Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 29 março 2013

Cruzeiro faz história! Primeiro time gaúcho a ganhar no Beira-Rio e também na Arena!

29 de março de 2013 9

“Matador de Gigantes”. Assim podemos chamar o Cruzeiro, tradicionalíssimo time de Porto Alegre que completou 100 anos na última temporada. Ele entrou para a história da Arena do Grêmio ao se tornar o primeiro time brasileiro e gaúcho a vencer o Grêmio em seu novo estádio. O 2×1 desta quinta-feira pelo Campeonato Gaúcho foi a segunda derrota gremista na nova casa, a primeira em uma competição nacional (a outra foi para o Huachipato pela Copa Libertadores em fevereiro).

Só que isto não é uma façanha isolada do time da Zona Norte de Porto Alegre, que está se transferindo para Cachoeirinha. O Esporte Clube Cruzeiro também foi o primeiro time gaúcho a vencer o Internacional no estádio Beira-Rio! Isto ocorreu no dia 1º de maio de 1970, no 16º jogo colorado em seu novo estádio pelo Campeonato Gaúcho e o placar foi de 1×0 para o Cruzeiro.

Cruzeiro foi o 1º gaúcho a ganhar no Beira-Rio e também na Arena! - Foto: Ricardo Duarte, Agência RBS

O mando de campo era do Cruzeiro, mas por questões óbvias de público o jogo foi disputado no Beira-Rio. O Inter jogou inclusive com seu treinador reserva, Marco Eugênio, ao invés do titular Daltro Menezes, e um time bem descaracterizado. Isto porque o time titular estava fazendo uma série de amistoso no Peru, e havia vencido dois dias antes a então fortíssima Seleção Peruana por 2×0 em pleno estádio Nacional de Lima.

A derrota ocorreu na 42º partida do Inter no Beira-Rio. Antes deste jogo, o Inter já havia perdido outras quatro partidas no Beira-Rio, então com 13 meses de existência: para as Seleções da Hungria e Uruguai (em amistosos, obviamente) e para o Flamengo e Portuguesa (ambos no Robertão 1969).

Para garantir a confiabilidade da informação, fiz uma pesquisa bem apurada para isto e utilizei duas fontes diferentes: banco de dados próprio e o site RSSSF Brasil. Correções são bem-vindas!