Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Sub-20: Brasil e Argentina decretam vexame histórico e caem na 1º fase

19 de janeiro de 2013 2

Brasil e Argentina protagonizaram o maior fiasco da história dos Sul-Americanos Sub-20. O Brasil, atual tricampeão continental e campeão mundial, foi eliminado ontem ao levar 2×0 do Peru, com apenas uma vitória em 4 jogos. Já a Argentina deu um vexame ainda maior: sede do torneio, foi eliminada por antecipação e com apenas uma vitória em 4 jogos. Um fiasco do tamanho do continente, já que classificavam-se 3 dos 5 times de cada grupo.

A Seleção Brasileira, treinada por Émerson Ávila, mostrou o caos que temos nas categorias de base do futebol nacional. Do modelo com sucesso adotado por Mano Menezes, com Ney Franco de técnico do Sub-20 e coordenador do Sub-23, muito se perdeu com as mudanças na CBF.

Além da geração ser mediana, sem os talentos de Neymar, Oscar, Lucas Moura, entre outros, o técnico se mostrou perdido: insistiu em esquemas totalmente díspares entre si (ofensivo demais no 1º jogo, retranqueiro nos demais). A não-titularidade de Rafa Alcântara (depois de tanta briga para que ele jogasse pelo país) e Bruno Mendes (de final de temporada espetacular pelo Botafogo) foram outros dos problemas.

No caso da Argentina, campeã pela última vez em 2003 mas campeã mundial em 2007, o vexame é ainda maior. É o terceiro insucesso consecutivo em Sul-Americanos, pois em 2009 conseguiu a proeza de ser a 5º em 6 times no hexagonal final e ficar fora do Mundial, enquanto em 2011 ficou em 3º, foi pro Mundial (classificavam-se 4 times) mas fora das Olimpíadas de Londres.

Um vexame que faria qualquer país sério reestudar o que está ocorrendo em suas categorias de base e buscar alternativas.

Mas na CBF, comandada pelo ancião José Maria Marín, e na AFA, pelo eterno Julio Grondona? Esqueçam.

Brasil perdendo para o Uruguai - Foto: ALEJANDRO PAGNI / AFP

Comentários (2)

  • Carlos diz: 19 de janeiro de 2013
  • Rafael_Gremista diz: 21 de janeiro de 2013

    Seleçãozinha pífea.
    Filho de Bebeto … filho de Mazinho…. filho do Zelador da CBF e por aí vai. Se o futebol brasileiro está destinado a ser jogado por jogadores medianos/medíocres que são apadrinhados por gente grande do meio estamos em maus lençóis no quesito títulos num futuro próximo. Uma pena porque tem bastante Zé Ninguém nos campinhos de areia que correriam e se dedicariam muito mais do que os que estava lá e fizeram esse fiasco histórico.

Envie seu Comentário