Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

CBF tem que arrumar o calendário brasileiro e acabar com as distorções!

26 de janeiro de 2011 6

A CBF precisa, urgentemente, revisar a questão da proibição de times que disputam a Libertadores disputarem a Copa do Brasil. A culpa disto é de um calendário totalmente inadequado, que contempla absurdas 23 datas para os Campeonatos Estaduais e bizarramente limita a Copa do Brasil ao primeiro semestre, ao invés de ser disputada ao longo de toda a temporada.

Isto prejudica demais os times que se classificam para a Libertadores, teoricamente os melhores do futebol brasileiro. A distorção só piorou com a vaga do campeão da Copa Sul-Americana na Libertadores do ano seguinte.

Se criou uma situação paradoxal: o 5º colocado do Campeonato Brasileiro tem mais chances de disputar a Libertadores em dois anos que o campeão brasileiro! Vou ilustrar o problema abaixo:

Atlético-PR
5º colocado no Brasileirão 2010, vai disputar a Copa do Brasil 2011, o Brasileirão 2011 e a Copa Sul-Americana 2011.

Fluminense
1º colocado no Brasileirão 2010, vai disputar a Libertadores 2011 e o Brasileirão 2011.

Resumindo: o incompetente do quinto colocado tem TRÊS chances de disputar a Libertadores em 2 anos. Já o poderoso campeão brasileiro tem DUAS!

Tive uma árdua discussão com o amigo Bruno Coelho, do Blog Grêmio 1903. Ele defende a tese que os times eliminados da Pré-Libertadores deveriam disputar a Copa do Brasil. A tese é que um time grande ficará um semestre inteiro (na verdade, até maio) sem disputar mais nada a não ser o Campeonato Estadual.

Em si, digamos, é uma teoria humanitária, mas na prática para resolver um problema se cria um outro. Exatamente o mesmo problema citado por mim na argumentação anterior: tu dá mais chances aos ruins se classificarem para a Libertadores que para os bons.

Defendo a idéia de que a CBF tem que resolver esta burrice adotada em 2002 de proibir a disputa da Copa do Brasil pelos times que estão na Libertadores.

Mas acho que estou exigindo demais da CBF, uma entidade que não consegue sequer ter um site oficial decente. Se vocês não sabem, ela tem DOIS sites ativos: http://www.cbf.com.br/http://www2.cbf.com.br/php/home.php?e=0

Quando ela resolver isto (e tiver vontade política e técnica disto), tudo ficará de acordo.

Ou os clubes tomarem vergonha na cara e organizarem a Liga Nacional de Clubes.

Alô, Fábio Koff e Clube dos 13.

Comentários (6)

  • Jonas diz: 26 de janeiro de 2011

    Já postei isso em vários lugares, o problema é o calendário da Conmebol. A Sulamericana devia ser disputada só por quem não joga a LA. Nos outros países os times jogam as duas competições. Ora, se quem jogasse uma não jogasse a outra, como na Europa, as dua spoderiam ser no 1o. semestre, e a Copa do brasil seria no 2o. junto com o brasileiro. Assim todos os times teriam chance igual. Certo que os eliminados primeiro jogariam menos, mas daí é o ônus de alguém saber qual quer tentar

  • Rafael diz: 27 de janeiro de 2011

    O problema é que aqui, América do Sul, as duas competições que geram essa discussão estão compactadas. Tanto a Copa do Brasil inteira como a Libertadores são disputadas no primeiro semestre. Veja que na Europa a temporada se dilui durante toda a temporada, de fato. Copas nacionais, UCL, UEL e as ligas começam no início da temporada e terminam no fim da temporada. Enquanto os clubes tiverem que disputar Copa do Brasil e Libertadores inteiras em 4 meses, vai dar nessa. Mas mexer no calendário sulamericano (Libertadores e Sulamericana) depende da Conmebol. E quem depende da Conmebol pra alguma coisa, tá morto.

  • Vinicius diz: 27 de janeiro de 2011

    cara, o que o medo dos gremistas de levar um sacode do liverpool não faz… querem até mudar o calendário!

    Não, não, vão ficar disputando o gauchão uhauhuahua

  • Roberto diz: 27 de janeiro de 2011

    A vaga na Libertadores para a Sulamericana é uma excrecência. Na verdade, a da Copa do Brasil também. No máximo, o campeão da Copa do Brasil deveria jogar a Sulamericana. E o da Sulamericana fazer a Recopa, como era antes. Um ganho direto disso seria acabar com a desvalorização do Campeonato Brasileiro por parte de times envolvidos em outras competições. Mas quem manda são os patrocinadores. Então vivemos assim: os critérios pró-patrocínio prevalecem sobre os critérios pró-torcidas e pró-futebol.

  • João diz: 27 de janeiro de 2011

    Mas esse Vinícius… hein… Acho que ele esqueceu ou provavelmente não sabe que o blogueiro é conselheiro do Inter. Putz, gente burra é f….

    EDITADO: não sou conselheiro… hehehe

  • João diz: 27 de janeiro de 2011

    Eu sei que tu não é conselheiro cara, já vi tu escrever isso antes, mas obrigado por ler e publicar meu comentário. Quanto ao Vinicius, sem comentários.

Envie seu Comentário