Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts com a tag "Jenson Button"

GP DOS EMIRADOS ÁRABES: Inventaram uma Hungaroring chique em árabe!

05 de novembro de 2009 0

Na pista mais incompreensível da história do automobilismo mundial, o GP dos Emirados Árabes fechou a temporada 2009 em uma síntese de pelo menos metade das corridas deste ano na Fórmula-1: uma chatice só. O que é inaceitável é que a pista de Abu Dhabi, lindíssima, chique até sair dos limites, é NOVA!

Não é possível que ninguém veja uma pista tão chata quanto Abu Dhabi possa sair de um projeto novo. E nem vem com esta de “todos os autódromos” do Hermann Tike são assim, pois Shanghai tem uma curva inclinada, Kurtkoy na Turquia tem aquela sequência de curvas de alta sensacionais e mesmo Sepang tem um cotovelo que gera muitas ultrapassagens.

Em uma prova chatíssima, o favoritaço Lewis Hamilton abandonou pela primeira vez na carreira, após 51 GP’s, por causa de problemas mecânicos. Sendo assim, a vitória caiu de bandeja para Sebastien Vettel, que levou ainda o vice-campeonato de pilotos. Seguido por Mark Webber na prova e pelo campeão Jenson Button, que protagonizou lances legais nas últimas três voltas. Errando na largada, Rubens Barrichello se despediu da Brawn GP em uma obscuro 4° lugar.

Lista completa de prêmios aqui:
ALMANAQUE ESPORTIVO – PREMIAÇÕES ESPECIAIS F-1 2009

Troféu “Jim Clark” - Para Sebastien Vettel, que dominou a prova e mereceu a vitória. Menção honrosa para Lewis Hamilton, que provavelmente venceria se não fosse a quebra, e para o japa Kamui Kobayashi, provando que os esforços de Interlagos não foram uma exceção à regra. 

Troféu “Rouge & Blanc” - Alguém mereceu? Talvez só Kubica e Button por um esforço ao longo da prova

Troféu “Didi Mocó Prize For Technical Achievements” - Para a patética parada de boxes de Jamie Alguesuari, que simplesmente errou de boxes e quase atrapalhou o Vettel.

Troféu “Chris Amon” - Para Lewis Hamilton, que deu azar e quebrou pela primeira vez na carreira.

Troféu “Fiofó de Ouro” - Para Vettel, que escapou ileso da parada nos boxes errada de Alguesuari e ainda contou com a quebra de Hamilton para não ter problemas.

Troféu “Dick Vigarista” - Para Giancarlo Fisichella, que jogou Grosjean para fora da pista na única prova que o francês não rodou.

Troféu “Porquê eu não fiquei com minha boca fechada” – Todo mundo comportado

E assim se encerra a temporada 2009 da Fórmula-1 e das Premiações Especiais do Almanaque Esportivo.

Ano que vem tem mais!

GP DO BRASIL: Parabéns, campeão Button!

04 de novembro de 2009 0

Com algum atraso, vamos à análise do GP do Brasil de Fórmula-1. O GP do Brasil de 2009 decidiu o título como nas últimas quatro temporadas. Desta vez, entretanto, ocorreu uma espécie de anticlímax, pois o campeão era realmente o piloto que estava com mais chances.

Jenson Button se sagrou campeão mundial pela primeira vez em uma prova arrojada, até certo ponto ousada. Prejudicado pelo treino classificatório caótico (que durou mais de 3 horas), largou lá atrás. Escapou dos acidentes na 1° volta, foi ultrapassando corajosamente os adversários (sabendo que uma eventual batida lhe deixaria em situação complicada na prova e na temporada).

Na prova, Rubens Barrichello, que lutava pelo título, não conseguiu abrir diferença depois de largar na pole, e teve um péssimo desempenho no segundo jogo de pneus. Assim, Mark Webber e Robert Kubica se aproveitaram para ultrapassá-lo na primeira parada, enquanto Hamilton aproveitou os problemas de Barrichello no segundo ‘stint’. Após a terceira parada, já sabendo que o título era uma miragem, Rubinho ainda contou com o azar de um pneu furado, caindo para oitavo lugar e perdendo a vice-liderança do Campeonato de Pilotos para Sebastien Vettel.

Enquanto isto, Button fazia uma corrida ousada e chegou em quinto lugar, garantindo o título. Destaque ainda para a agressiva e rápida prova do japonês Kamui Kobayashi, que já vinha agradando na GP2. No lugar de Timo Glock, o japa da Toyota merecia algo melhor que o 10° lugar. Boas provas ainda de Nico Rosberg e Nick Heidfeld, que deram azar nos abandonos…

Este foi o 14° título da Grã-Bretanha, campeã antes com Damon Hill, Graham Hill, Mike Hawthorn, John Surtees, James Hunt, Nigel Mansell, Lewis Hamilton e os escoceses Jackie Stewart e Jim Clark. Algo totalmente inesperado para Button, que ano passado passou a temporada inteira largando no fim do grid em uma tartaruga móvel chamada Honda, e que estava sem emprego até janeiro. Mas merecido para um piloto que sempre mostrou talento e foi até 3° lugar da temporada 2004 pilotando pela B.A.R.

Button mereceu porque:
- Não quebrou em nenhuma prova
– Sofreu um único acidente, na Bélgica, e não foi culpa dele
– Foi o piloto que mais terminou provas na zona de pontuação
– Foi o piloto que mais venceu na temporada (seis vitórias)
– Foi o melhor, simplesmente

Lista completa de prêmios aqui:
ALMANAQUE ESPORTIVO – PREMIAÇÕES ESPECIAIS F-1 2009

Troféu “Jim Clark” - Para Mark Webber, sem um único erro durante todo o final de semana. Menção honrosa para Lewis Hamilton que fez ótima tática de paradas e pulou do 17° para o pódio ao final da prova.

Troféu “Rouge & Blanc” - Para Jenson Button, Kamui Kobayashi e Sebastien Vettel. Os três deram shows de ultrapassagens nesta pista fantástica chamada Interlagos.

Troféu “Didi Mocó Prize For Technical Achievements” – Para a patética parada de boxes de Heikki Kovalainen, que saiu com a mangueira grudada e quase colocou fogo no carro de Kimi Raikkonen. Menção desonrosa para mais uma pífia corrida de Romain Grosjean.

Troféu “Chris Amon” – Para Fernando Alonso, que levou uma porrada sem nem saber daonde vinha a batida.

Troféu “Fiofó de Ouro” – Para Button, que viu cinco carros à sua frente no grid baterem ainda na primeira volta, pulando de 14° para o 9° lugar.

Troféu “Dick Vigarista”
- Para Jarno Trulli, que bateu em Adrian Sutil e depois teve um ‘piti’ quase indo às vias de fato.

Troféu “Porquê eu não fiquei com minha boca fechada”
– Todo mundo comportado

AINDA HOJE, A ANÁLISE DO GP DOS EMIRADOS ÁRABES… DEPOIS QUE EU PERDER O SONO…

GP DO JAPÃO: Button com a mão na taça. E Vettel?

06 de outubro de 2009 2

`Baby Schummi` só não fez o Grand CHELEM por causa do Webber!/Mark Baker, AP

Vamos agora à premiação especial do Almanaque Esportivo, GP do Japão. A corrida no desafiador circuito de Suzuka foi menos emocionante do que se esperava, muito graças às táticas de reabastecimento diferentes que deixam a prova previsível. Mantendo sempre Rubens Barrichello na `alça de mira`, o inglês Jenson Button está praticamente com o título mundial, faltando duas provas.


Porém…
Paira ainda a sombra de Sebastien Vettel, vencedor com sobras na pista japonesa. O GP do Brasil, próxima prova, é em uma pista muito parecida com Suzuka e a Brawn GP desandou. Nada impede que mais uma vez a RBR dispare e vença o GP, enquanto a Brawn fique patinando entre sétimo e oitavo como ocorreu nas últimas provas, exceção feita à Monza.

Se isto ocorrer mais uma vez, mesmo 16 pontos atrás, ainda restará esperança ao alemão. Lembremos de Kimi Raikkonen em 2007… Fernando Alonso e Lewis Hamilton com carros parecidos na McLaren, e acabou dando o finlandês pela Ferrari! Bom, vamos à premiação do Almanaque Esportivo!

Lista completa de prêmios aqui:
ALMANAQUE ESPORTIVO – PREMIAÇÕES ESPECIAIS F-1 2009

Troféu “Jim Clark” – Para Vettel, disparado o melhor da pista. Só não levou o `Grand Chelem` (pole, vitória, melhor volta, vitória ponta-a-ponta) porque o estraga-prazeres do Mark Webber fez a melhor volta na PENÚLTIMA VOLTA. Jim Clark fez isto oito vezes, Michael Schumacher e Alberto Ascari cinco. A última vez que ocorreu foi no GP da Hungria de 2004, com Schummi.

Troféu “Rouge & Blanc” – Complicado isto. Vou dar para o Heikki Kovalainen que foi o único que se esforçou em ultrapassagens, a despeito da bobagem com Sutil.

Troféu “Chris Amon” – Adrian Sutil, que faria pontos se não tivesse levado uma porrada. Troco do GP de Cingapura, hehe.

Troféu “Fiofó de Ouro” – Para Jaime Alguesuari, que bateu duas vezes com muita violência mas não se machucou. Troféu “Didi Mocó Prize For Technical Achievements” – Para Romain Grosjean, último em quase tudo no final de semana inteiro.

Troféu “Porquê Eu Não Fiquei Com Minha Boca Fechada” – Todo mundo bonzinho, de novo

Troféu “Dick Vigarista” – Para Kovalainen, que vingou Nick Heidfeld e fez Sutil rodar em uma tentativa desastrada de ultrapassagem.
IMPORTANTE:

HAT-TRICK
– Pole, vitória e melhor volta
GRAND CHELEM -Pole, vitória, melhor volta e liderança de todas as voltas


GP da TURQUIA: desta vez, não deu para o Massa

28 de setembro de 2009 0

Ao contrário de todas as provas anteriores no desafiante circuito de Istambul, o GP da Turquia foi sem grandes emoções. Felipe Massa buscava uma terceira vitória seguida na pista de Kurtkoy, mas ficou longe deste feito. A prova foi dominada por Jenson Button, que então completava sua sexta vitória em sete provas, igual ao alemão Michael Schumacher em 1994 e 2004 e ao escocês Jim Clark em 1965.

A corrida ainda mostrou um desempenho de qualidade de Mark Webber, que não cometeu erros e superou seu companheiro de equipe, Sebastien Vettel (pole, mas que não foi bem). A prova de Felipe Massa foi regular, sem brilhos individuais. Mas a de Rubinho foi um desastre: caiu para o final do grid após problemas com a embreagem na largada, fez uma corrida afoita e no final bateu, acertando o alemão Adrian Sutil e logo depois abandonando a corrida. 

Lista completa de prêmios aqui:
ALMANAQUE ESPORTIVO – PREMIAÇÕES ESPECIAIS F-1 2009

Troféu “Jim Clark” -  Jenson Button, em uma corrida fácil, fácil e sem erros.
Troféu “Rouge & Blanc” – Nico Rosberg, que lutou muito e chegou aos pontos
Troféu “Chris Amon” – Para Kazuki Nakajima, que fez sua única prova decente no ano, chegaria muito bem colocado quando teve problemas nos pits.
Troféu “Fiofó de Ouro” – Ninguém, corrida chata e sem sortudos.
Troféu “Didi Mocó Prize For Technical Achievements” – Para Barrichello. O problema na largada e mais uma batida idiota que lhe tirou da prova. O título parecia longe…
Troféu “Porquê Eu Não Fiquei Com Minha Boca Fechada” – Todo mundo comporado
Troféu “Dick Vigarista” – Rubinho, que tocou em Heikki Kovalainen e depois em Sutil.

GP DA HUNGRIA: Que susto, Massa!!!

14 de setembro de 2009 0

FORZA MASSA!!!/bry Bruno Mantovani: http://mantovani.zip.net/

A corrida em Budapeste vai ficar marcada como “aquela do acidente do Massa”. Hoje, amanhã e sempre lembraremos da prova na qual Felipe Massa foi atingido por uma mola do carro de Rubens Barrichello e, por azar (ou sorte, depende se você é um otimista ou um pessimista) acertou seu capacete, logo acima da viseira. O piloto brazuca desmaiou e acertou uma barreira de pneus em Hungaroring.

Uma belíssima atuação do atual campeão Lewis Hamilton. Impecável, venceu sua primeira prova na temporada e mostrou que as McLaren e Ferrari estavam de volta. Foi um show do britânico do início, com sua passagem por Vettel por fora, até o final. De resto, uma corrida lixo como sempre é no inútil “HungaroBORING“.

Foi ainda a última prova de Nelsinho Piquet, dispensado da Renault. Boatos dizem que vem dele o vazamento de informações sobre a investigação da FIA com as atitudes da Renault, algo que seria confirmado na semana passada.

Lista completa de prêmios aqui:
ALMANAQUE ESPORTIVO – PREMIAÇÕES ESPECIAIS F-1 2009

Troféu “Jim Clark” – Lewis Hamilton, disparadamente o melhor da prova. Tática e desempenho perfeitos. De campeão mundial! Aliás, primeira vitória de um carro com KERS.

Troféu “Rouge & Blanc” – Nico Rosberg, que com muito esforço conseguiu pontuar mais uma vez.

Troféu “Chris Amon” – Felipe Massa, afinal o seu acidente foi pura fatalidade (ver abaixo).

Troféu “Fiofó de Ouro” – Felipe Massa, pois não foi uma fatalidade.

Troféu “Didi Mocó Prize For Technical Achievements” - Para a pífia corrida da BMW e de Sebastien Buemi, atrás do novato Jaime Alguesuari.

Troféu “Porquê Eu Não Fiquei Com Minha Boca Fechada”Galvão Bueno, que bateu recordes de erros de informação nos dez minutos após o acidente de Massa. E ainda `corneteou` o Alguesuari o final de semana inteiro e o guri não fez nada pior. Hoje ele se superou.

Troféu “Dick Vigarista” – Para a Renault, por ter feito Alonso voltar para a pista sabendo que a roda estava frouxa.

Postado por Perin, que lembrou do acidente do Burti

GP DA INGLATERRA: Vettel, o `estraga-prazeres`

14 de setembro de 2009 0

Vettel, estragando a alegria dos ingleses.../Pilotoons, by Bruno Mantovani

Em um final de semana no qual todos esperavam um show da Brawn GP, especialmente do líder disparado da temporada Jenson Button, nada ocorreu. Nem mesmo um brilho de Lewis Hamilton, na pior prova da McLaren em décadas. Quem brilhou do início ao fim foi a RBR, com o jovem Sebastien Vettel liderando de ponta-a-ponta (praticamente) e Mark Webber seguindo a escolta.

Em uma péssima prova, Button passou o final de semana inteiro no pelotão do meio, atrás de Rubens Barrichello. Felipe Massa fazia sua primeira prova realmente boa na temporada que resultava em um bom quarto lugar. Nelsinho Piquet, pela segunda vez na carreira (e seu último bom momento até agora na F?-1), largava e chegava à frente de Fernando Alonso, em uma prova horrível.

Lista completa de prêmios aqui:
ALMANAQUE ESPORTIVO – PREMIAÇÕES ESPECIAIS F-1 2009

Troféu “Jim Clark” – Para Vettel, um show na prova de hoje. Corrida suprema do alemão, que venceu pela terceira vez na carreira.

Troféu “Rouge & Blanc” – Para Massa em uma corrida muito boa que lhe rendeu um belo quarto lugar, lutando muito por esta posição.
Troféu “Chris Amon” – Para Fisichella, que fez outra corrida excelente e terminou em décimo. Bem pertinho dos pontos.
Troféu “Fiofó de Ouro” – Para Button, que mesmo muito mal ainda assim não viu ninguém encostar de verdade na pontuação geral.
Troféu “Didi Mocó Prize For Technical Achievements” – Para Lewis Hamilton e Jenson Button. Os queridinhos da casa fizeram provas pífias, longe de qualquer outra coisa.
Troféu “Porquê Eu Não Fiquei Com Minha Boca Fechada” – Para Nelsinho Piquet e Flavio Briatore em sua guerra pela imprensa que ainda causaria grande impacto em algumas semanas…
Troféu “Dick Vigarista” – Para Sebastien Bourdais, que fez uma manobra ridícula que tirou ele e Heikki Kovalainen da prova.

Postado por Perin, que sonha com Donington`93…

GP DA BÉLGICA: o `canto do cisne` de Fisichella

07 de setembro de 2009 0

Com muito atraso estou atualizando todos as premiações especiais do Almanaque Esportivo. De agora até o final da temporada, tentarei postar os conteúdos até a segunda-feira seguinte ao GP para que tudo fique fresco na minha e na memória dos internautas.

Vou colocar dois por dia, começamos com os mais recentes: Bélgica e Europa, provas significativas que mostram a queda de Jenson Button e um sopro de esperança para Rubens Barrichello na disputa pelo título mundial.

Um anti-clímax se tratando de Spa, mas melhor que as outras da primeira metade da temporada. E isto sem chuva, algo quase impossível na belíssima Floresta das Ardenas na Bélgica. Vitória justa de Kimi Raikkonen, o favorito desde os treinos a conquistar a prova. Primeira vitória do finlandês, campeão mundial em 2007, desde o GP da Espanha ano passado na `seca`.

Um show de Giancarlo Fisichella e sua Force India. Os dois já vinham bem há vários GP`s, melhoraram mais ainda em Valencia e só não haviam feito pontos ainda por puro azar (abandonos normais entre os primeiros não ocorriam justamente nas provas que a Force India estava próximo dos pontos). Desta vez a primeira pole da história da equipe (curiosamente uma sequência da extinta Jordan, que ganhou pela primeira vez em Spa, 1998 e também obteve sua primeira pole na mesma pista.

A Rubinho, azar e sorte: largou mal com problema no acelerador pela terceira vez na temporada, mas escapou dos acidentes que vitimaram Jenson Button. Em recuperação, chegou ao sétimo lugar quando teve problemas no motor, mas levou até o final e tirou mais diferença para o inglês, mantendo o vice-campeonato. Azar de Webber, com problemas no carro e uma péssima corrida, e menos pior para Vettel, que chegou em terceiro e reassumiu o posto (mas tem apenas dois motores para seis provas, o que é um sério problema).

Lista completa de prêmios aqui:
ALMANAQUE ESPORTIVO – PREMIAÇÕES ESPECIAIS F-1 2009

Troféu “Jim Clark” – Giancarlo Fisichella pela magnífica prova, menção honrosa para Kimi Raikkonen.
Troféu “Rouge & Blanc” - Rubens Barrichello, que caiu para 18° lugar na largada e terminou em sétimo.
Troféu “Chris Amon” - Fernando Alonso, que quebrou quando chegaria no pódio. 
Troféu “Fiofó de Ouro” - Dá para entregar a Rubinho, que mesmo com o motor fumando pelas duas mais longas voltas da temporada, conseguiu manter posição.
Troféu “Didi Mocó Prize For Technical Achievements” - Luca Badoer, de novo largando e chegando em último. Com o MESMO carro do vencedor!
Troféu “Porquê Eu Não Fiquei Com Minha Boca Fechada” - Para Galvão Bueno, que não deixa ninguém falar as coisas certas e fica falando errado!!!
Troféu “Dick Vigarista” - Grosjean, fazendo barbeiragem na “La Source” e depois criando o acidente que tirou os outros.

Postado por Perin, que acha que ainda dá para o Rubinho…

GP DE MÔNACO: e dá-lhe Brawn GP de novo!

24 de maio de 2009 2

Monaco, lindo, charmoso e sacal...

Em Mônaco é sempre assim: ou é sensacional, ou é um saco. Este ano foi… um saco!

Mais um absoluto domínio da Brawn GP e de Jenson Button, virtual campeão mundial de 2009. Para Rubens Barrichello, a quarta vez em segundo lugar no GP de Mônaco, algo realmente a se lamentar.

Boas corridas da Ferrari, sobretudo de Kimi Raikkonen que largou na primeira fila depois de meses e fez uma bela corrida. Vamos aos prêmios

Lista completa de prêmios aqui:
ALMANAQUE ESPORTIVO – PREMIAÇÕES ESPECIAIS F-1 2009

Troféu Jim Clark: Para Kimi Raikkonen. Jenson Button tem o melhor carro e é melhor que o companheiro Rubens Barrichello. Mas meu voto vai para Kimi, que finalmente fez uma corrida digna de um campeão mundial e piloto da Ferrari. Menção honrosa para o pressionado Sebastien Bourdais, que largou lá atrás, só parou uma vez (se o Galvão Bueno prestasse atenção teria visto que ele era o carro mais pesado do grid) e chegou em oitavo lugar.

Troféu “Rouge & Blanc”: Lewis Hamilton, que mesmo com uma tartaruga ambulante chamada McLaren combateu a corrida inteira e mereceu subir tantas posições (de 19° para 12° lugar).

Troféu “Chris Amon”: Para Giancarlo Fisichella, que fez uma magnífica corrida e terminou em nono lugar, uma posição atrás do que precisava para marcar pontos em favor da Force India.

Troféu Fiofó de Ouro: Para o Cameraman da corrida da GP2 de ontem. Vejam aonde ele estava no instante 00min30s destas imagens.

Troféu Dick Vigarista: Andreas Zuber, da GP2. Motivo, ver aqui.

Troféu Didi Mocó Prize For Technical Achievements: Sebastien Buemi, por uma ridícula batida em Nelsinho Piquet. Menção desonrosa para as Toyotas, que largaram na última fila e ficaram por lá boa parte do GP…

Porquê Não Fiquei Com Minha Boca Fechada: Para Nelsinho Piquet, de novo. Cara de pau ouvir isto após o acidente causado por Sebastien Buemi (sim, foi culpa do jovem suíço): “É isso que dá colocar pilotos sem experiência na Fórmula 1. O Buemi acertou com tudo atrás de mim”. Ah, claro, entendi: experiente é você, que já rodou sozinho mais de 15 vezes em menos de dois anos na F-1. O Buemi em quatro provas já fez pontos duas vezes com um carro bem pior que a Renault 2008… Tá devendo pra cantar de galo…

E que venha o instigante GP da Turquia, daqui a duas semanas!

GP DO BAHREIN: Ô corridinha chata!

11 de maio de 2009 0

Vettel e Button, o vencedor no Bahrein: os candidados ao título/Associated Press

Atrasado de novo, abaixo vão meus votos para o monótono GP do Bahrein, a corrida mais chata da temporada 2009. Vitória incontestável de Jenson Button, que liderou praticamente de ponta a ponta após uma tática inteligente.

Na primeira prova sem chuva na desértica Sakhir, as ultrapassagens foram mínimas e as decisões ocorreram no âmbito estratégico. Bom para Sebastien Vettel, que chegou em segundo, e ruim para Jarno Trulli, que largou na pole mas terminou em terceiro lugar. Seu companheiro Timo Glock, que largou ao seu lado, foi ainda pior e terminou em sétimo lugar.

Os brasileiros foram mal: Rubens Barrichello terminou em quinto lugar depois de largar em oitavo, enquanto Felipe Massa teve a asa dianteira danificada na largada em um `sanduíche` com Kimi Raikkonen e Rubinho. Ele fez uma parada extra e terminou em 14º lugar.

Lewis Hamilton mostrou que a McLaren evoluiu e chegou em 4º lugar, enquanto Raikkonen terminou em sexto andando longe dos líderes, somando os primeiros pontos da Ferrari no pior começo de temporada da história da escuderia.

Lista completa de prêmios aqui:
ALMANAQUE ESPORTIVO – PREMIAÇÕES ESPECIAIS F-1 2009

Troféu “Jim Clark”Jenson Button, mais uma corrida perfeita
Troféu “Chris Amon” -
Felipe Massa, que novamente teve problemas na largada
Troféu “Fiofó de Ouro” -
Para Raikkonen, por conseguir fazer pontos na pífia Ferrari 2009. Sim, é irônico.
Troféu “Didi Mocó Prize For Technical Achievements” -
BMW, que terminou nas duas últimas colocações da prova depois de toques na largada. Patético.
Troféu “Porquê Eu Não Fiquei Com Minha Boca Fechada” -
Rubinho, ridiculamente reclamando do Nelsinho Piquet ao invés de ultrapassá-lo.
Troféu “Rouge & Blanc” -
Mark Webber, em uma combativa prova largando lá atrás e chegando em 11º lugar
Troféu “Dick Vigarista” - Todo mundo se comportou.

Postado por Perin, que achou o GP mais chato que sidra…

GP DA CHINA: show de Vettel na água

25 de abril de 2009 3

Vettel, dando show e a 1° vitória da RBR

Com o mesmo atraso, vamos aos prêmios especiais do GP da China, disputado semana passada em uma corridaça no belo circuito de Xangai. Sob dilúvio, venceu o mais talentoso da nova geração: o alemão Sebastien Vettel.

Pole-position, conquistou a primeira pole e vitória da sua nova equipe, a RBR, repetindo o seu feito histórico na STR ano passado no GP da Itália. De quebra, dobradinha com uma ótima corrida do nem tão bom australiano Mark Webber. Fechando o pódium, o inglês Jenson Button, logo à frente de Rubens Barrichello.

O campeão Lewis Hamilton, que cometeu cinco erros sozinho, ficou atrás até de Heikki Kovalainen, o que não é nada muito agradável. Uma lástima o término de corrida do alemão Adrian Sutil.

Ele aquaplanou faltando meia dúzia de voltas, quando estava na ótima sexta colocação e à frente das McLaren. Destaque para Rubinho, que fez pontos pela terceira corrida seguida, algo impensável nos tempos de Honda, e ainda de quebra fez a melhor volta da prova, algo que não ocorria desde 2005. Detalhe: andando 20 voltas com 1 disco de freio a menos.

Lista completa de prêmios aqui:
ALMANAQUE ESPORTIVO – PREMIAÇÕES ESPECIAIS F-1 2009

Troféu “Jim Clark”: Sebastien Vettel, sem dúvida. Brilhante na chuva, o jovem de 21 anos é o novo “pato” da Fórmula-1, obtendo suas duas vitórias em dilúvios.

Troféu “Didi Mocó Prize For Technical Achievements”: Nelsinho Piquet, errou diversas vezes e terminou em último dos que completaram a prova. Menção honrosa para a Ferrari, pelas três provas sem pontos

Troféu “Chris Amon”: Felipe Massa, problema elétrico na 20° volta quando estava em quarto lugar após grande corrida de recuperação. Menção honrosa para a aquaplanagem de Sutil, que estava completando seus primeiros pontos na carreira.

Troféu “Rouge & Blanc”: Rubinho, que correu sem um disco de freio por quase metade da corrida.

Troféu “Dick Vigarista”: em uma corrida na chuva, todos os pilotos se mostraram ousados, mas com correção. Ninguém leva.

Troféu “Porquê Não Fiquei Com Minha Boca Fechada”: Nelsinho Piquet. Muito mal na temporada, ainda arranjou tempo entre o GP da Malásia e o da China para criticar a Renault. Fez outro fiasco e tá de saída.

Troféu “Fiofó de Ouro”: para Sebastien Buemi, que aproveitou abandonos nas voltas finais das corridas, completou sua terceira prova em 3 GP`s e marcou pontos novamente. Tá indo bem o garoto.

Postado por Perin, aguardando Sakhir amanhã…