Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

BARCELONA - Veja como funciona o conceito tático "Tiki-Taka", alma do time espanhol

27 de janeiro de 2011 5

Vamos agora avaliar um dos segredos do Barcelona, o time mais encantador que eu vi jogar desde o Milan do final dos anos 80. O time espanhol joga, em todas as categorias, no esquema 4-3-3 desde os tempos de Johan Crujff. Além disto, evidentemente possui craques da estirpe de Messi, Xavi e Iniesta, todos provenientes de suas divisões inferiores.

Porém isto por si só não responderia todas as perguntas do sucesso da equipe catalã, campeã seis vezes na temporada 2009 (incluindo Liga dos Campeões e Mundial de Clubes). O fato é que o planeta se encanta com partidas do Barça, sem dúvida um time que dá gosto de ver jogar. Exemplo:

Já conhecia o conceito no qual se baseia a mecânica de jogo do Barcelona, o “Tiki-Taka“, usado amplamente pelo treinador Pep Guardiola. A Espanha, cuja base do time é do Barcelona, usa profundamente este conceito, se sagrando campeã européia e mundial jogando exatamente assim. A dica deste conteúdo foi do treinador Joffran da Silva

Principais Principios do “Tiki-Taka”:

  • A bola está quase sempre no gramado;
  • Os passes são realizados na diagonal;
  • A maioria dos passes são curtos;
  • Os passes são realizados em todas as direções ;
  • Os jogadores raramente correm com a bola;
  • Os jogadores fazem movimentações curtas sem bola;
  • A bola é sempre passada para o pé.

Ou seja,  consiste primordialmente de passes curtos e aproximação dos jogadores, compactando o time e retendo a posse de bola por absurdos 70, 75% do tempo. Este conteúdo foi amplamente ilustrado pelo blog Mister Paulo Alves, recomendo a leitura do post sobre o assunto do treinador português:

Barcelona – Tiki Taka

Comentários (5)

  • diego galileu diz: 27 de janeiro de 2011

    o São Paulo de 92,93 treinado por Tele Santana jogava muito parecido com isso.

  • leonardo diz: 28 de janeiro de 2011

    Vejo neste sistema a simplificação extrema da tática no futebol.
    Não dá certo em todos os times pois, abrindo mão de passes longos, passando apenas no pé, a equipe precisa de 10 jogadores habilidosos, coisa que não é para qualquer clube.
    Tem que ter muita grana pra contratar.

  • leonardo diz: 28 de janeiro de 2011

    Pode não ter gasto nada para contratar, mas gasta uma fortuna para manter os atletas.
    Já pensou se o Inter não precisasse vender seus jovens?
    Teríamos um dream team também!

  • Matheus o cara diz: 11 de maio de 2013

    Mas esse é o segredo, Craque se faz em casa, e o outro segredo, é que os jogadores são formados para jogar no Barcelona e não em para serem vendidos.

Envie seu Comentário