Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

E a Federação Gaúcha segue incapaz de fazer uma tabela decente do Gauchão!

07 de fevereiro de 2013 8

Em mais uma temporada, o Almanaque Esportivo vem aqui mostrar os erros grosseiros da Federação Gaúcha de Futebol em montar uma tabela coerente de jogos.  Desde 2009 a pessoa responsável por montar a tabela é incapaz de acertar distorções como um mesmo time da dupla jogar quatro vezes seguidas como mandante ou visitante contra um time do interior, ao invés de simplesmentar alternar, ano após ano, os mandos de campo.

Ontem tivemos mais um exemplo: foi a terceira vez seguida que o Inter enfrentou o Lajeadense em Lajeado, desde que este time subiu para a Primeira Divisão em 2011. Já o Grêmio semana passada pelo 3º ano de 4 temporadas o São Luiz em Ijuí (OBS: obrigado Rafa Kieling pela correção). A situação mais ridícula ocorreu em Santa Cruz do Sul: o Inter jogou seis vezes seguidas contra os times de lá, Santa Cruz e Avenida, no Beira-Rio, enquanto o Grêmio jogava no interior.

O que é mais estarrecedor é que, de acordo com o presidente da FGF Francisco Novelletto, o Gauchão serve muito para que as comunidades do Interior assistam os times grandes da capital. Então porque ele não satisfaz a todos? O Inter não joga em Pelotas desde 2009, enquanto o Grêmio não joga em Lajeado há quase QUINZE ANOS.

  • 2008 a 2011 - Inter joga seis vezes em Porto Alegre contra times de Santa Cruz do Sul consecutivamente. Às vezes mais de uma vez no mesmo ano (contra o Santa Cruz e Avenida). Enquanto isto, o Grêmio jogava fora de casa contra os mesmos times. Isto foi relatado DUAS VEZES aqui no Almanaque Esportivo, a última em 2010.
  • 2008, 2009, 2011 e 2013 – Inter joga contra o São José no Passo D’Areia, enquanto o Grêmio pegava o mesmo time no Olímpico. Detalhe: o Inter já tinha jogado com o Zequinha em 2006 e 2007 no Passo D’Areia.
  • 2009 a 2012 – FGF não consegue colocar a dupla Gre-Nal com número equilibrado de jogos em casa: às vezes um time joga 10 em POA e o outro 7. Bizarro. Isto foi levantado pelo blog Grêmio 1983 na época.
  • 2010 a 2013 – Internacional enfrenta o Pelotas pela 4º vez consecutiva em Porto Alegre, enquanto o Grêmio joga sempre em Pelotas. Ridículo.
  • 2009 a 2013 – Internacional enfrenta o Juventude 4 vezes consecutivamente em Porto Alegre. O Grêmio em Caxias.
  • 2009 a 2013 – Grêmio enfrenta o Caxias 4 vezes consecutivamente em Porto Alegre. O Inter em Caxias.
  • 2009 a 2012 – Grêmio joga 3 vezes contra o Ypiranga em Erechim e só 1 em POA. Inter em Porto Alegre.
  • 2010 a 2013 – Grêmio joga 3 vezes em 4 anos contra o São Luiz em Ijuí. Já o Inter em Porto Alegre.
  • 2011 – Ciente de que o Grêmio teria que jogar a pré-Libertadores e o Inter teria folga estendida após o Mundial, a FGF mantém data do Gre-Nal em Rivera para final de janeiro. Resultado: o Tricolor jogou com reservas, e o Colorado com seu time Sub-23. 4 mil pessoas no jogo, absolutamente ridículo.
  • 2009 a 2012 – Veranópolis enfrentou Caxias E Juventude em casa na fase regular de jogos.

VEJA TAMBÉM

Sábado, 31 de maio de 2008
Regulamentos idiotas, parte I – O jogo que o time fez gol contra de propósito

Terça-feira, 03 de junho de 2008
Regulamentos Idiotas, parte II – O dia que o Grêmio jogou para perder

Quarta-feira, 04 de junho de 2008
Regulamentos idiotas, parte III – O dia que o Náutico jogou para perder

Sexta-feira, 29 de maio de 2009
Regulamentos idiotas, IV: Série D 2009, ou ‘como comparar laranjas com melancias’

Comentários (8)

  • Marcel diz: 7 de fevereiro de 2013

    Ridículo é ter jogos as 17:00 em meio de semana é para quebrar os times do interior e dissipar os sócios… Quando o Noveletto vai sair dessa FGF?

  • Fábio diz: 7 de fevereiro de 2013

    Parabéns, bela constatação. Já tinha percebido isso quanto aos jogos de Grêmio e Inter em Pelotas. Mostra que o Gauchão, assim como a maioria dos regionais, existe apenas para manter a saúde política e financeira das confederações e dos que transitam nelas.

  • Ocimar diz: 7 de fevereiro de 2013

    Srs, vcs conhecem a melhor coisa inventada para ser usada num computador???? Não é isto aí que vcs estão pensando não… é o COPIAR e COLAR!!! Transforma qualquer asno num ótimo produtor de textos… Então, é só pegar a tabela do ano passado, substituir os times que cairam pelo o que subiram e COPIAR e COLAR… Vc já notou que na CBF é a mesma coisa… Há anos, certo adversário do Inter numa rodada, passa a ser o adversário do grêmio, só que com o mando de campo invertido??? Ponte Preta, Figueirense, Atlético-PR, Atlético-MG, Coritiba, Náutico… Podem pegar as tabelas que vcs irão ver…

  • Ocimar diz: 7 de fevereiro de 2013

    Srs, vcs conhecem a melhor coisa inventada para ser usada num computador???? Não é isto aí que vcs estão pensando não… é o COPIAR e COLAR!!! Transforma qualquer asno num ótimo produtor de textos… Então, é só pegar a tabela do ano passado, substituir os times que cairam pelo o que subiram e COPIAR e COLAR… Vc já notou que na CBF é a mesma coisa… Há anos, certo adversário do Inter numa rodada, passa a ser o adversário do grêmio, só que com o mando de campo invertido??? Ponte Preta, Figueirense, Atlético-PR, Atlético-MG, Coritiba, Náutico… Podem pegar as tabelas que vcs irão ver…

  • Uilian diz: 8 de fevereiro de 2013

    Sem falar nas alterações de datas e horarios, chega a ser cômico olhar a primeira tabela fornecida pela pela FGF, jogos da dupla grenal no mesmo dia e horario em Porto Alegre(ex: GremioXCaxias , São JoséXInter), que OBVIO que serão proibidos pela Brigada Militar, InterXNoia e CanoasXPasso Fundo ficaram marcados para acontecer no mesmo estadio(COmplexo da ULBRA) e mesmo horario e data, faltando menos de 3 dias, foram perceber isso.
    A tabela “original” comparada com a atual, mais de 80% dos jogos foram alterados em algo(data, horario ou estadio), muitas vezes essas alterações acontecem com 2, 3 dias antes do jogo, algo completamente amador.

  • Fábio diz: 8 de fevereiro de 2013

    A incompetência vem de cima, começa pelo fraco dirigente e presidente da FGF Francisco Novelletto. Quem o conhece e já teve a oportunidade de trabalhar em suas empresas sabe que do que estou falando. Afora isto, tem muita “maracutaia”, muita manobra política, interesses maiores (R$) e uma podridão fétida. Se, um dia alguém for a fundo na FGF vai ficar pasmo com tanta imperícia e negligência. Isto é Brasil, o país da Copa 2014!

  • Kadu diz: 9 de fevereiro de 2013

    Mas que engraçado. Quando a FGF favorece a dupla grenal, o que acontece com MUITA frequencia, ninguem reclama.

Envie seu Comentário