Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Bizarrices"

Batalha campal no futebol mexicano termina com NOVE expulsos

24 de outubro de 2012 0

O jogo Tecos Estudiantes 2×1 Dorados, válido pela Segunda Divisão do futebol mexicano, terminou com uma histórica batalha campal. Nada menos que cinco jogadores do Tecos e 4 do Dourados foram expulsos, sendo seis em campo e mais 3 reservas. A dica do post foi do leitor Fernando Zawacki Johann

NASCAR - Acidente com 25 carros na última volta em Talladega: sem feridos

08 de outubro de 2012 0

Últimas voltas na NASCAR normalmente são perigosas e emocionantes. Às vezes as duas coisas. Na corrida deste domingo em Talladega, vencida por Matt Kenseth, um acidente iniciado por Tony Stewart e Michael Waltrip envolveu nada menos que 25 carros.  Ninguém se feriu com gravidade, e dos 25 carros envolvidos, 17 ainda conseguiram passar na linha de chegada danificados, enquanto oito ficaram parados após o acidente.

Depois de uma bandeira amarela, Stewart liderava seguido por Kenseth, que assumiu a liderança na penúltima volta. Com os carros muito próximos entre si, Casey Mears tocou na traseira de Waltrip, que acertou Stewart. Na confusão, este foi jogado para cima, caindo sobre outros pilotos, enquanto Waltrip bateu forte no muro e ricocheteou, acertando outros pilotos. Vejam as cenas:

Além de Kenseth, Jeff Gordon e Kyle Busch escaparam da batida, além dos outros 17 pilotos que se acidentaram e conseguiram se arrastar até a linha de chegada. O acidente lembrou o mais dramático da história do automobilismo norte-americano, quando 37 carros bateram em Daytona no ano de 1960, em um acidente chamado simplesmente de “The Big One” (“O Grande”).

Outro acidente marcante foi na última volta, também em Daytona, em 1976. David Pearson e a lenda Richard Petty bateram disputando a vitória da corrida. Já em 2009, também em Daytona, Carl Edwards e Brad Keselowski bateram faltando duas voltas para o final. Todas estas histórias já foram contadas no Almanaque Esportivo:

  • Semana HAVOC III: “The Big One”, Daytona 1960
  • Memória: chegada incrível em 1976 na NASCAR
  • NASCAR: milagre evita tragédia e reabre discussão sobre segurança – 2009
  • 500 Milhas de Daytona 2011: Montoya roda e bate em carro de serviço, que explode!
  • Mundo da Bola: A jogada ensaiada mais perfeita da década!

    05 de outubro de 2012 1

    Simplesmente sensacional a jogada ensaiada que ocorreu no jogo Moldávia 0×4 Sérvia, pelo Campeonato Europeu Sub-17 em partida disputada na cidade de Indjija. Andrija Zivkovic aproveitou um escanteio cobrado por e marcou um gol antológico, aproveitando o ‘corta-luz’ de outros três companheiros. Foi o segundo na vitória fora de casa que garantiu os sérvios na liderança do grupo 1:

    Vejam o golaço:

    SÉRIE B: Goleiro dá uma voadora no rosto de adversário e é expulso!

    19 de setembro de 2012 8

    O veterano goleiro Neneca foi expulso no jogo de ontem da Série B entre Bragantino e América-MG, 2×0 para o time da casa. No início do segundo tempo, Neneca deu uma voadora no rosto do atacante Barbosa, que caiu na área. Pênalti e cartão vermelho para Neneca:

    Vale ressaltar o comentário absolutamente “non-sense” do comentarista Müller, que diz que Neneca foi expulso por ser o “último homem”. Não, Müller: ele foi expulso por AGRESSÃO a um adversário. Afeee! Na cobrança, Mateus fez 1×0 (obrigado Giovanni Siqueira pela correção!).

    Em 2007, o instável goleiro argentino Gastón Sessa, do Vélez Sarsfield, fez lance idêntico no jogo contra o Boca Juniors em La Bombonera, oitavas-de-final da Copa Libertadores. A agressão, feita em Rodrigo Palacios, também gerou cartão vermelho e pênalti:

    A pedidos, o golpe de Renan sobre Rodrigo Mendes no Gre-Nal do 1º turno do Campeonato Brasileiro, 1×1 no estádio Olímpico. Renan também foi expulso e igualmente foi pênalti convertido:

    BIZARRO - Três gols contra em um só jogo no futebol grego, um deles antológico

    18 de setembro de 2012 0

    O jogo Panionios 2×1 OFI, válido pela Superliga do futebol grego, ficou marcado por um fato inusitado: os três gols da partida foram contra. O Panionios saiu na frente com um gol contra antológico, do esloveno Mirnes Sisic: ele deu uma rosca na bola, a bola subiu e o goleiro Stefanos Gounaridis enfiou para dentro. Grotesco. Este merece destaque especial:

    Não satisfeito, o OFI fez outro gol contra: em cruzamento rasteiro da esquerda, a bola bateu no brasileiro Vando e entrou. Insatisfeito, o Panionios no finalzinho também fez o seu golzinho contra: em cruzamento da esquerda, Efthimios Kouloucheris meteu para dentro, em lance parecido com o gol contra anterior.

    Todos os gols contra você vê aqui: 3η Αγ. ΠΑΝΙΩΝΙΟΣ – Ο.Φ.Η 2-1

    Atacante finlandês bate pênalti de letra e com os olhos vendados

    18 de setembro de 2012 0

    Você conhece Pekka Sihvola? Eu também não, mas ele conseguiu uma proeza sensacional. Jogador do MyPa, um dos mais populares times do futebol da Finlândia, o atacante fez um desafio nos treinos do time no último sábado.

    Sihvola disse que conseguia fazer um gol batendo pênalti de letra. E com um detalhe: com os olhos vendados! E não é que ele conseguiu? Vejam:

    AUTOMOBILISMO: o momento mais engraçado da história

    04 de setembro de 2012 0

    Esta é antiga mas vale a pena! Ano de 2001, Campeonato Australiano de Supercars V8. Na corrida disputada nas ruas de Canberra, capital do país, o australiano Marcos Ambrose teve um pequeno probleminha…

    Vejam ATÉ O FINAL:

    Brasileiro Maicosuel inventa, erra pênalti e elimina Udinese da Liga dos Campeões

    28 de agosto de 2012 1

    O brasileiro Maicosuel, ex-Botafogo e Palmeiras, foi protagonista da rodada de hoje no futebol europeu. Infelizmente pelo lado negativo. sUA Udinese foi eliminada nesta terça-feira da Liga dos Campeões da Europa pelo Braga, na terceira e última fase classificação para a rentável etapa de grupos.

    O time italiano, jogando em pleno estádio Friuli, empatou em 1×1 com o adversário português, gols de Pablo Armero (também ex-Palmeiras) para a Udinese e Rúben Micael para o Braga. Como foi o mesmo resultado da partida de ida, a decisão foi para as penalidades, vencida pelos visitantes por 5×4.

    O único a não converter sua cobrança foi Maicosuel. Na terceira série, o meia-atacante tentou bater de cavadinha, aquela mesma inventada pelo tcheco Antonín Panenka em 1976, e o goleiro Beto pegou no meio do gol, em pé e sem fazer esforço. Vejam o replay da bobagem:

    Cada um dos 32 participantes da primeira fase tem 8 milhões de euros garantidos, mais premiações variáveis de 870 mil euros por vitória e 472 mil euros por empate. Isto sem contar patrocínios eventuais por jogo e as polpudas bilheterias dos times com grandes estádios, como Manchester United, Barcelona, Real Madrid, Borussia Dortmund ou Arsenal. Para piorar, a Itália agora pode perder a 4º posição no ranking da UEFA justamente para Portugal, além da 5º posição para os franceses.

    Perceberam o tamanho do prejuízo que a falta de noção de um jogador recém-contratado causou ao seu novo clube?

    E o mais bizarro é que não foi a 1º vez. Na Copa do Brasil de 2009, o Botafogo foi eliminado pelo Americano nos pênaltis e Maicosuel também foi o único a errar a cobrança: fingiu uma paradinha e chutou na trave, revejam:

    Depois não sabem porque o jogador brasileiro sempre vale menos que o argentino quando é comprado diretamente aqui da América do Sul…

    VEJA TAMBÉM

    BASQUETE - Cesta sensacional nos segundos finais em clássico europeu

    20 de agosto de 2012 1

    O clássico dos Balcãs entre Sérvia e Montenegro pelas Eliminatórias para o Campeonato Europeu de Basquete foi decidido ontem nos segundos finais. Em partida válida pela segunda rodada do Grupo A na Arena Belgrado, a Sérvia vencia por 13 pontos de diferença faltando cinco minutos, mas desandou a maionese e chegou aos instantes finais com 70×70 sobre os rivais montenegrinos.

    Faltando 3.8 segundos, o sérvio Milos Teodosic sofreu falta e teve direito a dois lances livres. O craque do time errou o primeiro e converteu o segundo, porém o tempo exíguo impediria os montenegrinos de chegarem próximos à area de arremesso simples, sendo necessário um arremesso milagroso com a sirene tocando.

    O “buzzer shot” ficou a cargo do jovem Nikola Ivanovic. De apenas 18 anos, a estrela montenegrina acertou um arremesso improvável, do meio da quadra sob pressão. Vejam o lance:

    Com o improvável resultado, Montenegro (que havia vencido Israel na estréia), assume a liderança ao lado da Estônia com 2 vitórias. Já a Sérvia, maior potência do grupo no esporte e que havia batido os islandeses na 1º rodada, tem 1 vitória e 1 derrota na competição, ainda em fase inicial.

    Ano passado, o Almanaque Esportivo contou uma história semelhante. Desta vez, vitória dos sérvios na decisão da Liga Adriática de Basquete:

    F-1 Bizarro: os 3 malucos que invadiram a pista durante as corridas!

    23 de julho de 2012 1

    Cornelius Horan invadindo o GP da Inglaterra de 2003 - Captura de TV

    Vou contar agora casos inacreditáveis que colocaram os invasores, pilotos e fiscais de pista em desespero durante provas da Fórmula-1 nos últimos 15 anos. São três pessoas que invadem a pista durante provas e deixam todos em pânico até que são impedidas pelos comissários. Em resumo: três idiotas.

    2000 – GP DA ALEMANHA – HOCKENHEIM

    Na lendária pista de Hockenheim, ainda em seu antigo traçado, Um empregado demitido da Mercedes-Benz invadiu a pista na parte mais veloz do circuito e cruzou a mesma sob o olhar atônito dos fiscais de pista que tentavam impedi-lo. Com uma faixa dizendo que a montadora havia lhe demitido depois de 20 anos de serviço, este homem obrigou a entrada de um safety-car até que fosse imobilizado pelos fiscais.  A corrida ficou marcada por um fortíssimo acidente entre o brasileiro Pedro Paulo Diniz e o francês Jean Alesi e, claro, pela primeira vitória de Rubens Barrichello na Fórmula-1, a primeira em sete anos do Brasil na categoria.

    2000 – GP DA INGLATERRA – SILVERSTONE

    O demente padre irlandês Cornelius Neil Horan invadiu a pista em um setor de alta velocidade na 11º volta. Ao contrário do alemão invasor de três anos antes, Horan entrou no meio da pista com banners escrito “Leia a Bíblia” e “A Bíblia está sempre com a razão”. Horan correu sério risco de ser atropelado e causar um incidente de graves proporções, pois andava na contra-mão da pista em direção à curva, aonde a visibilidade dos pilotos seria menor. Ele foi imobilizado por um fiscal de pista antes que o pior ocorresse:

    Este ex-padre (excomungado pela Igreja Católica), faria bem pior no ano seguinte: invadiria a prova de 42km da Maratona de Atenas e derrubou o brasileiro Vanderlei Cordeiro de Lima, que então liderava faltando poucos quilômetros. Vanderlei terminou com o bronze e posteriormente foi agraciado com a medalha “Pierre de Coubertin“, a honraria máxima do esporte mundial. Assim como em 2000, Hakkinen liderava mas perdeu a distância por causa do safety-car. Rubinho, em uma de suas melhores corridas na carreira, venceu novamente.

    2004 – GP DA ESPANHA – BARCELONA

    Nesta corrida o invasor foi um velho conhecido. O mundialmente conhecido e insano”Jimmy Jump” invadiu a volta de apresentação do GP da Espanha com sua habitual indumentária ‘promovendo’ a liberdade da Catalunha. Jimmy foi derrubado e retirado pelos fiscais de pista antes que os pilotos ficassem sabendo. A corrida, que não foi afetada pelo incidente, foi vencida por Michael Schumacher.

    OBS: obviamente não citei o incidente do GP da África do Sul em 1977, Kyalami, no qual um fiscal de pista morreu atropelado pelo britânico Tom Pryce, igualmente morto no acidente. São casos diferentes, apesar do equívoco em estar dentro da pista ter sido idêntico.