Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Futebol italiano negocia direitos de TV em conjunto e bate recorde

25 de abril de 2011 0

A união faz a força… ao menos na Itália. Uma revolução pode marcar o final da temporada 2010/11 do futebol italiano. Se o título está praticamente garantido ao Milan depois de sete anos, mudanças significativas na partilha financeira podem modificar o fluxo do futebol no país, em profunda crise econômica, técnica e até mesmo de prestígio nas últimas temporadas.

A divisão de direitos através de um acordo coletivo para os próximos dois anos gerou um benefício considerável para todos os envolvidos. O contrato adquirido pela Mediaset (do grupo do premiê Silvio Berlusconi) e pela Sky Italia, gerou mais de 1,8 bilhão de euros para os times das Séries A e B pelo período até metade de 2012.

Depois de anos no ostracismo, se distanciando da Liga Inglesa e vendo os crescimentos da Liga Espanhola e Alemã, a Itália dá o primeiro passo para a recuperação. Reparem que hoje somente o futebol espanhol não possui um contrato coletivo de vendas. E a disparidade entre Real Madrid, Barcelona contra os demais tem sido tão grande que até mesmo estes já pensam em refazer a forma de negociação para as próximas temporadas.

CRITÉRIOS ADOTADOS

  • 40% – Divididos igualmente
  • 30% – Divididos em critérios esportivos – 15% para as classificações nas últimas 5 temporadas, 10% para as classificações históricas e 5% baseado nas colocações da última temporada
  • 30% – Divididos por interesses das redes de TV – 25% proporcionalmente às maiores torcidas, e 5% em proporção ao número de habitantes nas cidades dos clubes

Esta divisão continuou beneficiando os chamados 3 grandes – Milan, Internazionale e Juventus, sendo a então hexacampeã Internazionale a única a passar dos 100 milhões de euros.

Mas também deu um fôlego financeiro a times de torcidas representativas (como Roma e Napoli) e que vem fazendo boas campanhas nos últimos anos (especialmente o Palermo). O resultado é que até os times pequenos fizeram mais de 15 milhões de euros.

A lição que fica é… Bom, todos me entenderam.

Envie seu Comentário