Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 9 fevereiro 2013

Querem acabar com "time reserva", "time B" no Gauchão? REDUZAM PARA 12 TIMES

09 de fevereiro de 2013 18

Ano após ano, sistematicamente, a mesma reclamação proveniente dos dois grandes da capital, e sempre do time pequeno do interior irritado com time reserva, perdendo uma ótima receita no Campeonato Estadual. O Gauchão utiliza TODAS as 23 datas disponibilizadas pela CBF e é exatamente este o principal motivo pelo qual tanto Grêmio quanto Internacional jogam diversas vezes com time reserva, muitas vezes até com o time B (o grupo reserva do reserva, que nem trabalha com os principais).

Grêmio B x Canoas - Jogo inutil - Foto: Félix Zucco

Mas isto ocorre devido ao absurdo número de participantes: 16. Depois do rentável Campeonato Paulista (que tem 20), o pequeno estado do Rio Grande do Sul é o que tem mais times no estadual. O Campeonato Mineiro, de um estado equivalente ao RS, tem só 12 times, mesmo número do Paranaense.

Quando Grêmio e Inter se classificam para a Libertadores, ainda mais via Pré-Temporada, a superposição de datas chega às raias da loucura: em 2010 o Inter jogou um mata-mata do 1º tuno 48h antes da estréia na Libertadores, teve que jogar com time B e foi eliminado. Em 2012, o Inter jogou 24 horas depois de jogo da Libertadores, algo repetido pelo Grêmio 2x este ano!

Mantendo a fórmula, mas reduzindo o número de times, dá para fazer um Gauchão com 17 datas, 12 participantes:

  • Dois grupos de seis times
  • Jogos entre os grupos no 1º turno (6 jogos)
  • Classificam-se os 2 primeiros no 1º turno
  • Semifinal e final, ambas em jogo único na casa do time de melhor campanha
  • Jogos dentro do mesmo grupo no 2º turno (5 jogos)
  • Classificam-se os 2 primeiros no 2º turno
  • Semifinal e final, ambas em jogo único na casa do time de melhor campanha
  • Se o campeão não for o mesmo nos dois turnos (Taça Piratini e Farroupilha), finais com jogos de ida e volta
  • Total: 11 jogos na fase de grupos + 4 nos mata-mata + 2 em uma possível grande decisão = 17 datas.

Lajeadense x Inter reserva - outra inutilidade - Foto: Diego Vara

Simples, não? Imaginem que nos últimos 4 anos, desde 2009 utilizando esta fórmula, em nenhuma vez Grêmio ou Internacional usaram reservas por mais de seis rodadas. Ou seja, exatamente esta a diferença.

Sei que os clubes do interior morrem de medo de, na redução de 16 para 12 times, o time deles seja rebaixado.

Mas não é possível que eles vejam seu próprio produto, talvez o único que eles possuem de ampla exposição de sua marca, seja sistematicamente diminuído por jogos do time reserva.

O que seria mais interessante para o São Luiz, de Ijuí: jogar contra o time B do Grêmio ou contra os titulares? Nem preciso dizer, né?

Mas é necessário coragem para tomar decisões como estas.

E não vejo isto na Federação Gaúcha de Futebol.

Nem nos clubes do Gauchão.

VEJA TAMBÉM