesa entrar com sanções contra o atleta, ele poderá entrar com ação judicial por discriminação”, disse o dirigente.

A opinião de Gareth Bale é enfática: “Os Jogos Olímpicos podem ser uma ótima oportunidade de um jovem como eu disputar um grande torneio internacional. Todos nós sabemos que País de Gales não tem a tendência de se classificar para competições importantes”.

Bale está correto, pois a lenda galesa Ryan Giggs, maior jogador da história do futebol nacional, nunca disputou um torneio importante. Até hoje, País de Gales só disputou a Copa do Mundo de 1958. Algumas imagens do grande desempenho de Bale contra a Internazionale na atual temporada da Liga dos Campeões:

O mais perto que chegou foi em 1993 quando bateu um pênalti na trave quando empatava em 1×1 com a Romênia pelas Eliminatórias do Mundial do ano seguinte. Para o bem do futebol, os romenos fizeram 2×1 fora de casa e se classificaram para brilhar em um Mundial comandados por Gheorghe Hagi e como estrelas Dan Petrescu, Florin Raducioiu, Gheorghe Popescu e Ilie Dumitrescu.