Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Os melhores blogs de Esportes: Un café con Serena

26 de março de 2012 0

Serena Navarrete é uma venezuelana viciada em automobilismo, em especial Fórmula-1. Conheci esta simpática pessoa através do twitter (@SerenaRF1) por indicação do grande português Paulo Alexandre Teixeira (@Speeder76), que há anos mantém o já lendário Continental Circus, que também aparecerá neste espaço de divulgação. Ela é autora do blog Um Café com Serena”, no qual fala sobre a categoria máxima do esporte.

Blog Un Café con Serena - Reprodução

Porém ela não se limita a falar sobre as corridas, tampouco a assistir “in loco” os Grandes Prêmios. Serena disserta sobre o que lhe vem à cabeça, desde política, cultura, civilização (leiam este ótimo texto sobre o Rio de Janeiro, escrito dia 1º de janeiro deste ano). Aliás, ela  mora no Brasil e é daí que esta entrevista começa:

Almanaque: Olá, Serena, tudo bem? O que fez uma venezuelana deixar o Caribe para morar no Rio de Janeiro?

Serena: Obrigada pela atenção que me brinda. A gente tinha uma boa oferta de trabalho e devido às condições politicas e sociais na Venezuela hoje em dia, apresentava-se como uma boa oportunidade.

Almanaque:Você trabalha com jornalismo esportivo, ou é um hobby para ti?

Serena: Na verdade é um hobby, mesmo porque sempre quis estudar jornalismo e fazer especialização na matéria de esporte.

Almanaque: De onde partiu a inspiração de escrever em um blog sobre automobilismo?
Serena: Eu já havia escrito em algumas oportunidades para conhecidos na Espanha e Venezuela. Eles me apoiaram a escrever meu próprio blog. Naquele instante eu fiquei receosa, entretanto eles mesmos coordenaram o setup do blog. Como eu aprecio muito café, achamos que era um nome apropriado, E o blog existe graças a esta equipe magnífica que sempre me apoiou.

Almanaque: Desde quando acompanhas o esporte?

Serena: Eu acompanho o esporte desde 1983.

Almanaque: E como tu enxergas tua visão no automobilismo, no qual a presença feminina é ainda menor do que em outros esportes?

Serena: Bom, desde o início da existência da humanidade, o homem sempre desejou demonstrar superioridade sobre a mulher, e acredito que por essa mesma razão a presença feminina é infinitamente menor no mundo a motor, mesmo que seja fascinante para ambos os sexos. Nos dias de hoje, em que o automobilismo envolve tanto dinheiro, segurança ao espectador e ao piloto (mesmo que isto falte em outras categorias) ainda apresenta muitas limitações, coisa que os seguidores atuais da F1 já se acostumaram, mas sinto saudades dos motores turbos. Infelizmente também tenho que mencionar os custos envolvidos entre o piloto, escuderia e talento.

Almanaque: Quantos GP’s você já assistiu presencialmente?

Serena: Só dois: os Grande Prêmios do Brasil em 2010 e 2011

Serena e o coração venezuelano no GP do Brasil de 2011 - Foto: Arquivo Pessoal

Almanaque: Tens o sonho de assistir a algum GP em especial fora do Brasil?

Serena: Com certeza, o Grande Prêmio de Monza é um sonho de todo espectador e amante do esporte a motor, Também o Grande Prêmio da Bélgica, acho que Spa-Francorchamps deve ser um privilégio, assim como Canadá e Mônaco.  Depois disso eu poderia morrer satisfeita.

Almanaque: Como enxergas a atual temporada?

Serena: Até agora a temporada só teve duas corridas, mas elas já demonstram que a briga deste ano vai ser boa, sem aquela coisa do monopólio por uma equipe. Pilotos que vão ter que demonstrar se na verdade eles são bons quanto mostravam, só que agora sem ter o melhor carro no grid.
Almanaque: Quem são os teus favoritos e preferidos?

Serena: Na atual temporada nunca ocultei o meu favoritismo por Alonso, agora com a volta de Kimi Raikkonen também fico de olho. O Jenson Button tem uma maturidade na categoria impressionante, O Sergio Perez e Bruno Senna. Mas posso citar outros grandes nomes que a gente não esquece nunca, como o Juan Manuel Fangio,,Ayrton Senna, Niki Lauda, Mario Andretti, Alain Prost, Jack Braham e o antigo Schumacher.

Almanaque: Finalizando, fora das pistas, como você enxerga o momento do Brasil e de sua Venezuela?”

Serena: O Brasil vive um momento maravilhoso, tem muito crescimento econômico, muito investimento. Tomara que a politica tome consciência também de investir na educação e infraestrutura. A Venezuela já vivenciou tudo isto, só que os políticos e as suas políticas nunca preocuparam-se com o povo que tinha menores recursos.O resultado do pais é o governo que hoje temos. Um país focado só para as rendas petrolíferas, o turismo não faz parte dos planos da economia. A matéria prima é quase toda importada e, alem disso o governo fica destruindo a empresa privada e acabando com as chances de gerar emprego.

Então por hoje é isto. Na próxima semana, o blog “Carta na Manga”, de opiniões fortes e centradas sobre o futebol gaúcho, brasileiro e mundial.

Envie seu Comentário