Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 10 março 2013

Em Ijuí, Inter conquista Taça Piratini e mantém escrita de não perder finais de turno

10 de março de 2013 2

A goleada de 5×0 sobre o São Luiz em Ijuí manteve uma estatística favorável ao Internacional: o time jamais perdeu uma final de turno desde 2009, quando foi implantado o atual regulamento do Gauchão. Com o triunfo na Taça Piratini, são seis conquistas de turno em seis finais disputadas. Além disto, outra estatística favorável: o Inter conquistou todos os segundo turnos do Gauchão disputados desde então, sendo campeão estadual em 3 dos 4 anos.

Em 2009, o Inter ganhou os dois turnos, sendo campeão invicto por antecipação. No primeiro turno, um 2×1 sobre o Grêmio no Beira-Rio e o título da então chamada taça Fernando Carvalho. Já no segundo turno, o histórico (porém não inédito) 8×1 sobre o Caxias, levando a conquista da Taça Fábio Koff e o título gaúcho.

Colorados comemoram Taça Piratini - Foto: Diego Vara/Agência RBS

Em 2010, o Inter venceu o segundo turno batendo o Pelotas por 3×2, levantando a taça Fábio Koff. Já em 2011, com a nova nomenclatura, o Colorado superou o Grêmio nos pênaltis por 4×2, depois de um 1×1 no tempo normal. Finalizando, em 2012 nova vitória, desta vez no segundo turno também sobre o Grêmio pelo placar de 2×1.

O Grêmio conquistou dois turnos desde então: o primeiro turno de 2010 (a Taça Fernando Carvalho), vitória de 1×0 sobre o Novo Hamburgo. Em 2011, em um jogo dramático, um 2×2 no tempo normal e 4×1 nos pênaltis sobre o Caxias.

O outro time a conquistar um turno foi o Caxias, que bateu o Novo Hamburgo por 3×2 nos pênaltis, depois de 1×1 no tempo normal em pleno estádio do Vale. Novo Hamburgo e Pelotas já chegaram na final de turno e nunca venceram (o Nóia 2x).

Confira abaixo todas as conquistas e confrontos:

  1. Internacional – 6 vitórias (1º e 2º turnos em 2009, 2º turno em 2010, 2011, 2012 e 1º turno em 2013)
  2. Grêmio – 2 vitórias (1º turno em 2010 e 2011), 3 derrotas (1º turno em 2009, 2º turno em 2011 e 2012)
  3. Caxias – 1 vitória (1º turno em 2012), 2 derrotas (1º turno em 2011, 2º turno em 2009)
  4. Pelotas – 1 derrota (2º turno em 2010)
  5. São Luiz – 1 derrota (1º turno em 2013)
  6. Novo Hamburgo – 2 derrotas (1º turno em 2010, 2º turno em 2013)

Todas as nove finais:

2009

  • Internacional 2×1 Grêmio – Taça Fernando Carvalho
  • Internacional 8×1 Caxias – Taça Fábio Koff

2010

  • Grêmio 1×0 Novo Hamburgo – Taça Fernando Carvalho
  • Internacional 3×2 Pelotas – Taça Fábio Koff

2011

  • Grêmio (4) 2×2 (1) Caxias – Taça Piratini
  • Internacional (4) 1×1 (2) Grêmio – Taça Farroupilha

2012

  • Novo Hamburgo (2) 1×1 (3) Caxias - Taça Piratini
  • Internacional 2×1 Grêmio – Taça Farroupilha.

2013

  • São Luiz 0×5 Internacional - Taça Piratini

OBS: matéria sugerida após comentário do tuiteiro @juniorcolorado5