Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

GRÊMIO: em 1989 e 1992 reverteu desvantagens perdendo a primeira em casa!

03 de maio de 2011 10

Se vencer a Universidad Catolica e obtiver a classificação para as quarta-de-final em pleno Chile, o Grêmio terá obtido uma façanha. Será a terceira vez que o Tricolor conseguirá reverter uma desvantagem no jogo de ida em pleno estádio Olímpico. Nas duas vezes anterior, o placar obtido no jogo de volta é favorável ao Grêmio.

Em 1989 pela Supercopa, e em 1992 pela Copa do Brasil, o time gremista foi derrotado em casa mas conseguiu se recuperar fora de casa vencendo o rival. Ao longo da história de mata-matas do Grêmio em competições nacionais e internacionais, A informação é do leitor  sempre atento João Renato Alves.

A primeira classificação veio na extinta Supercopa dos Campeões da Libertadores. No dia 24 de outubro, o Grêmio perdeu em Porto Alegre para o Estudiantes por 1×0. O gol foi marcado por Cariaga. No dia 1º de novembro, o Tricolor arrasou o time argentino com gols de Paulo Egídio e Cuca (2x), se classificando para as semifinais (melhor campanha gremista em todos os tempos). Se isto ocorrer contra a Catolica, o Tricolor se classifica.

A segunda classificação heróica veio em 1992, na Copa do Brasil segunda fase. O Tricolor pegou o Paraná, clube sensação do futebol brasileiro e que tinha apenas três anos de vida e já era campeão estadual. O jogo de ida foi histórico: em três participações, o Grêmio continuava invicto na Copa do Brasil após 26 jogos.

Mas no dia 18 de setembro acabou a longa sequência, com um gol de Serginho e derrota de 1×0 em favor do Paraná. Na semana seguinte, dia 23 de outubro, Luís Américo colocou o Paraná na frente, mas na etapa complementar a virada gremista ocorreu com gols de Caio e Carlinhos, final Grêmio 2×1. Se o placar se repetir amanhã, deixa o Grêmio ao menos com a disputa de pênaltis.

O curioso é que nesta competição, o Grêmio passou de fase e pegou o Internacional, possível adversário nas quartas-de-final desta Libertadores de 2011.

Comentários (10)

  • leonardo diz: 3 de maio de 2011

    Gostei da última frase! hehehehehe
    Saudações!

  • ADRIANOGFBPA diz: 3 de maio de 2011

    Se não me engano, não foi nesse jogo de 89 que o goleiro do Grêmio, acho que era o Gomes (ex-Cruzeiro) levou um frango e depois pegou um penalty ???

  • ricardo diz: 3 de maio de 2011

    a diferença é que o grêmio tinha time…

  • sgabriell diz: 3 de maio de 2011

    Se até 1992 o Grêmio estava invicto na Copa do Brasil era dentro do Olímpico, pois em 1991 foi derrotado pelo Criciúma (então treinado pelo Felipão) por 1×0 na final.

    EDITADO: não, o jogo foi 1×1 no Olímpico e 0×0 no Heriberto Hulse, Criciúma campeão no critério de gols fora.

  • d_bellissimo diz: 3 de maio de 2011

    bons tempos em que se tinha um time para confiar

  • andre diz: 4 de maio de 2011

    Detalhe: em 1992, após o Grêmio reverter, pegou o Inter, que acabou sendo o campeão. Se isso acontecer, está ótimo para mim, mas acho que dessa vez o greminho não consegue reverter.

  • Matheus diz: 4 de maio de 2011

    Dai pegou o Internacional e …

  • George Cristiano diz: 4 de maio de 2011

    Com certeza em 92 e 89 tinhamos diretoria participativa.
    FORA “PAULO INCOMPETENTE ODONE ARENA”.

  • Decio diz: 5 de maio de 2011

    Ainda bem que não passamos o Catolica, porque desde 2007 esperamos o Gre-nal da Libertadores, mas o inter não passa de fase pra pegar o Tricolaço!!! HAHAHAHAHA

    EDITADO: nem tu acredita em tamanha bobagem

Envie seu Comentário