Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de junho 2012

Com saídas de Sandro Silva, Josimar e Wílson Matias, Inter já liberou 9 volantes em 2012

29 de junho de 2012 7

Com os três volantes que deixaram o Beira-Rio esta semana, o Internacional chegou a um número ao menos curioso. São nada menos que nove volantes deixando o Beira-Rio em menos de sete meses, alguns por empréstimo e outros em definitivo.  Nos últimos dias, Sandro Silva foi devolvido ao Málaga-ESP após discussão e problemas de relacionamento, Josimar foi emprestado ao Figueirense e o desafeto Wílson Matias vendido ao Toluca-MÉX.

Wílson Matias, um dos 9 volantes a deixar o Inter em 2012: Foto: Lucas Uebel/Vipcomm

Este número inclusive deve aumentar, pois  Bolatti deve ser o décimo da lista. Ele está em negociações com o Independiente-ARG e praticamente não jogou em 2012 com o técnico Dorival Júnior. Neste período, apenas 2 volantes foram contratados: Fransérgio, junto ao Atlético-PR e já reemprestado ao Criciúma e Ygor, contratado nesta sexta-feira junto ao Figueirense na mesma negociação que levou Josimar.

Alguns dos atletas liberados foram ídolos no Beira-Rio, mas estavam em má-fase ou sofrendo com lesões, como Tinga. Outros são jovens e devem receber chances no futuro, emprestados para ganhar experiência como Juliano e Mílton Júnior. Confiram a lista completa abaixo:

NEGOCIADOS/DEVOLVIDOS/DISPENSADOS
  • Glaydson – volante – Náutico
  • Tinga – volante – Cruzeiro
  • Sandro Silva – volante – Málaga-ESP (*)
  • Derley – volante – Náutico
  • Wílson Matias – volante – Toluca-MÉX

EMPRESTADOS 4

  • Fransérgio – volante – Criciúma
  • Josimar – volante – Figueirense
  • Juliano – volante – Goiás
  • Milton Júnior – volante – Sport

FORA DOS PLANOS

  • Bolatti  - volante

Blog em descanso - Está voltando!

28 de junho de 2012 0

Pessoal, estou há algumas semanas afastado por férias e compromissos profissionais. Em breve retornaremos com as seções fixas e novidades, incluindo o meu compromisso de publicar 3x por semana temas antigos que estão há anos com pauta reservada aqui no Almanaque Esportivo.

Aguardem!

Messi se iguala a Paolo Rossi: 3 gols no Brasil em um mesmo jogo! Confira a lista completa

12 de junho de 2012 7

A atuação exuberante de Lionel Messi no último sábado, no amistoso em que a Argentina bateu o Brasil por 4×3, deixou uma impressão incrível.  Foi a primeira vez que o Brasil levou 3 gols de um mesmo jogador desde o distante ano de 1982. Na ocasião, o atacante Paolo Rossi marcou 3 vezes em Valdir Peres e selou a dramática eliminação da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1982, derrota de 3×2 para a Itália.

Ninguém consegue parar Messi - Foto: Emmanuel Dunand / AFP

É bem verdade que os três gols do ‘carrasco‘ italiano foram infinitamente mais importantes, em uma Copa do Mundo, que os do argentino, um amistoso em Nova Jérsei contra a base do time olímpico brasileiro. Porém o fato é significativo por si só. Vejam os gols de Messi e também de Rossi:

LIONEL MESSI – ARGENTINA 4X3 BRASIL – AMISTOSO INTERNACIONAL – 2012

PAOLO ROSSI – ITÁLIA 3X2 BRASIL – COPA DO MUNDO – 1982

Messi completou 82 gols em 2011/12, com 73 em jogos oficiais pelo Barcelona e mais 9 pela Seleção Argentina. Em 72/73, o alemão Gerd Muller fez 67 gols pelo Bayern de Munique e Alemanha Ocidental. Já em 1958, o gênio Pelé marcou 77 vezes (9 gols pela Seleção Brasileira e 68 gols pelo Santos).

Vale ressaltar ainda que outros nove jogadores marcaram três gols no Brasil. Foram 4 argentinos (5 com Messi), um polonês, um iugoslavo, um paraguaio, um belga e um tchecoslovaco. Alguns foram em amistosos, outros em torneio oficiais e três deles em Campeonatos Sul-Americanos, a competição precursora da atual Copa América. Confiram a lista completa abaixo:

  • 1925 – Seoane - Brasil 1×4 Argentina – Campeonato Sul-Americano
  • 1934 – Marjanovic - Brasil 4×8 Iugoslávia - Amistoso Internacional
  • 1938 – Willimowski - Brasil 6×5 Polônia – Copa do Mundo (correção feita por Marcos Coimbra, obrigado)
  • 1945 – Mendez - Brasil 1×3 Argentina – Campeonato Sul-Americano
  • 1955 – González - Brasil 3×3 Paraguai - Taça Oswaldo Cruz
  • 1959 – Sanfilippo – Brasil 1×4 Argentina - Campeonato Sul-Americano
  • 1960 – Peucelle - Brasil 1×6 Argentina - Copa Roca
  • 1963 – Stockman – Brasil 1×5 Bélgica - Amistoso Internacional
  • 1968 – Adamec - Brasil 2×3 Tchecoslováquia - Amistoso Internacional
  • 1982 – Paolo Rossi - Brasil 2×3 Itália - Copa do Mundo
  • 2012 – Messi - Brasil 3×4 Argentina - Amistoso Internacional

Grêmio 2012: Os números, recordistas e mais dados estatísticos da temporada!

11 de junho de 2012 5

Em 2012, o Grêmio já atuou 32 vezes. Foram 24 vitórias, 2 empates e 6 derrotas, 66 gols a favor e 24 gols contra. O Tricolor teve Caio Júnior comandando a equipe por oito jogos, depois o interino Roger por uma partida, e então Wanderley Luxemburgo nos 23 jogos restantes.  Este sofreu apenas três derrotas (Pelotas, Internacional e Vasco da Gama), e segue com campanha de 100% na Copa do Brasil, competição que já está na fase semifinal.

Em se tratando dos artilheiros, o boliviano Marcelo Moreno lidera com dez gols. Mesmo ficando mais de dois meses fora, Kléber é o segundo com nove, seguido bem de perto pelo reserva André Lima e os volantes Fernando e Léo Gago, todos com seis. Quinze jogadores já marcaram em 2012.

Marcelo Moreno lidera artilharia gremista em 2012 - Foto: Diego Vara/RBS

# Jogador Gols
1 Marcelo Moreno 10
2 Kléber 9
3 André Lima 6
Fernando 6
Léo Gago 6
6 Bertoglio 5
7 Miralles 4
Naldo 4
Werley 4
10 Marco Antônio 3
11 Douglas Grolli 2
Gabriel 2
13 Gilberto Silva 1
Marquinhos 1
15 Souza 1
Fernando Belém (contra) 1
Wágner (contra) 1
Total 66

Já no quesito assistências, o líder é o contestado meia Marco Antônio, que já deu oito passes para gol. Ele está sendo seguido por Bertoglio e Kléber, ambos com cinco ‘presentes’ para gols de seus companheiros. Até agora, 16 atletas já colaboraram por gols do Tricolor, com 11 gols de rebote/roubada de bola, seis de pênalti e quatro de falta.

Marco Antônio, líder de assistências do Grêmio em 2012: Foto: Jarbas Oliveira/AE

# Jogador Assistências
1 Marco Antônio 8
2 Bertoglio 5
Kléber 5
4 Fernando 4
5 Edílson 3
Gabriel 3
Miralles 3
8 Felipe Nunes 2
Léo Gago 2
Souza 2
11 Douglas Grolli 1
Guilherme Biteco 1
Marcelo Moreno 1
Naldo 1
Pará 1
16 Rondinelly 1
Rebote/Roubada 11
Pênalti 6
Falta 4
Gol Contra 2
Total 66

OUTRAS CURIOSIDADES

  • Maior série invicta: 9 jogos (1x)
  • Maior série sem vencer: 1 jogo (8x)
  • Maior goleada: 5×0 no Novo Hamburgo, Gauchão
  • Pior derrota: 0×2 Lajeadense, Gauchão
  • Esquema mais utilizado: 4-4-2 (26 jogos, 11 deles com 3 volantes)

QUEM MAIS JOGOU

# Atleta/Jogo TOTAL
1 Victor 32
2 Fernando 31
3 Gabriel 27
4 Marco Antônio 27
5 André Lima 25
6 Léo Gago 25
7 Gilberto Silva 23
8 Marquinhos 23
9 Marcelo Moreno 22
10 Souza 22
11 Kléber 18
12 Pará 17
13 Naldo 16
14 Júlio César 15
15 Bertoglio 14
16 Leandro 14
17 Werley 13
18 Miralles 12
19 Vílson 12
20 Douglas Grolli 8
21 Edílson 7
22 Bruno Collaço 6
23 Felipe Nunes 6
24 Saimon 6
25 Mário Fernandes 5
26 Rondinelly 5
27 Douglas 3
28 Guilherme Biteco 3
29 Felipe Guedes 2
30 Yuri Mamute 2
31 Dener 1
32 Pablo 1

Brasileirão 2012: Dupla Gre-Nal supera e muito o aproveitamento do ano passado

08 de junho de 2012 1

Começa bem o Brasileirão 2012 para Grêmio e Internacional. Com sete pontos, o Colorado é vice-líder da competição após três rodadas. Já o Grêmio é o 4º colocado com duas vitórias. Além de ser o melhor início nos pontos-corridos para os dois times, fato destacado hoje no ZH Esportes em levantamento especial, outro aspecto deve ser comemorado: o retrospecto é animador em comparação com 2011, contra os mesmos adversários nos mesmos locais.

Em 2011, nas partidas contra Coritiba (C), Flamengo (F) e São Paulo (C), o desempenho do Internacional foi pífio: apenas 1 pontos obtido. Empatou com o Coxa em 1×1, com direito a Kléber errando pênalti no 1º tempo. Levou 1×0 do Flamengo em Macaé na penúltima rodada, gol de Ronaldinho após falha de Rodrigo Moledo. E foi goleado por 3×0 pelo São Paulo no Beira-Rio, derrota que causou a queda do técnico Paulo Roberto Falcão e do vice-de-futebol Roberto Siegmann.

Dupla Gre-Nal começa bem em 2012 - Editoria Arte ZH

Já o aproveitamento do Grêmio não foi muito melhor não. O Tricolor também só fez 1 ponto nos jogos contra Vasco da Gama (F), Palmeiras (C) e Atlético-GO (F). Contra o Vasco, levou 4×0 em uma atuação ridícula no São Januário. Do Palmeiras, empate em 2×2 arrancado no último lance do jogo em um golaço de Fernando. Já contra o Atlético, foi o oposto: derrota de 1×0 no lance final da partida, gol de Diogo Campos nos acréscimos.