Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Bizarrices"

Goleiro do Haiti e atacante de El Salvador protagonizam lance grotesco na Copa Ouro

17 de julho de 2013 0

A Copa Ouro, principal competição continental da CONCACAF, teve um lance bisonho nesta terça-feira. El Salvador bateu o Haiti por 1×0 em Houston e se classificou para as quartas-de-final, mas não antes de protagonizar um dos lances mais toscos do ano.

Após um contra-ataque aos 17 minutos de jogo, a bola sobrou para o goleiro haitiano Frandy Montrévil dar um bicão. Mas ele furou sozinho e deixou livre para o hondurenho Rodolfo Zelaya fazer o gol. Inacreditavelmente, isto ocorreu:

Aos 41 minutos do segundo tempo, a chance de se redimir: pênalti para Honduras. Só que Zelaya perdeu! A situação só não ficou pior para ele pois no rebote da cobrança, ele conseguiu finalmente converter e selar o suadíssimo 1×0 sobre os fracos haitianos.

Loucura na Segundona Inglesa: de novo pênalti desperdiçado nos acréscimos e gol no contra-ataque!

12 de maio de 2013 0

Nos acréscimos, um time errou um pênalti em um confronto direto na luta para subir de divisão, e levou o gol fatal no contra-ataque. Sim, vocês já viram isto aqui no Almanaque Esportivo há duas semanas, na rodada final: “Terceira Divisão Inglesa tem final histórico: pênalti perdido, gol de contra-ataque!”

SÓ QUE ESTOU FALANDO DE OUTRA HISTÓRIA! Incrivelmente, repetiu-se a cena da Terceirona agora em um jogo decisivo da Segunda Divisão Inglesa, levando um time do céu ao inferno (e o outro do inferno ao céu) em menos de 20 segundos.

Nos play-0ffs de promoção da Segunda Divisão, o Watford levou 1×0 do Leicester City fora de casa e precisava vencer para continuar sonhando com o retorno à elite. Saiu na frente com Matej Vydra, mas levou o empate ainda no primeiro tempo, gol de Dave Nugent. Vydra fez 2×1 aos 20 do segundo tempo, resultado que levava o jogo para a prorrogação.

Aos 49 do 2º tempo, em um pênaltizinho “a la brasileira” de Marco Cassetti em cima de Anthony Knockaert, o Leicester teve a chance de empatar e se garantir. O próprio Knockaert, que já comemorava na frente da torcida visitante, bateu a penalidade. Muito mal, o goleiro espanhol Manuel Almunia (ex-Arsenal) pegou e também defendeu o rebote. A defesa deu um bicão pro ataque e no lance a seguir, Jonathan Hogg desviou do goleiro Kasper Schmeichel, Vydra tocou na bola e Troy Deeney pegou de voleio com força para classificar o Watford!

Invasão de campo, loucura do técnico Gianfranco Zola, ex-ídolo do futebol italiano e do Chelsea. Incrível!

Reação na SkySports:

Invasão de campo após gol incrível do Watford - Reprodução TV

Com o resultado, o Watford vai disputar o jogo mais valioso do futebol mundial: o play-off decisivo que vale mais de 100 milhões de euros para o vencedor.

BIZARRO: Jogador atende telefone celular durante partida na Alemanha

25 de janeiro de 2013 3

Tá, a manchete era só para chamar a atenção.  Sim, realmente aconteceu, mas foi lá na sétima divisão do futebol alemão. No jogo SV Ems Jemgum 1×1 Fortuna Veenhusen, disputa da liderança da amadora Kreisliga, Matthias Hilbrands do Jemgum foi flagrado por um cinegrafista atendendo o celular durante o jogo, disputado no norte da Alemanha!

O legal é que a bola foi na direção dele e ele, com o telefone na mão, cometeu uma falta e levou amarelo! Se isto é comum por lá, não sei, mas o fato é que que nem sempre temos as imagens. Nesta temos:

FUTEBOL PELO MUNDO: Histórias de verdadeiro "fair-play" em gols e pênaltis

30 de outubro de 2012 0

A discussão sobre o gol ilegal de Hernán Barcos com a mão contra o Internacional e a falta de “fair-play” do jogador argentino do Palmeiras remeteram ao lance ocorrido com o alemão Miroslav Klose, da Lazio, que também fez gol com a mão mas se acusou e o lance foi invalidado. Vejam o lance do alemão:

Ao longo dos anos, criei a convicção que este “fair-play” imposto à força pela FIFA e pela UEFA são totalmente contrários ao bem do futebol. Jogadores fingem lesões para parar o jogo, o tempo de jogo em andamento é reduzido, fora o inevitável “mimimi”. Sendo assim, resolvi homenagear alguns lances de verdadeiros momentos de “fair-play”:

  • ROBBIE FOWLER, ARSENAL X LIVERPOOL – 1997 – CAMPEONATO INGLÊS

O temperamental e talentoso atacante inglês Robbie Fowler, uma lenda dos torcedores do Liverpool, protagonizou um dos mais memoráveis lances que eu vi de puro “jogo limpo”. Em uma partida duríssima contra o rival Arsenal em Highbury Park peloCampeonato Inglês em 1997, Fowler caiu na área após toque com David Seaman, goleiro do Arsenal.

Imediatamente, o juiz Gerald Ashby marcou pênalti. Então a surpresa: Fowler categoricamente acenou e falou que não foi pênalti, mas o juiz não voltou atrás. Batedor-oficial, Fowler acabou batendo mal (não errou de propósito segundo ele), Seaman pegou mas no rebote Jason McAteer tocou para as redes:

  • VITTORIO ESPOSITO, U.S. TERMOLI X TORRES – COPPA ITALIA DILLETANI 2012

Em jogo válido pela Copa da Itália amadora, a “Coppa Italia Dilletani”, o U.S. Termoli vencia o Torres por 1×0 e já se classificava. Quase no final da partida, Vittorio Esposito caiu na área e o juiz deu pênalti, mesmo com o jogador dizendo que não foi e para desespero do Torres. Em protesto, o goleiro não se mexeria na cobrança, de braços cruzados. Porém Esposito fez questão de errar o pênalti, chutando propositadamente para fora, em um momento de grandeza:

  • MORTEN WIEGHORST – DINAMARCA X IRÃ – TORNEIO AMISTOSO CARLSBERG CUP 2003

O capitão dinamarquês Morten Wieghorst também agiu de maneira admirável em um torneio amistoso de 2003. Quase no final do primeiro tempo de um jogo contra o Irã, válido pela competição amistosa Carlsberg Cup em Copenhague, o defensor iraniano Alireza Nikbakht Vahdi pegou a bola com a mão na grande área após ouvir o apito final do juiz. Porém o apito havia vindo da arquibancada, confundindo o atleta, que acabou tendo uma penalidade contra si marcada pelo árbitro Albert Chiu Sin Chuen, que não tinha outra escolha.

Após consultar o técnico Morten Olsen, Wieghorst propositadamente bateu o pênalti para fora por considerar injusta esta vantagem. Deste lance, não tenho imagens mas pesquisei que a partida encerrou-se em 1×0 para os iranianos. Sobre isto, um dirigente iraniano disse: “Os dinamarqueses não ganharam o jogo. Mas ganharam a nossa admiração”.

Outras histórias eu já contei aqui no Almanaque, vou resumir nos links abaixo:

Batalha campal no futebol mexicano termina com NOVE expulsos

24 de outubro de 2012 0

O jogo Tecos Estudiantes 2×1 Dorados, válido pela Segunda Divisão do futebol mexicano, terminou com uma histórica batalha campal. Nada menos que cinco jogadores do Tecos e 4 do Dourados foram expulsos, sendo seis em campo e mais 3 reservas. A dica do post foi do leitor Fernando Zawacki Johann

SÉRIE B: Goleiro dá uma voadora no rosto de adversário e é expulso!

19 de setembro de 2012 8

O veterano goleiro Neneca foi expulso no jogo de ontem da Série B entre Bragantino e América-MG, 2×0 para o time da casa. No início do segundo tempo, Neneca deu uma voadora no rosto do atacante Barbosa, que caiu na área. Pênalti e cartão vermelho para Neneca:

Vale ressaltar o comentário absolutamente “non-sense” do comentarista Müller, que diz que Neneca foi expulso por ser o “último homem”. Não, Müller: ele foi expulso por AGRESSÃO a um adversário. Afeee! Na cobrança, Mateus fez 1×0 (obrigado Giovanni Siqueira pela correção!).

Em 2007, o instável goleiro argentino Gastón Sessa, do Vélez Sarsfield, fez lance idêntico no jogo contra o Boca Juniors em La Bombonera, oitavas-de-final da Copa Libertadores. A agressão, feita em Rodrigo Palacios, também gerou cartão vermelho e pênalti:

A pedidos, o golpe de Renan sobre Rodrigo Mendes no Gre-Nal do 1º turno do Campeonato Brasileiro, 1×1 no estádio Olímpico. Renan também foi expulso e igualmente foi pênalti convertido:

BIZARRO - Três gols contra em um só jogo no futebol grego, um deles antológico

18 de setembro de 2012 0

O jogo Panionios 2×1 OFI, válido pela Superliga do futebol grego, ficou marcado por um fato inusitado: os três gols da partida foram contra. O Panionios saiu na frente com um gol contra antológico, do esloveno Mirnes Sisic: ele deu uma rosca na bola, a bola subiu e o goleiro Stefanos Gounaridis enfiou para dentro. Grotesco. Este merece destaque especial:

Não satisfeito, o OFI fez outro gol contra: em cruzamento rasteiro da esquerda, a bola bateu no brasileiro Vando e entrou. Insatisfeito, o Panionios no finalzinho também fez o seu golzinho contra: em cruzamento da esquerda, Efthimios Kouloucheris meteu para dentro, em lance parecido com o gol contra anterior.

Todos os gols contra você vê aqui: 3η Αγ. ΠΑΝΙΩΝΙΟΣ – Ο.Φ.Η 2-1

AUTOMOBILISMO: o momento mais engraçado da história

04 de setembro de 2012 0

Esta é antiga mas vale a pena! Ano de 2001, Campeonato Australiano de Supercars V8. Na corrida disputada nas ruas de Canberra, capital do país, o australiano Marcos Ambrose teve um pequeno probleminha…

Vejam ATÉ O FINAL:

Futebol Bizarro: "Briga" inventada engana a todos e ajuda em gol de falta!

14 de maio de 2012 0

Os jogadores do Hapoel Ra’anana, da 2º divisão de Israel, enganaram a todos e conseguiram marcar um gol importante em um jogo do Campeonato Israelense contra o Hapoel Ramat Gan. Dois deles fingiram uma discussão na cobrança de falta, criando um ‘corta-luz’ suficiente para que um terceiro batesse (com perfeição, aliás) e marcasse o gol. A dica foi do colega e amigo Wendell Ferreira, do Blog PrimeTime.

Enquanto Shahar Simantov empurrava Yosef Asayag, Avi Knafo batia falta com categoria e fazia 1×0 aos 36 minutos do 1º tempo.

Porém não adiantou nada, pois o Ramat Gan virou para 3×2 com dois gols no finalzinho. O resultado foi crucial para garantir a classificação do Ramat Gan em 1º lugar no seu grupo para as fases finais da Leumit League, como é chamada a Segunda Divisão em Israel.

Se fosse aqui, era capaz de algum “comentarista de arbitragem” dizer que o gol foi irregular, por qualquer motivo inexistente.

Post do Leitor: Equipe Inglesa goleia por 58x0 em torneio amador

30 de março de 2012 0

Imagina seu time vencer por 58×0? Foi isto que vimos em uma liga amadora da Inglaterra, vitória do Wheel Power FC de 58×0 sobre o Nova 2010 FC, pela Torban Sunday League no condado de Devon. O leitor Marcio Victoria mandou a notícia para mim e resolvi postar no Almanaque Esportivo.  Superou o 55×0 do Llogan sobre o Madron, em 2010.

O Nova, vice-lanterna da Torban Sunday League com 4 vitórias e 14 derrotas, 38 gols a favor e 227 gols contra, chegou dizimado à partida. Só cinco jogadores apareceram, e de última hora mais quatro foram obtidos. Com dois a menos o jogo inteiro, sem entrosamento, o desastre foi evidente.

Algumas curiosidades do jogo:

  • No primeiro tempo já foi 20×0. Mais 38×0 no 2º tempo.
  • Stuart e Robbie Bowker, irmãos, fizeram 28 gols (18 por Robbie e 10 Stuart).
  • Quando o placar ficou em 50×0, os jogadores queriam encerrar a partida, mas o árbitro ameaçou os mesmos de serem multados se não fossem até o final do jogo.
  • O Nova só deu um chute a gol, do meio-campo, de uma saída de gol.
  • Um gol a cada 90 segundos, praticamente.
  • Ao final do jogo, envergonhados, os derrotados nem confraternizaram e foram imediatamente para casa.

O Wheel Power já havia goleado o Applebys, lanterna da competição, por 30×0 e 27×0. Já o Nova FC 2010 deu uma melhoradinha na rodada seguinte, perdendo “apenas” de 28×1 do Spartans no último domingo.

Foto do time vencedor:

Wheel Power FC, venceu por 58x0 em liga amadora - Reprodução DailyMail: http://www.dailymail.co.uk/news/article-2118755/Wheel-Power-FC-wins-58-0-Devon-Sunday-league-team-Nova-2010-FC-sets-unwanted-record.html