Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Vida vivida

05 de outubro de 2011 8

No final de setembro de 1971, era inaugurada em Porto Alegre a loja que seria a referência máxima em moda feminina na capital dos gaúchos – pelo menos, nos cinco anos seguintes: Viva Vida.

Foto: anúncio da Viva Vida publicado em ZH em 4 de outubro de 1971, reprodução

O nome foi escolhido por Daltro Franchini, da Símbolo Propaganda, para os sócios Rafael Estrougo e Celso Kaufman. A logomarca foi obra do artista plástico Nelson Jungbluth, conhecido por suas criações para as campanhas da Varig. Do Rio, veio Ribeiro Lobo – era gerente da Zacarias, então uma das lojas mais chiques da Guanabara.

A nata da sociedade do Estado comprava suas roupas prêt-à-porter, descontraídas ou sóbrias, na esquina da Independência com a Ramiro, na Praça Julio de Castilhos, o point mais elegante. Até visitantes estrangeiros apareciam por lá. Em setembro, um grande evento movimentou o pedaço (fotos abaixo): a famosa modelo e atriz Georgia Quental, que atuou no filme Boca de Ouro (1962), liderou as “manecas” que desfilaram na calçada. Viva a boa vida.


Fotos: Ana Lopes de Almeida, BD, 30/09/1971

E você, lembra da loja Viva Vida? Comente.

Comentários (8)

  • cesar diz: 5 de outubro de 2011

    Parabens, bom relembrar as coisas que marcaram epoca em nossa cidade.Deves continuar a proporciar a todos nos bons e saudosos momentos.Mais uma vez meus parabens.

  • Carla diz: 5 de outubro de 2011

    Com certeza… Lembro mto bem da Viva Vida, apensar de não ter visto a inauguração… Até hoje, quando tenho que referenciar aquela esquina comento: Ali, aonde era a Viva Vida…

  • Vieira diz: 5 de outubro de 2011

    Ali havia também SACO&CUECÃO. Saíamos do centro e íamos lá para comprar nossas camisetas com a marca. Coisa de guri.

  • Loriane diz: 5 de outubro de 2011

    Apesar de ter nascido por aqueles anos, lembro pois fazia parte da cidade, um ponto de referência, quase um ponto turístico….

  • Alice Abad diz: 6 de outubro de 2011

    Quem não podia comprar, namorava a maravilhosa vitrine!

  • Ana Maria Ribeiro Lobo de Cassiano diz: 14 de outubro de 2011

    Ricardo,
    Fiquei muito feliz em ver esta matéria, que me foi indicada por minha Tia Sandra Slongo Sviroski, da época de meu pai – Ribeiro Lobo – na Viva Vida.
    Revivi boas lembranças desta época, apesar de não mais morar em Poa.

  • Nadyr M. Ribeiro Lobo diz: 16 de outubro de 2011

    Ricardo Chaves.
    Confesso à você,a minha grande emoção ao receber por intermédio de minha filha Ana Maria; e-mail com esta reportagem com fotos da inalguração da “VIVA VIDA” após 40 anos e 15 dias. Fez-me voltar ao tempo,quando bem jovem, trabalhei na mesma empresa onde meu marido iniciou como gerente; assumindo em seguida a direção e cuidando de todos interêsses da mesma.Fez-me recordar também com emoção, alguns anos mais tarde, quando recebemos em nossa casa, os srs.Raffael Strougo e Celso Kalfmam, dois cavalheiros que em eguida faria parte; do nosso grupo de algumas amizades conservadas no coração.
    Nunca fiz êste comentário,meu marido ficou de dar uma resposta mas,como estava satisfeito na empresa, e, não era nem um pouco aventureiro;pela primeira vez veio saber minha opinião.À partir de nossa conversa, ficou tudo bem resolvido e vivemos felize “nesta TERRA MARAVILHOSA” de onde meu marido nunca quiz sair e aí ficará para sempre.Sr. Ricardo,muito obrigada por êstes momentos;o Lobo tinha bastante amizades nos meios de comunicação desta “Grande Empresa”,sem sitar nomes alguns bons profissionais ligados à moda, poderá lhe dizer da sua importãncia para o comèrcio de “PORTO ALEGRE”.Ainda espero que um dia ÊLE seja lembrado pela qualidade de profissional e ser humano que foi. Parabéns pelo seu trabalho,vou continuar lhe acompanhando com muito prazer. Obrigada por êstes momentos.

  • Denise Prehn diz: 25 de abril de 2013

    Tenho até hoje vestidos comprados lá que continuam atualíssimos.

Envie seu Comentário